Sua saúde

Tratamentos para rinite alérgica e como prevenir as crises

Tratamentos para rinite alérgica e como prevenir as crises
4.5 (90%) 2 votes

Os tratamentos para rinite alérgica podem ajudar muito as pessoas que sofrem com esse problema. Um alérgeno, a saber, é uma substância que deveria ser inofensiva, mas causa uma reação alérgica em determinadas pessoas. A rinite alérgica ou febre do feno é uma resposta alérgica a alérgenos específicos. O pólen é o alérgeno mais comum na rinite alérgica sazonal, conforme nos diz a Dra. Judith Marcin [1], médica de família do Medical Center of Chicago.

Quase 8% dos adultos, só nos Estados Unidos, sofrem de algum tipo de rinite alérgica, de acordo com a Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia (AAAAI). Ao mesmo tempo, mais de 2 milhões de casos por ano no Brasil. Entre 10 e 30 por cento da população mundial também pode ter rinite alérgica.

Conforme um estudo publicado no Journal of Allergy-Clinical Imunology [2], os principais sintomas de rinite alérgica são:




Tratamentos para rinite alérgica

Você pode tratar sua rinite alérgica de várias maneiras. As opções incluem medicamentos, bem como remédios caseiros e, possivelmente, medicamentos alternativos. O ideal que é converse com seu médico antes de tentar qualquer nova medida de tratamento para a rinite alérgica. Ele, decerto, saberá quais dos tratamentos para rinite alérgica abaixo são ideais para você.

Anti-histamínicos

Você pode tomar anti-histamínicos para tratar alergias. Eles, a saber, trabalham impedindo seu corpo de produzir histamina. Alguns remédios para rinite alérgica vendidos sem receita incluem:

  • Fexofenadina (bula)
  • Difenidramina (bula)
  • Desloratadina (bula)
  • Loratadina (bula)
  • Levocetirizina (bula)
  • Cetirizina (bula)

Descongestionantes

Você pode usar descongestionantes por um curto período, geralmente não mais do que três dias, para aliviar o nariz entupido e a pressão causada pelos sintomas da sinusite. Usá-los por mais tempo pode causar um efeito rebote, o que significa que, uma vez que você pare, os sintomas vão piorar. Os descongestionantes sem receita populares incluem:

  • Oximetazolina (spray nasal Afrin)
  • Pseudoefedrina;
  • Fenilefrina;
  • Cetirizina com pseudoefedrina (Zyrtec-D).

⚠️Atenção! Apesar de o descongestionante ser um eficiente remédio para rinite, não faça uso se você tem um ritmo cardíaco anormal, doença cardíaca, história de acidente vascular cerebral, ansiedade, distúrbio do sono, pressão alta ou problemas na bexiga. Primeiro, converse com seu médico.

Colírios e Sprays Nasais

Colírios e sprays nasais podem ajudar a aliviar a coceira na garganta e nariz e outros sintomas relacionados à alergia por um curto período de tempo. No entanto, dependendo do produto, pode ser necessário evitar o uso em longo prazo. Como os descongestionantes, o uso excessivo de certos colírios e gotas para o nariz também pode causar um efeito rebote.

Os corticosteroides podem ajudar na inflamação e nas respostas imunológicas. E, o melhor é que não causam um efeito rebote. Os sprays nasais esteroides, decerto,  são recomendados como uma maneira útil e de longo prazo para controlar os sintomas da rinite.

Imunoterapia (vacina para alergia)

A imunoterapia é um dos melhores tratamentos para rinite alérgica. Assim, o alergista pode recomendar imunoterapia se você tiver alergias graves. Assim, usar este plano de tratamento em conjunto com medicamentos pode ajuda muito a controlar seus sintomas. Essas injeções diminuem, decerto, sua resposta imunológica a alérgenos específicos ao longo do tempo. Mas, o tratamento exige um compromisso de longo prazo.

Esses tratamentos, são também conhecidos como “vacinas” e muitos médicos fazem esta terapia. Alguns médico usam injeções, mas outros trabalham com gotinhas.   A vacina para alergias é específica para cada alérgeno, consiste na administração de extrato alergênico em pacientes com doenças alérgicas, com o objetivo de promover a tolerância clínica, diminuindo ou eliminando os seus sintomas. Ou seja, se a pessoa apresenta uma alergia a poeira (ácaros), terá uma vacina específica à poeira, que não ajudará no caso de outros desencadeantes de alergias, como fumaça de cigarro, poluição, por exemplo.

Ducha nasal

A limpeza da cavidade nasal minimiza, consideravelmente, os sintomas de rinite. O hábito diário melhorou estatisticamente  23 dos 30 sintomas nasais, de acordo com dois estudos científicos publicados nas revistas Laryngoscope [3] e American Journal of Rhinology & Allergy [4].

Também conhecida como  “lavagem nasal”, a irrigação nasal usa dois ingredientes simples: água e sal, quando possível, um recipiente especialmente projetado. Assim, esse objeto, conhecido como pote nasal (foto), ajudará nessa hidratação. Isso porque, ele  fornece um fluxo de água salgada em suas cavidades nasais através de uma narina e de outros. Praticantes geralmente fazem isso de uma a quatro vezes por dia.

Tratamentos para rinite alérgica e como prevenir as crises

O pote nasal, pode ser comprado em farmácia por um preço bem acessível e é um dos melhores tratamentos para rinite alérgica.

Remédios caseiros

Remédios caseiros dependerão de seus alérgenos. Assim, se você tiver alergias sazonais ou de pólen, tente usar um condicionador de ar em vez de abrir as janelas. Se possível, então, adicione um filtro específico para alergias.

Usar um desumidificador ou um filtro de ar particulado de alta eficiência (HEPA) pode ajudá-lo a controlar suas alergias em ambientes fechados. Então, se você é alérgico a ácaros, lave seus lençóis e cobertores em água quente acima de 40ºC. Adicionar um filtro potente ao seu aspirador e aspirar semanalmente também pode ajudar. Evitar o uso de tapetes em sua casa também pode ser um ótimo remédio para rinite alérgica.

Como prevenir as crises alérgicas

De acordo com um estudo publicado na revista Allergy [3], a melhor maneira de prevenir os sintomas de alergia é gerenciar suas alergias antes que seu corpo tenha uma chance de reagir a substâncias adversamente. Dessa forma, considere as seguintes medidas preventivas para os alérgenos específicos aos quais você é sensível:

Pólen: a recomendação médica é iniciar medicamentos antes de ataques sazonais de alergia. Por exemplo, se você for sensível ao pólen de uma árvore na primavera, talvez seja melhor começar a tomar anti-histamínicos antes que uma reação alérgica tenha a chance de ocorrer. Ao mesmo tempo, fique em casa durante as horas de pico de pólen e tome um banho imediatamente depois que voltar para casa. Contudo, você também precisa manter suas janelas fechadas durante a temporada de alergia. Ao mesmo tempo, deve evitar secar roupa do lado de fora de casa.

Ácaros: para reduzir a exposição a ácaros, você pode tomar medidas para garantir que sua casa não seja um ambiente amigável para o desenvolvimento deles. Quando for limpar a casa, sempre use pano úmido. Se você tiver carpete, use um aspirador com um filtro de alta eficiência. Você deve tirar a poeira dos móveis com frequência e, ao mesmo tempo, lavar a roupa de cama em água quente. Use travesseiros anti-ácaro todas as noites, se possível.

Pelos de animais: infelizmente, você terá que limitar a exposição a qualquer animal que provoque crises em você. Se isso não for possível, limpe todas as superfícies com frequência, aspire sofás, carpetes, sempre que puder. Ao mesmo tempo, lave as mãos imediatamente depois de brincar ou acariciar animais de estimação e certifique-se de que seus amigos peludos não fiquem na sua cama.

Dicas de prevenção

A  Dra. Judith Marcin [1],  deu algumas dicas importantes para prevenir alergias e evitar os tratamentos para rinite alérgica:

  1. Evite contato com pólen.
  2. Evite exercitar-se ao ar livre no início da manhã.
  3. Tome banho imediatamente depois de chegar em casa.
  4. Mantenha suas janelas e portas fechadas o máximo possível durante a temporada de alergia.
  5. Mantenha sua boca e nariz cobertos quando for a lugares com muito pólen ou poluídos.
  6. Tente não varrer folhas ou cortar a grama.
  7. Banhe seu cão pelo menos duas vezes por semana para minimizar o pelo.
  8. E, por fim, remova os tapetes do seu quarto, eles acumulam ácaros e poeira ao mesmo tempo.
Opinião médica: Dra. Judith Marcin [1]  Artigos médico-científicos: Journal of Allergy-Clinical Imunology [2]   Allergy [3] Laryngoscope [3] e American Journal of Rhinology & Allergy [4].

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo