Gravidez

Primeiros sintomas de gravidez: desde os primeiros momentos após a fecundação

primeiros sintomas de gravidez

Primeiros sintomas de gravidez: desde os primeiros momentos após a fecundação
5 (100%) 1 vote

Os primeiros sintomas de gravidez podem iniciar momentos depois da implantação do óvulo fecundado. Embora os sinais existam, eles são tão sutis que pouquíssimas mulheres percebem. Contudo, podemos citar pelo menos 10 sinais que variam de acordo com o tempo em que o óvulo fecundado chegou ao útero:




  1. Cólicas leves
  2. Corrimento rosado ou com manchinhas de sangue
  3. Atraso menstrual
  4. Cansaço e sono, sobretudo após comer
  5. Seios coçando, formigando ou doloridos
  6. Frequência cardíaca aumentada
  7. Vontade de urinar frequente
  8. Mudança na temperatura corporal
  9. Aversão a cheiros fortes, causando náuseas
  10. Salivação excessiva, náuseas e vômitos

Primeiros sintomas de gravidez: da primeira a 12a semana

Primeiros 8 dias: Cólicas e corrimento rosado

Da primeira até a quarta semana, tudo ainda está acontecendo em um nível celular. O óvulo fertilizado se torna um blastocisto que dará origem aos órgãos e partes do corpo do bebê. Neste tempo, o blastocisto irá implantar no endométrio, o revestimento do útero. Isso pode causar um pequeno sangramento, chamado sangramento de implantação.

Pelo menos 1/3 das mulheres apresentam este pequeno sangramento no momento em que o óvulo fertilizado se fixa na parede do útero. A implantação, então, pode danificar alguns vasos sanguíneos da parede uterina resultando em uma pequena quantidade de sangue que sai do colo do útero. Neste primeiro mês então a mulher terá três sinais que são considerados os primeiros sintomas de gravidez:

  1. Corrimento rosado, com traços de sangue ou marrom (borra de café). Assim, não haverá um sangramento, mas você perceberá um pouco de sangue ao se limpar.
  2. A cólica na gravidez é fraca. Às vezes algumas pontadas ou dor no pé da barriga. Os dois sintomas duram apenas 3 ou 4 dias.
  3. Inchaço abdominal devido à intensa preparação pélvica pelo qual o corpo está passando.

Primeiras duas semanas de gravidez

A menstruação não vem. Uma vez que a implantação esteja completa, o seu corpo começará, imediatamente, a produzir gonadotrofina coriônica humana (hCG). Esse hormônio avisará que uma gravidez está em andamento e o corpo inteiro passa a se preparar para a novidade. Ao mesmo tempo, diz aos ovários que parem de liberar óvulos maduros a cada mês. A mulher não irá menstruar até que o bebê nasça. Contudo, há mulheres que menstruam durante a gravidez. Mas, enfim, nesse período já é possível detectar a gravidez por exame de sangue que mede os níveis de hCG.

A temperatura corporal sobe. Durante a ovulação a temperatura basal (em descanso) fica pelo menos de 0,4 – 0,5°C a mais. Se a mulher engravida, essa temperatura me mantém mais alta. Assim, se você tem o controle da sua temperatura basal, saberá se engravidou.

Cansaço e sono o tempo todo. Os altos níveis de progesterona causarão um sono danado. A mulher acordará sempre com muita dificuldade, sentirá sono após as refeições. E, portanto, dormirá muito mais cedo do que o habitual. Não há nada errado com ela, afinal é um dos primeiros sintomas de gravidez.

Aversão a cheiros fortes. O olfato se torna absurdamente sensível. Por isso, cheiros que antes não incomodavam, passam a causar aversão. Muitas grávidas podem se sentir enjoadas e até vomitarem com cheiros fortes. Esse também é um dos primeiros sintomas de gravidez.

Sintomas de gravidez após 4 semanas

Salivação, náusea e vômito. Náuseas e enjoos geralmente se desenvolvem por volta da 4-6 semanas. Enjoo e náuseas podem ocorrer a qualquer hora do dia. Conforme publicação da British Journal Of General Practice [1], é possível que estes sintomas sejam causados pela revolução hormonal que a gravidez provoca no organismo. O vômito matinal é comum em grande parte das mulheres e, geralmente se intensifica com 5 semanas de gravidez. Por fim, de agora, até a 12 semanas todos os enjoos se tornam cada vez mais fortes. Mas, normalmente, passam ou diminuem bastante a partir das 12 semanas (3 meses).

Formigamento, coceira, dor e inchaço nos seios. Não são somente os órgãos abdominais que se preparam para a gestação. As alterações hormonais também mexerão muito com as mamas. Ao mesmo tempo, a circulação sanguínea intensa no local causará formigamento, coceira e o mamilo ficará mais escuro em algumas mulheres.

Vontade de urinar frequente. Durante a gravidez, corpo aumenta a quantidade de sangue que bombeia. Isso, decerto, faz com que o rim processe mais fluido do que o habitual, o que leva a mais fluido na bexiga. Ao mesmo tempo, o útero está em crescimento, e vai, devagar, empurrando os órgãos, inclusive a bexiga. A vontade de fazer xixi toda hora é um dos primeiros sintomas de gravidez mais conhecidos entre as mulheres.

Sintomas de gravidez após 6 semanas

Provavelmente, nessa fase a mãe já sabe que está grávida. Contudo, para algumas mulheres pode haver alguma dúvida. Então, há outros sinais, que também são considerados pelos médicos como primeiros sintomas de gravidez.

  • Mudanças de humor
  • Aumento sutil da pressão arterial
  • Azia
  • Batimentos cardíacos mais altos
  • Pele oleosa, as vezes com acne
  • Ganho de peso perceptível
  • Por fim, alterações no apetite

 

Artigo médico-científico: British Journal Of General Practice [1]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo