Alimentação

Grávida pode comer pimenta, sushi, gengibre, amendoim, miojo, cogumelo?

gravida pode comer sushi, miojo, pimenta amendoim

A maioria das mulheres quando engravida, quer logo saber: O que a grávida pode comer?

A gravidez é um dos períodos incríveis na vida de uma mulher.

Mas, é uma fase cheia de prós e contras: “Tome ácido fólico”  “Não fume” Faça exercício diário” “Não tome banhos super quentes”!

Portanto, é muito importante que as gestantes passem esse período fazendo uso de uma dieta saudável.

Certos alimentos só devem ser consumidos esporadicamente, enquanto outros precisam realmente ser evitados.

De qualquer forma, saber se a grávida pode comer algum alimento, pode ser crucial para a saúde não somente dela, mas também do seu bebê.

Então, neste artigo iremos esclarecer se a grávida pode comer alimentos como pimenta, sushi, amendoim, miojo e muitos outros.

1- Grávida pode comer pimenta?

Muitas mulheres questionam se grávida pode comer pimenta e se isso pode afetar o bebê.

Na realidade, precisamos deixar claro que existem diversas categorias de pimentas por isso, vamos falar um pouco sobre cada uma delas.

Pode comer pimenta do reino na gravidez?

Sim, pode. A pimenta do reino é considerada muito segura para consumo durante a gravidez.

Assim como qualquer outro alimento, é inofensivo quando consumido com moderação.

Mas, atenção! Enquanto comer doses normais da pimenta do reino pode não ser prejudicial, o uso do óleo de pimenta na pele poderá estimular contrações uterinas.

Pimenta vermelha, pode?

Até mesmo as pimentas vermelhas (dedo de moça, biquinho, malagueta e outras), que são ricas em piperina, são inofensivas para as grávidas.

Além disso, são ricas em vitamina C.




Mas, seu uso deve ser moderado, pois, podem causar problemas digestivos e gastrointestinais, que, embora não sejam diretamente prejudiciais para o feto, podem tornar a gravidez mais difícil para a mãe.

Gestante pode comer pimentão?

Sim, pode e ainda é bastante recomendado.

Pimentões são riquíssimos em vitamina C, que é responsável pelo crescimento e reparação dos tecidos do seu corpo durante a gravidez.

O pimentão vermelho, a saber, tem o dobro do teor de vitamina C em comparação com pimentões verdes.

Consumir vitamina C também nos ajuda a absorver o ferro mais rapidamente, por isso aproveite para ingerir pimentões durante a gestação, de preferência ainda crus.

2- Grávida pode comer sushi (peixe cru)?

É, geralmente, seguro comer sushi e outros pratos feitos com peixe cru durante a gestação.

É preciso, no entanto, ficar atenta para ter certeza de que o peixe usado no prato foi congelado por pelo menos 3 dias antes de ser servido.

O peixe cru, principalmente o peixe selvagem, pode conter parasitas na carne e infectar o ser humano e isso não seria bom em uma grávida, não é mesmo?

O congelamento pode matar esses parasitas e tornar a carne segura.

De qualquer forma, não há com o que se preocupar, a princípio, pois, os peixes geralmente usados em restaurantes japoneses tem origem de criadores em viveiros e não diretamente da natureza.

Esses peixes são criados com controle total de parasitos e muito cuidado na alimentação, portanto, normalmente, não oferecem riscos e até a grávida pode comer sem problemas.

3- Grávida pode comer miojo?

O miojo é um macarrão instantâneo que agora também pode ser chamado de cup noodles.

Trata-se de uma massa frita carregada de  gorduras saturadas, conservantes e glutamato monossódico.

Além disso,  não tem nenhum valor nutricional, o baixo teor de proteínas e fibras, por isso eles só satisfazem sua fome por um período curto de tempo.

A OMS – Organização Mundial de Saúde [1] – indica que cada indivíduo adulto ingira no máximo 5 gramas de sal (1 colher de chá cheia) por dia, o que daria 2000 mg de sódio.

O maior problema é aquele saquinho de temperos que vem com o macarrão.

Em alguns sabores, um pacotinho de macarrão instantâneo chega a ter até 1724 mg de sódio, 72% do valor diário.

Mas, e as grávidas?

Assim como qualquer pessoa, as gestantes podem comer miojo, mas é bom evitar.

Um estudo publicado na revista científica The Journal of Nutrition [2] mostrou que mulheres que comem miojo duas vezes por semana pode causar  diabete tipo 2, obesidade, hipertensão, glicemia elevada, colesterol e acidente vascular cerebral.

De qualquer forma, não podemos ser tão radicais.

Se o desejo é forte e você tem pensado nisso direto, prepare um pacotinho e pronto: esqueça do macarrão instantâneo por um bom tempo.

💡A nossa dica é: use o macarrão quem vem na embalagem, mas deixe de fora o tempero. Ao invés disso, coloque alho sal, tomate e alguns legumes. Pode até mesmo colocar uma carne moída e um frango desfiado. Vai ficar saudável e delicioso.




4- Grávidas podem comer gengibre?

Não é novidade para ninguém que o gengibre é uma raiz com benefícios incríveis para o organismo.

O gengibre é amplamente recomendado no tratamento para dores de estômago e náuseas.

Além disso, parece ajudar na digestão e no fluxo de saliva.

Um estudo publicado na revista científica Obstetrics & Gynecology [3]  comprovou que para as mulheres que procuram alívio de suas náuseas, ânsia de vômito e enjoo, o uso de gengibre no início da gravidez irá reduzir os sintomas em grau equivalente à vitamina B6.

Este mesmo estudo, sugere que o gengibre seja evitado no primeiro trimestre de gravidez.

Isso porque, não há dados suficientes descrevendo a segurança do gengibre no primeiro trimestre da gravidez em humanos.

Contudo, dados experimentais recentes publicados na revista Reprodutive Toxicology [4] mostrou que o chá de gengibre resulta em um aumento da perda embrionária precoce e do crescimento em fetos sobreviventes em ratos.

De qualquer forma, se você está no início da gravidez, fique longe do gengibre, por segurança.

Há, sem dúvida, outras alternativas para controle do enjoo.

5- Grávida pode comer amendoim?

Não há problema algum em comer amendoim durante a gravidez, a menos que você seja alérgica a amendoim.

Não há, portanto, evidências de que comer amendoim, ou alimentos que contenham amendoim, enquanto estiver grávida, prejudique o desenvolvimento do bebê.

Antes é comum aconselhar as mulheres grávidas com histórico familiar de doenças alérgicas, como asma, eczema ou rinite alérgica, a não comer amendoim.

Este conselho mudou em 2009 por causa da falta de evidências de que comer amendoim aumenta o risco de alergia nos bebês, mesmo que você tenha uma história familiar de alergias.

No entanto, você ainda pode se sentir relutante em comer amendoim ou alimentos como pasta de amendoim, por exemplo, converse com seu médico.

Alguns especialistas sugerem que comer amendoim durante a gravidez pode até mesmo tornar o seu filho menos propenso a desenvolver uma alergia ao amendoim no futuro.

6- Grávidas podem comer cogumelos?

Desde que sejam comestíveis e bem cozidos, os cogumelos podem ser consumidos por qualquer pessoa, inclusive por gestantes.

Cogumelos são fungos comestíveis e são uma fonte de baixa caloria de proteína de boa qualidade.

Eles são, ao mesmo tempo, uma fonte de nutrição e contêm vitaminas, minerais e oligoelementos em grandes quantidades.

Os cogumelos crus contêm substâncias carcinogênicas  (podem causar câncer) e por isso, é muito importante que sejam bem cozidos antes do consumo.

Isso serve para qualquer espécie comestível.

💡 A nossa dica é: Se você está grávida e  já comeu cogumelos antes, geralmente é seguro continuar comendo o mesmo tipo durante a gravidez. Escolha cogumelos que pareçam frescos e limpos, sem nódoas negras. Não coma crus, de jeito nenhum!

Considerações finais

A alimentação durante a gestação é importantíssimo para o bom desenvolvimento do bebê e para o preparo do parto.

Por isso, é bom estarmos conscientes do que a grávida pode comer e do que não pode.

Em suma, podemos dizer que:

  1. Pimenta: grávida pode comer pimenta do reino e pimentas vermelhas com moderação. Pimentões são bem-vindos, pois, são muito ricos em vitamina C.
  2. Sushi: comida japonesa com peixes crus não costumam fazer mal. Contudo, certifique se o peixe usado nos pratos foi previamente congelado. Isso serve para todo mundo!
  3. Miojo: miojo deve ser evitado durante a gravidez por causa do alto teor de sódio e gorduras trans. Contudo, se o desejo é grande coma um pacotinho e esqueça por um tempo.
  4. Gengibre: o gengibre tem inúmeros benefícios sobretudo para o enjoo da gravidez. No entanto, deve ser evitado no primeiro trimestre.
  5. Amendoim: Se você não é alérgica a amendoim pode come-los durante a gestação sem problema.
  6. Cogumelos: Desde que sejam bem cozidos, as grávidas podem comer cogumelos sem se preocupar.
Artigos médico-científicos: Organização Mundial de Saúde [1] The Journal of Nutrition [2]  Obstetrics & Gynecology [3] Reprodutive Toxicology [4]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo