Sua saúde

Dor nos Olhos: Tudo que você precisa saber sobre esse sintoma

olho doendo, dor nos olhos

Alguma vez na vida você já sentiu dor nos olhos! Muitas pessoas já passaram por essa experiência e relataram que a dor é muitas vezes intensa, mas passageira, outras vezes recorrente e duradoura.

Mas não se preocupe que vamos te explicar tudo sobre dor nos olhos.

Dor nos olhos, o que pode ser?

Os olhos são órgãos responsáveis pela visão. É através deles que podemos ver e observar o mundo a nossa volta.

Apesar dos olhos ficarem dentro de uma cavidade óssea e envolvidos por camadas de músculos, ele é bastante sensível.

Algumas vezes, temos a mania de coçar vigorosamente os olhos e isso não é bom, pois pode causar alguma lesão, principalmente pelo atrito.

Outras vezes, levamos sujeiras ou microrganismos para dentro do olho causando olhos inchados e irritados causando muita dor dentro do olho.

O que causa dor nos olhos

A dor nos olhos é um sintoma na região ocular, que pode ser superficial ou no interior do globo.

Essa dor também pode ser localizada na região que circunda os olhos.

Como a dor nos olhos é apenas um sintoma, existem várias possíveis causas:

  • Alergias: muitos processos alérgicos causam irritação nos olhos, coceira nos olhos e olhos inchados, muitas vezes acompanhados de dor local;
  • Blefarite: uma inflamação na região da pálpebra que pode levar a uma coceira nos olhos. Principalmente em pessoas com algum problema nas glândulas sebáceas. Sempre acompanha dor e olhos inchados;
  • Conjuntivite: inflamação ou infecção da conjuntiva, uma membrana que reveste a parte exterior do globo ocular e a parte interior das pálpebras. Ela pode ser causada por vírus, bactérias, produtos químicos, entre outros;
  • Enxaqueca: muitas vezes ela é acompanhada de muita dor de cabeça e sensibilidade nos olhos, caracterizado como dor;
  • Glaucoma: uma doença silenciosa que não apresenta sintomas no seu desenvolvimento, mas que pode causar perda gradativa da visão ou cegueira, conforme explica a revista científica Cochrane [3];
  • Infecções Virais: geralmente, as infecções virais causam muita irritação nos olhos e coceira, como a gripe;
  • Olhos secos: a sensação de ressecamento nos olhos pode causar muita dor no fundo dos olhos;
  • Corpos estranhos: a presença de corpos estranhos no olhos, além de causar inflamação, pode levar a sérios danos a visão, por isso sempre é recomendado consultar um oftalmologista.
dor nos olhos glaucoma

Olho acometido por glaucoma. Os sintomas de glaucoma incluem: dor intensa no interior dos olhos, aumento da pupila, visão turva e embaçada, vermelhidão dos olhos.




Compressa para dor nos olhos

O tratamento para dor nos olhos vai depender bastante da sua causa, por isso é necessário buscar ajuda médica para realizar um diagnóstico correto.

Algumas situações, a solução pode ser simples, como usar certos colírios e compressas.

Mas, em outros casos serão necessários tratamentos mais profundos e até mesmo cirurgias como no caso do glaucoma.

Compressa fria

Então, vamos falar sobre as compressas. Elas podem ajudar a diminuir a dor nos olhos de forma gradativa.

Isso vai depender da situação que causou a lesão ou irritação.

A compressa fria é ideal após quedas, pancadas ou lesões nas articulações, ou seja, sofreu algum impacto no olho, recomenda-se compressa fria nas primeiras 48 horas após o ocorrido.

E isso tem uma explicação básica. De fato, esses tipos de traumas, geralmente rompem alguns vasos deixando o sangue ou a linfa vazar causando vermelhidão e inchaço, com isso a temperatura fria da compressa fará os vasos contrair e diminuir o fluxo desses fluídos.

Isso ajuda o local lesionado a não acumular líquidos.

Compressa quente

A compressa quente serve para situações contrárias. Ou seja, situações com infecções, tipo aquelas com formação de pus, para diminuir os hematomas e edemas.

A compressa quente irá dilatar os vasos, aumentando o fluxo de sangue. Com isso, esse aumento do fluxo ajudará a diminuir o processo inflamatório.

Além disso, a compressa quente também ajuda no relaxamento muscular, ideal para desconfortos como torcicolos e dor de dente.

  • Mas como fazer a compressa? O ideal e correto é nunca colocar a superfície quente ou fria diretamente no local afetado. A compressa deve ser enrolada num pano para amenizar a temperatura e não causar queimaduras. Lembrando que uma compressa quente ou fria não deve ultrapassar 15 minutos, pois algumas pessoas possuem pele sensível e pode sofrer alguma lesão.

Sendo assim, para o inchaço nos olhos, o ideal é compressa fria. Porque irá reduzir a dilatação dos vasos sanguíneos.

Para isso, pegue uma gaze estéril ou um pano limpo, molhe em água fria ou gelada, coloque sobre o olho e deixe por cerca de 5 a 10 minutos.

Sempre que a compressa fique em temperatura ambiente, molhe novamente.

Dor nos olhos e na cabeça

Já sabemos que a dor nos olhos pode ser causada por vários fatores e por diversas doenças.

Porém, algumas doenças ou fatores podem atribuir não somente dor nos olhos como dor de cabeça em conjunto, segue abaixo algumas:

  • Enxaqueca: a enxaqueca é um tipo de dor de cabeça que pode debilitar uma pessoa. Atinge principalmente as mulheres cerca de 80%. E nos homens cerca de 20%. É uma dor que traz diversos sintomas, como: intolerância à luz, dor nos olhos, vômitos, intolerância ao barulho, entre outros, conforme explica o estudo do New England Journal Of Medicine [1] da Universidade de Leiden, Holanda;
  • Infecções virais: elas sempre causam muita dor de cabeça e no fundo dos olhos;
  • Inflamação das mucosas: as famosas sinusites, geralmente, apresentam como sintomas dores de cabeça e nos olhos, isso porque as mucosas que revestem os seios da face ficam inflamadas causando muita dor;
  • Problemas de visão: alguns problemas de visão, como miopia, podem trazer dores de cabeça e nos olhos, isso porque com a visão prejudicada, acabamos forçando a visão para conseguir enxergar melhor.



Dor nos olhos e febre

A dor nos olhos acompanhado de febre não é um bom sinal. Tendo em vista que a febre é um sintoma comum em infecções, por isso é recomendado procurar ajuda médica caso a febre persista por alguns dias.

As infecções, de modo geral, são campeãs no quesito de causar dores e febre.

A febre é um sinal de alerta que deve ser observado com atenção, por isso observar se a temperatura ultrapassa os 40 graus, a frequência da febre e por quantos dias ela persiste, pois caso ela seja frequente e alta, deve-se procurar um médico.

Dor nos olhos depois de chorar

Chorar é um recurso fisiológico que utilizamos quando sentimos alguma emoção.

Ativado automaticamente quando é necessário. Por exemplo: quando estamos muito felizes ou tristes, quando algo estranho entra nos olhos, quando há alguma lesão, entre outros.

O choro é algo relacionado ao emocional, alterado em casos de medo, dor, saudade, alegria, raiva, aflição.

Neste contexto, há uma produção excessiva de lágrimas dos olhos e isso pode vir com alguns outros sintomas ou problemas.

A dor nos olhos após chorar pode ser um sinal de desidratação, geralmente acompanhado de dor de cabeça.

O ressecamento também causado pela falta de água no organismo.

As inflamações da mucosa nasal também causam dores nos olhos, principalmente quando choramos.

Isso porque as lágrimas descem pelos seios da face e isso pode irritar a mucosa.

Algumas alergias também podem provocar o choro e com isso causar algumas irritações e inchaço nos olhos causando dor no olho.

Dor nos olhos e com pus

A dor nos olhos e com pus é um sinal de infecção. O pus é uma secreção de cor amarelada ou amarelo-esverdeada com mau cheiro.

Ela é produzida em consequência de uma infecção bacteriana. E constituída por glóbulos brancos, nossas células de defesa, em degeneração, sangue, bactérias, proteínas e elementos orgânicos.

Portanto, dor nos olhos e pus pode ser uma conjuntivite bacteriana. Neste caso é necessário ir ao médico para realização de um diagnóstico e um tratamento adequado.

Além disso, o pus em excesso pode causar outros problemas, como formação de fístulas, abscessos e outros, como afirma o estudo publicada na Acta Ophthamologica [2] da Universidade de Bergen, Noruega. Por isso, o médico deve ser consultado.

conjuntivite bacteriana dor nos olhos com pus

A conjuntivite bacteriana é uma das causas de dor nos olhos com formação de pus.

Dor nos olhos e na nuca

Uma causa muito comum que pode provocar a dor nos olhos e na nuca são as dores de cabeça como a enxaqueca e a sinusite.

A sinusite é uma infecção numa das cavidades nasais que pode criar uma pressão atrás dos olhos, causando uma dor em apenas um olho ou em ambos.

Isso pode ser interpretado como dor na nuca, uma vez que a dor é bem profunda no olho.

O que pode ser olho tremendo muito

Na verdade, olho tremendo é um tremor nas pálpebras.

Essa tremedeira chama-se de mioclonia, um tremor involuntário das pálpebras que pode ocorrer sem um motivo aparente.

No entanto, pode ser um sinal de alguma doença nos olhos ou nos nervos da face. As principais causas são:

  • Muito cansaço;
  • Ansiedade;
  • Estresse;
  • Uso de óculos com grau errado;
  • Doenças oculares: olho seco, alergia ocular, ceratite, entre outros.

Outras doenças do sistema nervos podem provocar contrações involuntárias e frequentes dos músculos em torno dos olhos, como o blefaroespamo e o espasmo hemifacial.

Quando o tremor acontece algumas vezes não precisa ter medo, pois isso pode acontecer em alguma situação acima citada.

Além disso, não é necessário nenhum tratamento específico, no entanto, é necessário identificar a sua causa.

Todavia, quando o tremor é constante e sua intensidade é alta que chegam a limitar algumas atividades do cotidiano é necessário buscar ajuda de uma especialista como o oftalmologista para que sejam investigadas as possíveis doenças, sejam elas oculares ou neurológicas.

Resumo

A dor nos olhos pode ser apenas causada pelo cansaço, pelo uso inadequado ou inadaptação aos óculos ou lentes de contacto ou, então, existir uma doença dos olhos que seja a causa da dor.

Contudo, na maioria das vezes, nos casos de dor no olho existe uma doença associada, sendo esta a responsável por causar a dor.

A doença dos olhos que está a provocar as dores nos olhos pode não acarretar danos importantes no aparelho ocular ou pelo contrário pode causar danos irreversíveis na visão.

Artigos médico-científicos: New England Journal Of Medicine [1]  Acta Ophthamologica [2] Cochrane [3]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo