Sua saúde

Urina com espuma: 4 possíveis motivos para seu xixi ficar espumoso

Urina com espuma proteinúria
Urina com espuma: 4 possíveis motivos para seu xixi ficar espumoso
3.4 (68.89%) 9 votes

A urina com espuma, na maioria das vezes não tem significado clínico algum.

Pode acontecer, na verdade, quando a bexiga está muito cheia e o jato sai com pressão na água formando a espuma, ou, simplesmente um produto de limpeza na água.

Este é, na verdade, o fato mais comum de perceber urina com espuma.

Contudo, há, ao mesmo tempo, motivos médicos para você urinar espuma, e portanto, pode ser um dos indícios de que há algo errado.

O que pode indicar espuma na urina?

1. Você está desidratado

Muitas pessoas que bebem pouca água ou que praticam exercícios físicos podem ficar desidratadas.

O resultado é que a urina fica mais concentrada e com espuma.

Isso acontece porque mais substâncias são excretadas em um volume menor de água.

A boa notícia é que espuma na urina causada por desidratação não é problema de saúde.

Portanto, se você percebe a urina espumosa, o primeiro passo é aumentar a hidratação e observar as próximas micções.

O ideal é passar a beber pelo menos 1,5 litros de água todos os dias.

Caso sua urina com espuma continue é preciso investigar outras possibilidades.

2. Você tem um problema nos rins

Uma das causas mais comuns de espuma na urina é o excesso de proteína, um sinalizador de que algo pode estar errado com seus rins.

De acordo com um estudo da  Chonnam, Medical Journal [1], entre os pacientes que se queixam de urina espumosa, aproximadamente 40% apresentaram proteinúria evidente.

Os níveis de proteína na urina são regulados pelos glomérulos dos rins.

Em circunstâncias normais, esses filtros não permitem que as moléculas de proteínas do sangue passem e vão parar na urina.

Um aumento de proteína na urina é geralmente evidência de um filtro renal danificado ou com vazamento.

Então, quando há problemas nos glomérulos, como infecções ou lesões as proteínas acabam sendo excretadas na urina.

A formação de espuma ocorre porque a albumina tem um efeito similar ao sabão que reduz a tensão superficial da urina fazendo espuma.

Muitas vezes, porém, a urina espumosa vem junto com outros sinais que incluem inchaço devido à retenção de líquidos ou ganho de peso.

O excesso de proteínas na urina pode ocorrer após a ingestão excessiva de proteínas ou de suplementos proteicos.

A presença de proteínas na urina pode ser detectada através do exame de urina e somente um médico poderá fazer o tratamento adequado.

exame de urina com espuma

A presença de proteína na urina (proteinúria) pode ser medida com exame de urina em laboratório.

3. Você está com esperma na urina

No caso dos homens é comum que a presença de esperma leve o homem a expelir uma urina com espuma.

Depois de uma relação sexual, pequenas quantidades de sêmen podem ficar na uretra e chegar até à bexiga, causando urina espumosa.

Afinal, o esperma é rico em proteína e a proteína é formadora de espuma.

Esta condição precisa ser avaliada e tratada pelo urologista.

4. Você está com infecção urinária

Urina com espuma é um dos sintomas de infecção do trato urinário e, geralmente, é acompanhada por uma sensação de queimação ao urinar.

Uma infecção urinária pode provocar urina espumosa quando as bactérias invadem a bexiga.

A infecção urinária pode ser detectada pelo exame de urina e somente o médico poderá prescrever antibióticos para tratar a infecção.

5. Você tem diabetes ou hipertensão.

Proteína na urina está dando as caras aqui mais uma vez.

Ambas as condições: diabetes, que afeta os níveis de insulina do corpo e a pressão alta que pode afetar o fluxo sanguíneo para os rins, aumenta as proteínas na urina.

Este aumento da pressão provoca, ao mesmo tempo, aumento do estresse, o que leva a danos na filtragem do sangue.

A consequência disso, portanto, é o aumento dos níveis de proteínas na urina.

No diabetes geralmente vem com aumento da micção e da sede, enquanto na hipertensão pode se manifestar como dor no peito ou falta de ar.

Então, se você estiver com esses sintomas junto com a urina espumosa, informe o seu médico.

6. Você tomou muitos analgésicos

Aí está outra causa, que de fato, você não esperava.

Quando tomamos analgésicos por um longo tempo sem parar, é possível que essa seja a razão para a urina com espuma.

Os anti-inflamatórios não esteroides, conhecidos como AINEs, sobretudo o ibuprofeno, podem aumentar consideravelmente os níveis de proteína na urina.

Ainda pode ser pior: às vezes, esses medicamentos podem resultar em uma reação alérgica que causa inflamação nos rins.

Assim, não é uma boa ideia tomar analgésicos por um longo período de tempo sem supervisão médica.

Se sua urina está espumosa e você está fazendo uso de AINEs, é possível que os medicamentos estejam atrapalhando a função renal. Fique atento!

7. Você pode ter uma doença autoimune

Condições autoimunes também colocam estresse e tensão nos rins, potencialmente causando danos suficientes para interromper o processo de filtragem.

Doenças autoimunes podem causar proteinúria através do sistema imunológico da pessoa atacando erroneamente seus próprios filtros renais.

O lúpus, decerto, é uma condição autoimune que pode causar proteinúria e consequentemente, deixar a urina com espuma.

Urina espumosa pode ser problema de fígado?

A princípio não há qualquer relação do excesso de proteína na urina e problemas hepáticos.

Como já dito, a proteinúria é um sintoma claro de diversas doenças renais.

Enquanto os rins participam da filtragem e retirada de impurezas do sangue, o fígado tem funções metabólicas, de armazenamento e síntese.

Portanto, se sua urina está com espuma, você, a princípio, não tem um problema no fígado.

Quando a espuma na urina é normal?

Considere a urina espumosa normal se ela acontecer uma vez ou muito de vez enquanto.

Pode ser como já dito, um pouco de esperma preso no canal da urina ou apenas falta de hidratação no organismo.

Mas, se o sintoma é frequente, com formação de espuma branca em quase todas as micções, considere ir ao médico.

Ele irá solicitar exames que meçam se sua função renal está bem.

Urina com espuma e odor forte

Se sua urina está com espuma e mal cheiro, mas você não tem qualquer outro sintoma como dor e febre, considere a possibilidade de estar apenas desidratado.

Quando estamos desidratados nossa urina fica concentrada e exala um cheiro forte, como de urina velha.

Passe a tomar pelo menos 1,5 litros de água por dia e observe se o cheiro e a espuma vão desaparecer.

Mas, fique atento, quando temos infecção no trato urinário, o xixi fica espumoso e, ao mesmo tempo exala um cheiro forte anormal.

Neste caso preste atenção se você tem alguns dos sintomas de infecção de urina.

Urina com espuma pode ser gravidez?

A princípio não há qualquer relação com a gravidez e aumento dos níveis de proteína na urina, a principal causa da urina espumosa.

Ao mesmo tempo, se uma gestante urinar espumoso, as razões podem ser essas acima citadas:

  • Infecção urinária
  • Mau funcionamento dos rins
  • Desidratação
  • Açúcar no sangue
  • Pressão alta

O que fazer para melhorar urina com espuma?

A primeira coisa a se fazer é repor os líquidos do seu corpo, pois, pode significar desidratação, como já dito.

Se for homem, tente lembrar que você ejaculou nas últimas 24 horas, pois pode ser que o esperma na uretra esteja formando a espuma na urina.

Se nenhuma das opções acima se encaixa no seu quadro, considere buscar ajuda médica para avaliação das suas funções renais, não esquecendo de avisar ao médico do xixi espumoso.

Contudo, até a consulta aconteça, mantenha sua hidratação (1,5 litros de água por dia), pois isso fará com que seus rins não fiquem sobrecarregados e ao mesmo tempo, se for uma infecção de urina ajudará na cura.

Conclusão

Em suma, os casos mais comuns de urina com espuma é, sem dúvida, a desidratação, presença de produtos de limpeza no vaso sanitário e esperma no canal da uretra.

Em absolutamente quase todos os outros casos de urina espumosa tem relação com níveis elevados de proteína na urina, também conhecido como proteinúria.

O ideal, ao perceber o sintoma é observar se há outros sintomas associados e começar imediatamente a hidratar o corpo.

No mais, busque ajuda médica.

Artigos médico-científico: Chonnam, Medical Journal [1]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo