Acordar com dor de cabeça, o que pode ser? Veja as causas mais comuns

Acordar com dor de cabeça, o que pode ser?

Acordar com dor de cabeça todos os dias, pode ser a triste rotina de muitas pessoas, mas isso não pode ser considerado normal.

Sofrer de dores de cabeça de vez enquanto é comum e normalmente não oferece riscos.

Normalmente, isso acontece devido a condições como, má alimentação ou falta de sono, por exemplo.

No entanto, se você tem acordado com cefaleia quase sempre, um médico deve ser consultado para avaliar os sintomas e tratamentos.

Para quem pensa que acordar com dor de cabeça é normal, fique ligado nos problemas de saúde citados abaixo.

Acordar com dor de cabeça, o que pode ser?

1. Sua pressão está alta (hipertensão)

Um dos primeiros sintomas de hipertensão é a cefaleia matinal, ou seja, a dor de cabeça ao acordar.

Na verdade, quando a pessoa tem hipertensão e costuma dormir e acordar com dor de cabeça,  significa que o sangue está circulando com muita pressão.

Como você passou muito tempo deitado (dormindo), a circulação pode levar a uma pressão na cabeça.

Essa dor de localiza, principalmente, na nuca e também pode causar náuseas ao sair da cama.

Geralmente, a dor se vai depois de alguns minutos de pé.

Mas é urgente a busca de ajuda médica para tratamento para pressão alta.

2. Você está com sinusite

Quem sofre com sinusite e está em crise, costuma acordar todos os dias com dor de cabeça.

A sinusite é uma inflamação da mucosa dos seios da face, região do crânio, formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos.

A dor de cabeça matinal da sinusite se localiza na região do seio acometido, se a sinusite for do seio maxilar, a dor de cabeça vai aparecer na maçã do rosto, abaixo dos olhos, de um lado ou de outro, ou dos dois lados.

Quando a dor é de sinusite a pessoa acorda com o nariz entupido e com muco nasal abundante.

3. Você está de ressaca

Bebidas alcoólicas pode nos levar a desidratação e isso leva a redução da quantidade de sangue que circula para o cérebro, causando dores de cabeça.

O álcool também pode dificultar a boa noite de sono, que é outro gatilho de dores de cabeça.

Quando dormimos, passamos muitas horas sem beber água por isso, quase sempre pode acordar com dor de cabeça e enjoo.

Um analgésico simples e muita água resolverá o problema rapidamente.

4. Você tem bruxismo

Muitas pessoas rangem os dentes enquanto dormem e não percebem.

O bruxismo é uma condição muito comum nas crianças, mas também ocorre em adolescentes e adultos.

De acordo com estudo publicado na Revista Neurociência [1] o bruxismo durante o sono é uma parassonia caracterizada por movimentos involuntários e estereotipados com ranger dos dentes durante o sono.

Isso quer dizer que este hábito é inconsciente e tensiona os músculos da mandíbula.

Fazendo isso boa parte da noite, o bruxismo afeta os músculos da cabeça e o resultado, então, é já acordar com dor de cabeça.

5. Você ronca e/ou tem apneia do sono

Obstruções na passagem do ar, causadas por espessamento anormal dos tecidos da garganta e língua, além do uso de alguns medicamentos, pode propiciar o ronco.

A pessoa que ronca, tem a oxigenação dos órgãos comprometidos o que leva a uma noite mal dormida.

A apneia do sono se define como “leves paradas respiratórias” enquanto dormimos.

Como o cérebro não recebe o oxigênio necessário e assim, acordar com dor de cabeça forte acaba sendo rotineiro.

Você saberá se tem esse problema se além da dor de cabeça, tiver olheiras opacas e cansaço excessivo, mesmo se tiver deitado cedo.

6. Outras causas comuns

  • enxaqueca
  • má qualidade do sono
  •  dormir pouco ou dormir demais
  • O descontrole das endorfinas
  • tomar café tarde da noite
  • depressão

Acordar com dor de cabeça de madrugada

Este, é um sintoma bastante comum de pessoas que sofrem de bruxismo e apneia do sono.

As duas condições provocam muita tensão muscular na região da cabeça causando a dor  e fazendo você despertar de madrugada com o incômodo.

No entanto, se você está em crise se sinusite ou bebeu muito durante o dia anterior, pode certamente acordar com dor de cabeça na madrugada.

Acordar com dor de cabeça e nos olhos

É muito comum que pessoas que sofrem de sinusite e rinite alérgica acordem, algumas vezes com dor de cabeça e nos olhos.

Aliás, a dor de cabeça ao acordar, é um dos sintomas comuns dessas doenças.

A inflamação dos seios da face e a congestão dão a impressão que a dor é nos olhos e na testa.

Acordar com dor de cabeça todos os dias

Esse é um sinal muito comum de hipertensão e, por isso, é importante medir sua pressão arterial durante o dia para ver se há alterações.

Contudo, é importante estar atento para o bruxismo onde o ranger dos dentes acontecem todas as noites e a apneia do sono, que também causa cefaleia matinal.

Acordar com dor de cabeça na testa

Sintoma comum de pessoas que sofrem de rinite e sinusite, principalmente se estiverem passado a noite com o ventilador ou ar condicionado ligados.

Como já dito, a inflamação dos seios nasais provocam dor nos olhos e dor de cabeça na testa.

Com o controle da doença, a dor desaparecerá.

Considerações finais

Dores de cabeça nunca devem ser ignoradas, uma vez que, é um sintoma recorrente de pressão alta, uma doença que apesar de comum, pode matar.

Ao mesmo tempo, os beberrões de plantão podem passar por uma ressaca devido a falta de hidratação no organismo, o que faz acordar com dor de cabeça forte e enjoo.

O ideal, de qualquer forma, é buscar ajuda médica para quem acorda todos os dias com dor de cabeça.


Além disso, observe se você não está rangendo os dentes ou roncando muito durante o sono.

 

Ultima atualização 5 de abril de 2019  artigo médico-científico: Revista Neurociência [1]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.