Curiosidades

Engolir esperma faz mal? O que todo mundo precisa saber

Engolir esperma faz mal
Engolir esperma faz mal? O que todo mundo precisa saber
4.4 (87.5%) 8 votes

Engolir esperma ainda é um tabu.

Há quem diga que faz mal e, ao mesmo tempo, há quem acredite no poder nutritivo do sêmen humano.

O esperma, na verdade, é composto, principalmente de nutrientes e, desde que o homem esteja saudável, é inofensivo.

O que acontece se engolir esperma?

O sêmen é formado pelos mesmos nutrientes inofensivos, minerais e açúcares que, provavelmente, comemos todos os dias:

  • vitamina C,
  • potássio,
  • cálcio,
  • colesterol,
  • sódio,
  • frutose e outros.

E mais ainda, os espermatozoides, na realidade representam uma porção muitíssimo pequena de sêmen.

Ainda assim, não pode substituir um shake proteico.

Isso porque, um homem produz apenas cerca de uma colher de chá de sêmen por ejaculado, e isso é muito menos do necessário para a necessidade diária.

Esperma é rico em proteína?

Na verdade, não!

Isso é, de fato, um grande mito popular.

Seria necessário ingerir mais de 100 ejaculados para pensar em qualquer benefício nutricional ou proteico.

Embora seja verdade que o sêmen é composto de nutrientes importantes, é errado afirmar que engolir esperma pode contribuir para a necessidade nutricional diária.

Isso é propaganda enganosa!

Ao mesmo tempo que não faz diferença engolir esperma ou não, o líquido não carrega nada perigoso ou estranho e o corpo pode digeri-lo como qualquer outro alimento.

O que pode acontecer de pior?

A pior coisa que poderia acontecer, é uma contaminação por doenças sexualmente transmissíveis, como, por exemplo:

E realmente não importa se você engolir esperma ou cuspir – o risco vem desde que o conteúdo seminal tenha contato com a mucosa da boca.

Isso quer dizer que só de encostar o sêmen na boca já é possível transmitir doenças do sexo.

Por isso, é de extrema importância que não se pratique esse tipo de atividade sexual com parceiros que não se conhece.

O aconselhável, portanto, é usar um preservativo para evitar o contato com o sêmen, diminuindo assim o risco de infecção.

Assumindo que ele não esteja infectado, há muito poucos riscos associados a ter sua ejaculação na boca ou engolir. Para começar, não vai engordar.

Reação alérgica

Embora pouco se fale sobre o assunto, algumas mulheres e também homens são alérgicos ao esperma.

Isso tanto ao contato íntimo como ao engolir esperma.

Medicamente, isso é conhecido como Hipersensibilidade ao Sêmen Humano ou, mais popularmente, “Síndrome do sêmen em chamas”.

A maioria desses relatos dos casos descrevem essa alergia como uma condição rara.

No entanto, segundo estudo publicado na revista Human Fertility [1], os dados podem estar sendo subestimados.

Isso porque, os sintomas, sobretudo, na mulher, são facilmente confundidos com outros problemas de saúde ginecológicos, como vaginite e infecções sexualmente transmissíveis.

Reações de hipersensibilidade são bastante perigosas, uma vez que, se em contato com a mucosa oral, o sêmen pode provocar reação alérgica, fechar a glote e matar por asfixia.

Contudo, isso nunca foi relatado!

O que provavelmente vai acontecer?

 Na grande maioria das vezes, ao engolir esperma, nada acontece, realmente.

Algumas pessoas, porém, relatam dor de estômago e diarreia pouco depois de engolir esperma, mas isso é raro e quase sempre o motivo do desconforto é outro.

Embora um estudo da Journal of Reproduction Immunology [2] que o sêmen em propriedades antidepressivas ou reduz o risco de pré-eclâmpsia, os resultados ainda são inconclusivos.

 

Artigos médicos científicos: Human Fertility [1] Journal of Reproduction Immunology [2]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo