Sua saúde

Dor na garganta: Como saber se a garganta está inflamada?

Dor na garganta: Como saber se a garganta está inflamada?

Dor na garganta: Como saber se a garganta está inflamada?
5 (100%) 1 vote

Dor na garganta é muito comum nos consultórios médicos, principalmente relacionados com uma gripe ou resfriado. É muito comum pessoas com gripe se queixarem de dor e ardência na garganta e acharem que estão com a garganta inflamada. Contudo, nem sempre esse será o diagnóstico, pois dor e ardência apenas podem indicar outras doenças. Então, como saber se a garganta está inflamada?

As amígdalas




As tonsilas (amígdalas) são os dois linfonodos localizados em cada lado da parte posterior da garganta. Eles funcionam como um mecanismo de defesa, ajudando a prevenir o corpo de infecções. As amígdalas são, então, a primeira linha de defesa contra patógenos. Ou seja, ali são produzidos glóbulos brancos que ajudam a combater bactérias e vírus que entram em seu corpo pela boca. No entanto, as amígdalas também são vulneráveis ​​à infecção desses invasores.

As inflamações de garganta poderão ser causadas por bactérias, maioria das vezes, estreptocócicas, ou por vírus. Os vírus aliás, são as causas mais comuns. vírus Epstein-Barr, por exemplo pode causar inflamação na garganta e, ao mesmo tempo, a mononucleose infecciosa.

Sintomas de garganta inflamada

Você sentirá dor na garganta



O principal sintoma da garganta inflamada é a dor no local, claro, até porque uma inflamação causa dor, vermelhidão e inchaço, além disso, podem acompanhar uma tosse seca e dificuldades para engolir. A inflamação na garganta pode surgir por diversos fatores, como: exposição excessiva ao frio, gripes e resfriados, faringites, amigdalites e algumas infecções virais e bacterianas.

Principais sintomas da garganta inflamada

A dor é a principal característica da inflamação, mas não significa dizer que há uma inflamação ou infecção instalada. A garganta seca é bastante comum, juntamente com a dificuldade para engolir são mais frequentes. Além disso, as pessoas que tem uma inflamação ou infecção na região da garganta apresenta os seguintes sintomas:



  • garganta inchada
  • mau hálito
  • dor na mandíbula
  • garganta arranhando
  • placas de pus na garganta
  • sensação de calor na garganta
  • garganta vermelha
  • voz rouca e abafada

Inflamação de garganta em crianças

É muito comum crianças recusarem alguns alimentos, porém se a recusa ultrapassar os limites, como recusar qualquer tipo de alimento, fique atento, pois pode ser um sinal de dor na garganta, desencadeada por uma inflamação. Isso porque, a dor pode ajudar na recusa do alimento, uma vez que a deglutição aumenta o desconforto. A dor geralmente fica pior com a noite, onde pode aparecer febre alta. Em crianças muito pequenas, você também pode notar aumento da irritabilidade e baba excessiva.

Quando ir ao médico

Em casos raros,  a dor na garganta e inflamação podem fazer com que a garganta inche tanto que cause problemas respiratórios. Se isso acontecer, procure atendimento médico imediato, sobretudo, em casos de crianças e idosos. Isso, porque, enquanto alguns episódios de amigdalite desaparecem sozinhos, alguns podem exigir outros tratamentos. Ao mesmo tempo, consulte um médico  na presença dos seguintes sintomas:

  • febre maior que 39,5 ° C 
  • fraqueza muscular
  • rigidez do pescoço (torcicolo, pescoço duro)
  • dor na garganta que não desaparece depois de dois dias

Tratamentos caseiros

Para ter bons resultados é necessário ficar em repouso durante alguns dias e evitar esforços físicos. Se apresentar febre, significa que é uma infecção. Assim, necessita de mais cuidado ainda. Neste caso, aliás, será necessária ajuda médica para prescrição de alguns medicamentos. No geral, algumas dicas podem ajudar no tratamento da garganta inflamada. Os médicos recomendam gargarejo com água morna, tomar chá de limão com mel e gengibre, chá de malva, vitamina de morango com mel, entre outros. O gargarejo é o melhor remédio para dor  de garganta e pode fazer maravilhas.

 

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo