10 remédios caseiros que podem colocar sua saúde em risco

10 remédios caseiros perigosos que podem colocar sua saúde em risco

Os remédios caseiros perigosos para nossa saúde estão na despensa da sua casa.

Em todo o mundo as pessoas usam remédios caseiros e recorrem a tratamentos dos chamados “remédios tradicionais”.

Há centenas de anos que, em alguns lugares, os costumes antigos e os tratamentos tradicionais têm sido transmitidos de pais para filhos.

Muitos problemas de saúde resolvem-se bem com alguns desses remédios e outros apenas podem ser resolvidos com tratamentos modernos.

Como dito, alguns dos remédios caseiros que conhecemos hoje vem sendo usados a séculos.

A grande maioria das pessoas preferem evitar tomar medicamentos e os remédios caseiros são uma opção na maioria dos casos e o melhor, não precisa gastar com farmácia.

Porém, mesmo que existam a séculos, não significa que são totalmente confiáveis e seguros e antes de fazer uso desses remédios é necessário o entendimento do que se está consumindo e o ideal é que tenha sido prescrevido e autorizado pelo seu médico.

Alguns remédios caseiros perigosos

1. Produtos de cozinha para tratar queimaduras

Com certeza você já sofreu alguma queimadura e mais certo do que essa afirmação é que em alguma dessas vezes, alguém já recomendou certas fórmulas caseiras para amenizar o seu sofrimento, não é verdade?

Colocar manteiga ou óleo nas queimaduras é uma medicina dos campos de guerra do século XIX, porém, usar manteiga ou óleo, só atrasa o processo de resfriamento da pele, ou seja, quando você se queima, o dano ainda progride por uma extensão maior da pele até que a mesma comece a resfriar novamente.

Outros remédios inapropriados que você deve evitar são claras de ovos, fatias de batata, pasta de dente, iogurte, massa de tomate e gelo.

Mas e aí, o que fazer?

Segundo um estudo realizado pela Dra. Banu Karaoz Weller, da Universidade de Trakya, recomenda-se colocar a área afetada embaixo d’água por pelo menos 20 minutos para resfriar a pele, ao invés de aplicar esses produtos, isso alivia a dor e impede que o dano continue progredindo.

2. Pasta de dente para tratar acne e afta

Se analisarmos bem, até que faz certo sentido, pois o bicarbonato de sódio da pasta seca a espinha ou a acne.

O problema são os outros ingredientes da pasta de dente que podem irritar a pele e os lábios.

Dentre os ingredientes do creme dental estão a menta, o álcool e o peróxido de hidrogênio, todos eles podem irritar a sua pele.

O Dr. Neal Schultz, dermatologista Nova Iorquino, diz que a pasta pode causar vermelhidão e descamação na pele.

Então é melhor usar um remédio de bicarbonato de sódio puro ou algum medicamento prescrito por um médico quando você quiser curar uma espinha, ou uma afta.

 3. Fazer gargarejos com enxaguante bucal para curar resfriados

Isso realmente não resolve nada!

Mesmo assim, médicos japoneses como o pesquisador de saúde pública Kazunari Satomura da Universidade de Quioto, garantem que isso funciona.

O melhor que se tem a fazer é descansar bastante, quando se está com uma infecção na garganta, ela já pode estar inflamada e o enxaguante pode piorar.

O ideal é ingerir muito líquido morno como chás e repouso.

4. Prata coloidal

É uma solução cheia de partículas minúsculas de prata (Ag).

Existiam muitos boatos sobre suas propriedades de cura se igualando até com o bicarbonato de sódio, pois era milagrosa curando cobreiros, herpes, diversas doenças dos olhos e até mesmo o câncer.

Além disso, muita gente pensa que ela pode melhorar o sistema imunológico e combater bactérias e vírus.

Porém, os especialistas além de descartarem essas curas, ainda afirmam que ela é perigosa.

A agência norte americana Food and Drug Administration chegou a banir o seu uso.

O uso excessivo e a longo prazo dessa substância pode causar danos nos rins e problemas neurológicos.

Ela pode se acumular no organismo com o tempo e o uso contínuo, pode lhe intoxicar ou deixar sua pele com um tom azulado.

5. Cortar verrugas

Verrugas são proliferações benignas da pele causadas pelo papilomavírus humano (HPV).

A infecção ocorre nas camadas mais superficiais da pele ou mucosa, ativando o crescimento anormal das células da epiderme. (1)

Além de serem feias, são muito dolorosas, principalmente quando aparecem nas solas dos pés.

Não é por acaso que você deseja tanto eliminá-las e ficar livre desse desconforto.

Algumas pessoas fazem uso de facas, tesouras ou algum outro objeto cortante para retirá-las, mas você jamais deve fazer isso já que é muito fácil de se adquirir uma infecção através desse procedimento.

Use outros remédios caseiros seguros e eficazes para eliminar as verrugas, pois cortá-las é muito arriscado.

Pode ser usado o ácido salicílico como tratamento tópico ou a crioterapia com nitrogênio líquido.

6. Uísque para dor de dente

Provavelmente alguém tenha se embebedado testando essa fórmula e embora pode parecer tentador para muitas pessoas, a bebida possui poucas propriedades anestésicas e o problema não é tomar e sim não obter o tratamento ideal a tempo.

O Dr. Matthew Messina, diretor clinico da Ohio State Upper Arlington Dentistry afirma que as pessoas acreditam que o álcool pode combater bactérias e infecções, mas isso é totalmente falso.

Um pouco de uísque pode te anestesiar ou entorpecer os seus sentidos, o problema é a ressaca do outro dia e a dor que ainda estará presente.

E o mais importante, beba com moderação e se beber, não dirija!

7. Aspirina como remédio para os dentes

Parece que sempre inventamos meios de fugir do inevitável, como a terrível visita ao dentista.

Esfregar substâncias diferentes como aspirina na região da gengiva, pode fazer mal.

A gengiva pode se queimar e não adianta dar uma de médico e se automedicar.

Portanto, tome coragem, seu dentista está lá para te ajudar, então pare de adiar seu check up odontológico e marque uma consulta antes que as coisas piorem.

8. Óleo de rícino para acelerar o trabalho de parto

Gravidez é coisa séria e você não vai querer colocar a sua saúde e a saúde do seu bebê em risco não é verdade?

Dizem que algumas mulheres tomam o óleo para acelerar o trabalho de parto, de fato, o óleo tem um efeito no corpo, mas não tem nada a ver com gravidez.

De acordo com uma pesquisa realizada pelas Universidades de Alexandria, El Minia e Tanta, no Egito, os efeitos colaterais são: cansaço, náusea, vômito e diarreia.

Deixar que a natureza ou que os seus médicos cuidem de você será muito mais seguro tanto para você, quanto para o seu bebê.

9. Usar vela para tirar cera de ouvido

Se você já deixou cair cera quente na sua mão, sabe que dói bastante, certo?

Agora imagine caindo dentro do seu ouvido!

Acredite, a sugestão de usar vela para tirar cera de ouvido virou moda ultimamente.

Porém, muitas pessoas tiveram agravamento do problema fazendo uso desse procedimento.

Os especialistas da clínica Mayo, desaprovam esse remédio caseiro louco e perigoso, pois ele pode queimar o rosto, o couro cabeludo, o canal do ouvido, o tímpano e o ouvido médio.

Você pode ter que enfrentar problemas maiores e mais sérios como resíduos de parafina no canal auricular.

Isso sem mencionar o pior, que é a perfuração do tímpano.

10. Curas perigosas para piolhos

Existem na internet vários remédios caseiros que prometem eliminar os piolhos.

As pessoas costumam esfregar querosene, petróleo e pesticidas concentrados.

Tudo isso é altamente tóxico e jamais deve ser usado na sua pele.

Outros tratamentos têm efeitos totalmente contrários: vaselina, água, azeite, maionese, vinagre e óleo de bebê são super seguros e totalmente inúteis.

Séculos atrás, as pessoas não tinham escolhas e usavam o que havia disponível.

A pediatra Ellie Brownstein recomenda usar medicamentos que contenham piretrina ou permetrina.

Outra alternativa é experimentar uma loção de álcool benzílico ou uma loção de ivermectina.

Lembrem-se que os remédios caseiros não podem curar totalmente as doenças, eles servem apenas como paliativos para aliviar os sintomas até que você consiga se consultar com um médico.


Alguns nem funcionam, outros podem piorar o problema.

Por isso, é recomendável sempre pesquisar e procure um médico antes de experimentar qualquer remédio caseiro.

  1. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Verrugas.
  2. Sociedade Brasileira de Odontologia. Por que as pessoas têm cáries.

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.