Sua saúde

Coceira na virilha, o que pode causar este problema?

Coceira na virilha: pode ser micoses ou dermatites

Coceira na virilha, o que pode causar este problema?
4.4 (87.5%) 8 votes

A coceira na virilha é um sintoma expressivo de uma micose na virilha. Ao mesmo tempo é bom ficar atento para a possibilidade de outras doenças dermatológicas. A Dra. Ângela Cassol [2], dermatologista da UNICAMP, alerta que várias dermatites também causam intensa coceira na virilha. Mas, esse sintoma também pode ocorrer diante de uma assadura na virilha e por isso, uma avaliação médica é sempre bem-vinda.

O que pode causar coceira na virilha?




A causa principal e mais comum de coceira na virilha é a tinea cruris, uma infecção da pele causada por algumas espécies de fungo. Contudo, normalmente, esse tipo de sintoma também pode ser causado por dermatite seborreica, neurodermite ou dermatite eczematosa. Mas, como já dito, o fungo na virilha é o mais comum.

Coceira causada por micose

Os fungos causadores da tinea cruris são do tipo dermatófitos, ou seja, vivem tanto na pele, como nos cabelos e unhas. Na verdade, são normalmente inofensivos, mas podem se multiplicar rapidamente e causar infecções quando se desenvolvem em áreas quentes e úmidas. É por isso que essa micose, geralmente, se desenvolve na pele ao redor da virilha, parte interna das coxas e nádegas. Mas, de qualquer forma, esse tipo pode também causar coceira na vagina.

As causas dessa micose de pele são bastante simples. O problema acontece quando a pessoa mantém umidade excessiva na virilha, como por exemplo, permanecer em roupas suadas após o exercício na academia. Ou então, tomar banho e não se secar corretamente. Isso acontece porque, a longa exposição à umidade pode permitir que os fungos se multipliquem rapidamente.

Ao mesmo tempo, o fungo que causa coceira é altamente contagioso. Então é possível contrair a infecção fúngica por contato pessoal próximo com uma pessoa infectada ou pelo contato com a roupa suja desta pessoa. Em poucos dias começará a desenvolver os mesmos sinais. Os sintomas comuns desse tipo de micose incluem:

  • vermelhidão intensa
  • coceira persistente
  • sensação de queimação ou assadura
  • pele descamando e/ou rachando como se tivesse ressecada
  • erupção cutânea que piora com exercício ou atividade
  • os sinais não desaparecem ou pioram quando é usada uma pomada para coceira na pele com hidrocortisona (anti-coceira)
O que pode causar coceira na virilha

Homem apresentando micose (tinea cruris) causando intensa coceira na virilha.

Tratamento para coceira na virilha

Um médico provavelmente será capaz de diagnosticar a tinea crucis simplesmente realizando um exame físico e inspecionando a área afetada da pele. Em alguns casos, o médico pode retirar algumas partes da pele da área para ajudar a diagnosticar a condição. Isso também pode ajudar a descartar outras doenças da pele, como a psoríase, por exemplo.

Na maioria dos casos, a tinea crucis pode ser tratada em casa de forma eficaz . Você pode tentar os seguintes remédios para se livrar da infecção:

  • De acordo com a Dra. Ângela o tratamento é simples e consiste no uso de antifúngicos tópicos, como cetoconazol, isoconazol, miconazol, ciclopirox olamina, dentre outros.
  • Lavar a área afetada com sabão neutro e água morna.
  • Secar a virilha corretamente após o banho e o exercício.
  • Trocar a roupa íntima todos os dias.
  • Usar calcinhas – ou cuecas – folgadas de algodão.
  • Trate quaisquer outras infecções fúngicas, como o pé de atleta, por exemplo.

Coceira causada por Dermatite seborreica

A dermatite seborreica é uma doença da pele que pode deixar a pele áspera e escamosa na pele. A dermatite seborreica ocorre, geralmente, encontrada no couro cabeludo, mas às vezes pode aparecer em outras áreas como na virilha. Mesmo assim, pode causar descamação e vermelhidão em algumas áreas da face, como sobrancelhas e cantos do nariz, couro cabeludo e orelhas.

De acordo com a Dra. Bruna Duque Estrada [1], da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a causa não é totalmente conhecida, e a inflamação pode ter origem genética. Ao mesmo tempo, pode ser desencadeada por agentes externos, como alergias, situações de fadiga ou estresse emocional. Ainda, considera-se uma condição de piora a baixa temperatura, álcool, medicamentos e excesso de oleosidade.  De forma geral, de acordo com a dermatologista, os sintomas da dermatite seborreica podem ser:

  • oleosidade na pele afetada;
  • escamas brancas – caspa;
  • escamas amareladas que são oleosas e ardem;
  • coceira, que pode piorar se “cutucar” a pele;
  • leve vermelhidão na área;
  • possível perda de cabelo.

No caso de coceira na virilha, o tratamento consiste do uso de medicações tópicas, como cetoconazol xampu e tacrolimus.

Dermatite eczematosa

Este, é um tipo de dermatite que pode afetar diversas partes do corpo em diferentes tipos de lesõesQuando o eczema se manifesta de forma aguda, as lesões começam com manchas vermelhas ou rosadas com bolhinhas na superfície preenchidas com um líquido claro. Já na fase crônica, a secreção começa a secar, formando crostas. Nessa etapa, decerto, se observa que a pele fica mais grossa. Contudo, não é necessário a mesma pessoa ter todas as etapas de um eczema para se fazer o diagnóstico da dermatose. De acordo com a Dra. Bruna, existem seis doenças que podem se manifestar como Dermatite eczematosa:

  • Dermatite atópica: Acontece quando a barreira natural da pele contra os elementos externos é enfraquecida. Isso significa que sua pele é perde a capacidade de protegê-lo contra substâncias irritantes e alérgenos. Pode, inclusive causar irritação e coceira nos olhos.
  • Dermatite de contato: A dermatite de contato ocorre quando um pessoa toca uma substância que irrita sua pele ou causa uma reação alérgica. Muito comum, inclusive, atacar as mamas causando coceira nos seios. No caso da coceira na virilha, a dermatite de contato pode ocorrer quando há alergia de produtos de higiene pessoal, como sabonetes, hidratantes e lenços umedecidos.
  • Eczema por droga ingerida: quando a ingestão de medicamentos causam reação alérgica.
  • Eczema numular: Este tipo de eczema faz com que manchas redondas e em forma de moeda se formem na sua pele. Esse tipo provoca coceira intensa.
  • Neurodermatite: é semelhante à dermatite atópica. Isso faz com que sujam manchas espessas e escamosas na pele.
  • Disidrose: O eczema disidrótico provoca pequenas bolhas nas mãos e pés. É mais comum em mulheres que em homens.
Opinião médica: Dra. Bruna Duque Estrada [1] Dra. Ângela Cassol [2]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo