Gravidez

5 semanas de gravidez: Sintomas, dicas, imagens do bebê

5 semanas de gravidez: Sintomas, dicas, imagens do bebê

5 semanas de gravidez: Sintomas, dicas, imagens do bebê
5 (100%) 1 vote

Geralmente, é com 5 semanas de gravidez que a mulher descobre a gestação. Afinal, você tem menstruação atrasada e por isso, acabou fazendo um teste de gravidez que deu positivo. Que emoção! O médico confirmou a idade do bebê, e garantiu que você está com 5 semanas de gravidez. Veja abaixo o que você pode esperar dessa quinta semana. O que, de fato, está acontecendo com seu corpo e com o desenvolvimento do bebê.

A Dra. Debra Rose Wilson [1], especialista em obstetrícia e amamentação, cada bebê se desenvolve em seu próprio ritmo, até dentro do útero. As informações sobre de desenvolvimento fetal têm o objetivo de dar apenas uma ideia geral de como o bebê cresce durante a gravidez




Como é o bebê com 5 semanas de gravidez?

A quinta semana de gravidez marca o início do período embrionário. Nessa idade, o bebê tem o tamanho  aproximado de um grão de gergelim. É nessa fase que os sistemas e estruturas do corpo do bebê começam a se formar. Apesar de pequeno, o feto já inicia a formação dos principais órgãos como rins, coração, cérebro e a medula espinhal.



5 semanas de gravidez: Sintomas, dicas, imagens do bebê

Com 5 semanas de gravidez, o bebê tem o tamanho aproximado de um grão de gergelim.

É nessa fase que o tubo neural, que liga o cérebro à medula espinhal. O coração do seu bebê já bombeia o pouco sangue constantemente. Mesmo assim, normalmente, não pode ser detectado pelo ultrassom. Para isso, é necessário aguardar mais uma ou duas semanas. A placenta também está em pleno desenvolvimento. Apesar de todas essas estruturas prontas e funcionando, o embrião ainda não parece um bebê.

Neste estágio, seu bebê ainda não parece um bebê. O embrião está crescendo rapidamente, mas ainda é muito pequeno, mais ou menos do tamanho de uma ponta de caneta ou de um grão de gergelim.



5 semanas de gravidez: Sintomas, dicas, imagens do bebê

Neste estágio, seu bebê ainda não parece um bebê. O embrião está crescendo rapidamente, mas ainda é muito pequeno

Além disso, seu corpo está se preparando para passar por grandes mudanças também. Os níveis do hormônio da gravidez estão subindo rapidamente. Ao mesmo tempo, o útero já começa a crescer. Você não parecerá grávida por mais alguns meses, mas os primeiros sintomas de gravidez agora.

5 semanas de gravidez: sintomas

Na verdade, os sintomas da gravidez são únicos e imprevisíveis. Duas mulheres, então, podem ter gravidezes saudáveis ​​sem os mesmos sintomas. Da mesma forma, você pode ter sofrido com enjoo em sua primeira gravidez, mas, no segundo filho, esse sintoma não existiu.

Os níveis rapidamente crescentes dos hormônios gonadotrofina coriônica humana (hCG) e progesterona são responsáveis ​​por muitos dos sintomas da gravidez que você experimenta. Assim, grande parte das mulheres têm enjoos, sonolência muito aumentada e vontade de fazer xixi a toda hora. Há mulheres que também sofrem de dor de cabeça nos primeiros 3  meses de gravidez. Enumeramos aqui, os sintomas mais corriqueiros nas 5 semanas de gravidez e você poderá sentir:

  1. acordar com enjoo e permanecer enjoada toda manhã
  2. tontura
  3. xixi frequente
  4. sentido agudo do olfato
  5. cólicas abdominais
  6. sangramento vaginal
  7. cansaço além do normal
  8. seios doloridos e inchados
  9. desejos e nojo por algumas comidas
  10. prisão de ventre
  11. corrimento vaginal aumentado
  12. mudanças de humor

1. Enjoo matinal

Não se deixe enganar pelo termo “enjoo matinal”. Nessa fase da gestação, náuseas e vômitos podem acontecer a qualquer momento durante o dia. Contudo, normalmente acorda com enjoo, acontece a partir de 6 semanas de gravidez. Mas, como não há regras, muitas mulheres experimentam esse sintoma da gravidez bem mais cedo.

A dica é: Comer várias pequenas refeições ao longo do dia (em vez de duas ou três grandes refeições) pode ajudar a aliviar esses sintomas. Mas, ligue para o seu médico se você não estiver conseguindo segurar nenhum alimento ou líquido no estômago. Isso pode ser um sinal de hiperemese gravídica, que é uma forma extrema de enjoo gestacional. Às vezes, requer tratamento em pacientes dentro de um ambiente hospitalar. Portanto, fique de olho.

2. Tontura

Muitas gestantes experimentam sintomas de pressão baixa durante a gravidez. Isso é normal. Há uma tendência da pressão arterial ficar mais baixa que o normal durante a gravidez. Assim, essa queda pode causar tontura e enjoo e até desmaios.

A dica é: se você se sentir tonta, sente-se se estiver de pé ou pare se estiver dirigindo. Mostre seus amigos e familiares o que fazer caso você tenha um desmaio.

3. Xixi frequente

Conforme seu útero se expande, ele pode pressionar a bexiga. Por isso, a maioria das gestantes precisam fazer xixi com mais frequência do que o normal. Esse sintoma já se inicia mesmo no início de 5 semanas de gravidez.

A dica é: não segure a urina, isso pode aumentar os riscos de infecção urinária. Ao mesmo tempo, reponha seus líquidos, beba muita água e sucos naturais. Fique longe dos refrigerantes.

4. Cólicas abdominais

A dor no pé da barriga é normal no início da gravidez.  Esse é um clássico sintoma de gravidez. Pode ser causado pelo implante do óvulo ou pela expansão do útero.  Dessa forma, tossir, espirrar ou mudar de posição pode tornar essas dores mais evidentes. Essa dor se parece com uma cólica menstrual, mas deve ser leve e suportável.

A dica é: não se desespere com essa cólica. Mas, embora cólicas leves sejam normais, entre contato com seu médico imediatamente se sentir uma dor insuportável que não cessa.

5. Sangramento vaginal

Uma hemorragia leve, também conhecida como spotting, é normal. Os médicos chamam de sangramento de implantação. Muitas mulheres com gestações absolutamente saudáveis ​​podem observar machas de sangue na calcinha ou um tipo de corrimento borra de café primeiro trimestre. Não é motivo para preocupação.

A dica é: Observe esse sangramento, ele não deve ser persistente e muito menos volumoso como uma menstruação. Normalmente pode apenas manchar a calcinha ou ser facilmente controlado com um absorvente diário. Algo diferente disso, vá ao médico urgentemente, pois esse é um dos sintomas de aborto espontâneo.

6. Cansaço fora do normal

À medida que seus níveis de progesterona aumentam, você pode se sentir cansada demais e sonolenta por boa parte do dia.  Assim, a fadiga durante a gravidez é mais comum durante o primeiro trimestre, mas algumas mulheres experimentam fadiga durante toda as fases da gravidez.

A dica é: tente descansar mais. Contudo, não deixe de manter uma rotina de exercícios. Isso fará muito bem a você.

7. Seios doloridos e inchados

Talvez as alterações mamárias sejam um dos primeiros sintomas de gravidez. Assim que os níveis hormonais começam a mudar, os seios já sofrem alterações. Isso pode acontecer logo após a concepção. Muitas mulheres, no entanto, não percebem a gravidez, pois confundem a dor nos seios como um sintoma de menstruação.

A dica é: use sutiãs mais confortáveis. Se achar necessário, compre um número maior.  Durante o banho deixe água morna cair sobre as mamas, isso pode aliar o desconforto.

8. Desejos e nojo e algumas comidas

As alterações hormonais causam um total rebuliço no organismo na futura mãe. Isso leva também a mudanças no apetite. Você pode passar a ter aversões e até nojo de alimentos que costumava gostar, ou pode começar passar a desejar alimentos que normalmente não come. Embora não seja regra, muitas mulheres passam a sentir desejos de comidas estranhas ou exóticas.

A dica é: fique longe de coisas gordurosas durante todas as fases da gestação. Isso inclui frituras, claro! A gordura intensifica o enjoo e pode levar a náuseas e vômitos.

9. Constipação (prisão de ventre)

O alimento ingerido vai passar a se mover mais lentamente através de seu sistema digestivo. Isso acontece para dar mais tempo aos nutrientes de serem absorvidos. Por isso, muitas mulheres passam a ter prisão de ventre. Este, é um sintoma que começa com 5 semanas de gravidez, mas pode durar até o nascimento do bebê.

 A dica é: coma mais fibras e baba muito mais líquido do que de costume. Isso melhorará o trânsito intestinal aliviará a prisão de ventre.

10. Corrimento vaginal aumentado

Corrimento vaginal durante a gravidez pode ser normal. Deve ser fino, branco, leitoso e de cheiro suave. Um corrimento amarelo ou esverdeado com ou sem mau cheiro é mal sinal. Atente, ao mesmo tempo, para coceira na vagina e vermelhidão.

A dica é: se seu corrimento tem mau cheiro, é amarelado ou esverdeado procure seu médico. Isso pode indicar infecção por fungos ou bactérias. Uma condição dessas durante a gravidez, sobretudo nos 3 primeiros meses, pode resultar em graves problemas para a mãe e para o bebê.

11. Humor

A gravidez pode causar muitas emoções. Não só a ideia de um novo bebê pode causar estresse emocional, mas as mudanças em seus hormônios também podem afetar suas emoções. Assim, é normal sentir-se volúvel e sensível nessa fase. Emoções, como euforia, tristeza, ansiedade, medo e depressão podem acontecer com algumas gestantes.

A dica é: se esses sentimentos forem extremos ou durarem mais que alguns dias, consulte seu médico imediatamente.

Opinião médica: Dra. Debra Rose Wilson [1]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo