Sua saúde

Tosse seca constante: veja o que pode ser e o que fazer para se livrar dela em casa

tosse seca constante irritativa persistente

A tosse seca constante, é também conhecida como tosse persistente ou tosse irritativa.

Tanto a tosse seca quanto a tosse com catarro são maneiras de que o corpo arruma para expelir objetos estranhos.

Ao mesmo tempo tem o poder de expulsar ou microrganismos que atacam as vias aéreas — nariz, garganta, laringe e pulmões.

Mas a tosse seca e irritativa, com aquela terrível sensação de que algo está preso na garganta, é duplamente desconfortável.

É uma tosse cansativa que piora muito a noite, principalmente com o corpo em repouso.

Nesses casos, um remédio para tosse seca noturna ou usar dicas de como não tossir a noite, pode ajudar bastante.

De acordo com o Pneumologista Dr. Mauro Gomes, do Instituto de Pneumologia Paulista, explicou em seu site que tossir o tempo todo não é normal.

A tosse seca (ou persistente) é, na maioria das vezes, de causa alérgica.

No entanto, há outras causas importantes a serem consideradas.

A tosse seca persistente pode acarretar complicações em longo prazo às cordas vocais e a pessoa sente rouquidão e até mesmo perda da voz, além de cansaço muscular do diafragma e dos músculos do tórax”, disse o médico.

De qualquer forma, seja qual for a causa, utilizar um xarope para tosse seca sempre é uma boa opção.

O que pode ser tosse seca constante?

Uma tosse pode sinalizar uma série de coisas acontecendo no corpo, especialmente se não desaparecer.

De fato, a tosse crônica, ou seja, uma tosse que dura mais de oito semanas, pode ser algo preocupante.

Mas, na verdade, pode ser bastante comum e pode ser causado principalmente pelas doenças citadas abaixo.

Uma revisão publicada no Jornal de Pneumologia [1] revelou que dentre os vários fatores relacionados aos quadros de tosse seca crônica, alguns assumem papel mais importantes, tais como o refluxo gastroesofágico e asma, já que, isolada ou conjuntamente, constituem cerca de 95% das causas.

1. Alergia

A tosse seca constante é o sinal da presença de alguma doença.

Decerto, é um sintoma muito comum em doenças alérgicas, como: a asma brônquica, a rinite alérgica e a sinusite alérgica.

As pessoas alérgicas podem desenvolver tosse seca persistente aos “gatilhos “desencadeadores de uma crise.

Assim, exposição a poeiras, ácaros domiciliares, animais, variações bruscas de temperatura, poluição ambiental, fumaça de cigarro são as principais causas das crises alérgicas que tem como sintoma a tosse seca que não passa “nunca”.

O que fazer: em toda e qualquer tipo de tosse, beber água é a recomendação número 1. Os especialistas consideram que o melhor remédio para tosse seca é a hidratação. Beba pelo menos 1, 5 litros de água por dia.

A casa deve estar sempre limpa, livre de poeira e tapetes. Tomar chá de hortelã de 2 a 3 vezes ao dia irá aliviar a tosse e ajudar na cura.




Muitas vezes a convivência com pessoas que fumam – ou fumar – piora muito o quadro.

A tosse seca alérgica necessita, muitas vezes de uma prescrição médica de algum anti-histamínico como a Loratadina. Neste caso, consulte seu médico.

2. Refluxo gastroesofágico

O refluxo, volta do suco gástrico do estômago para a garganta, causa forte irritação no esôfago e chega à laringe com um sintoma muito irritativo.

Toda vez que há um refluxo, mais a laringe e o esôfago se irritam e inflamam. Assim, com o tempo essas lesões provocam a tosse seca persistente.

Ao mesmo tempo, pode levar a queimação na garganta.

O que fazer: se o problema da tosse seca constante é a irritação causada pelo refluxo, a única coisa a se fazer é buscar ajuda médica para curar o refluxo.

Isso porque, o tratamento para refluxo esofágico envolve mudanças alimentares uso de medicamentos.

Assim, em casos mais graves, cirurgia para correção do problema.

Emergencialmente, em casa a dica é o uso de antiácidos que irão evitar a sensação de queimação no esôfago.

No entanto, o refluxo precisa ser tratado com um médico.

3. Tabagismo

Uma das consequências do tabagismo é uma tosse seca persistente.

Isso porque, o calor da fumaça aspirada e as substâncias químicas presentes no tabaco provocam uma irritação constante das vias aéreas.

Essa tosse, a saber, pode piora progressivamente, levando, ao mesmo tempo, a um quadro de doença pulmonar obstrutiva crônica.

O que fazer: Beber muita água sempre ajuda, como já dito. No entanto, parar de fumar é a única forma de se livrar dessa tosse, pois ela pode durar a vida inteira, neste caso.

4. Pneumonia

Apesar de a pneumonia quase sempre produzir catarro, em alguns casos, pode apresentar uma tosse seca que se alonga por vários dias.

Neste caso, esse sintoma é importante para alertar que a infecção não foi devidamente tratada.

O que fazer: neste caso, a pneumonia precisa ser tratada o quanto antes. Se um tratamento já estiver sendo feito, avise ao seu médico da tosse seca, isso o ajudará a avaliar a necessidade de uma nova medicação.

A tosse seca persistente de pneumonia, decerto, costuma piorar muito a noite.

Assim, um remédio para tosse seca noturna, pode ajudar até que o médico seja consultado.

Doenças graves que causam tosse seca constante

Em conjunto com outros sintomas, a tosse seca constante pode ser o resultado de um problema maior e mais sério, como por exemplo:

  • infecção pulmonar
  • câncer de pulmão
  • sinusite aguda ou crônica
  • bronquiolite
  • fibrose cística



  • enfisema
  • laringite
  • coqueluche
  • doença pulmonar obstrutiva
  • insuficiência cardíaca
  • tuberculose
  • fibrose pulmonar idiopática

Quando é preciso ir ao médico

A tosse seca constante pode ser um sinal de algo mais sério quando você começa a ter outros sintomas.

Isso porque, doenças pulmonares crônicas, câncer de pulmão e insuficiência cardíaca, podem piorar rapidamente se não forem tratadas.

Então, é recomendado consultar um médico quando a tosse seca constante estiver acompanhada dos seguintes sintomas:

Muitas vezes, é a combinação de um ou mais desses sintomas, juntamente com tosse seca que pode ser alarmante.

Mas,  é importante não tirar conclusões precipitadas até que um exame clínico, exame de sangue e de imagens seja feito.

Resumo

A tosse seca constante é um sintoma que não deve ser ignorado.

À longo prazo, pode haver danos nas cordas vocais causando uma rouquidão incurável e até a perda da voz.

Apear de as receitas caseiras contra tosse  ajudarem bastante, esse sintoma pode indicar doenças de caráter grave, por isso, buscar ajuda médica para uma tosse persistente constante é a melhor alternativa.

Artigo médico-científico: Jornal de Pneumologia [1]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo