Sua saúde

Dermatite de contato: tudo que você precisa saber sobre a doença

Dermatite de contato: tudo que você precisa saber sobre a doença
4.2 (84.62%) 13 votes

A dermatite de contato é uma erupção cutânea avermelhada que coça bastante. Ela surge por contato direto com uma substância ou por uma reação alérgica a ela. Contudo, a dermatite de contato não é contagiosa ou ameaça a vida, mas pode ser muito irritante e incômoda.

Em geral, a dermatite de contato ocorre em áreas do corpo que foram diretamente expostas à substância causadora da reação. Podemos citar, por exemplo, encostar a pele em uma erva venenosa ou uma reação da pele que entra em contato com a pulseira do relógio. Portanto, a erupção geralmente aparece em minutos ou horas após a exposição e pode durar de duas a quatro semanas.

Uma publicação da Clinical and Developmental Immunology [1] diz que a dermatite de contato é uma inflamação na pele com um complexo mecanismo imune.  De tal forma que a condição não é classificada como uma resposta cutânea inflamatória de origem imunológica.




 Sintomas da dermatite de contato

Os sintomas da dermatite de contato, decerto, dependem da causa e da sua sensibilidade à substância causadora. Assim, estamos separando os sintomas em tipo de agente causador.

1. Dermatite de contato alérgica

A dermatite de contato alérgica ocorre quando uma substância à qual você é sensível (alérgeno) desencadeia uma reação imunológica na pele. Eventualmente, afeta apenas a área que entrou em contato com o alérgeno.

  • pele seca, escamosa e descascando
  • urticária
  • bolhas vazadas
  • vermelhidão da pele
  • pele que aparece escurecida ou coriácea
  • pele que queima
  • comichão extrema
  • sensibilidade ao sol
  • inchaço, especialmente nos olhos, face ou áreas da virilha
Dermatite de contato alergica

Dermatite de contato alérgica por uso de luvas de látex.

2. Dermatite de contato irritativa

É o tipo mais frequente. Ao mesmo tempo, esta reação cutânea não alérgica ocorre quando uma substância danifica a camada protetora externa da pele. O contato com produtos de limpeza, por exemplo.

  • Pele empolada
  • pele rachada devido a extrema secura
  • inchaço
  • pele que parece rígida ou apertada
  • ulcerações
  • e, por fim, feridas abertas que formam crostas
Dermatite de contato irritativa

Dermatite de contato do tipo irritativa por uso de maquiagem

3. Dermatite de fotocontato

É o tipo mais raro de dermatite de contato. Este tipo provoca lesões diretamente causadas pela interação entre algum produto na pele ao ter exposição ao sol. Os sintomas são:

Há também a dermatite de contato ocupacional, que na verdade, é um termo jurídico. De acordo com publicação da International Archives Ocupacional Environmental Health  [2] o termo é, ao mesmo tempo, usado para se referir a dermatites que são obtidos pelo paciente por causa de determinadas práticas e tarefas realizadas no ambiente de trabalho.

O que causa a dermatite de contato?

Dermatite de contato alérgica. A dermatite de contato alérgica ocorre, decerto, quando a pele desenvolve uma reação alérgica após ser exposta a uma substância estranha. Isso faz com que o corpo libere substâncias químicas inflamatórias que, ao mesmo tempo, tornam a pele irritada e irritada. Os causadores mais comuns incluem as joias feitas de níquel ou ouro, luvas de látex, bem como produtos químicos em cosméticos e produtos de cuidados da pele.

Dermatite de contato irritativa. É o tipo mais comum de dermatite de contato. Acontece, então, quando a pele entra em contato com um material tóxico. Os causadores mais comuns incluem ácido de bateria, alvejante, querosene, detergentes e, por fim, spray de pimenta. Contudo, a irritativa também pode ocorrer quando a pele entra em contato com materiais menos irritantes – como sabão ou mesmo água – com muita frequência.

As pessoas cujas mãos estão frequentemente expostas à água, como cabeleireiras e profissionais de saúde, muitas vezes sofrem de dermatite de contato irritante das mãos, por exemplo. Esta pode ser considerada uma dermatite de contato ocupacional.

Como é o tratamento?

A maioria dos casos de dermatite de contato desaparece quando a substância causadora não está mais em contato com a pele. Mesmo assim, em muitos casos,  é bom procurar uma dermatologistas para exame clínico, exame de sangue e testes alérgicos. Contudo, para o alívio, há algumas dicas que podem ser feitas em casa:

  • Evite coçar a pele irritada. Coçar pode piorar a irritação ou até mesmo causar uma infecção que, depois, só poderá ser tratada por antibióticos.
  • Limpe sua pele. Use sabão neutro e água morna para remover o agente irritante.
  • Pare de usar o produto que você acha que esteja causando o problema.
  • Aplique vaselina ou pasta d’água suavemente para acalmar a área.
  • Tente usar cremes anti-coceira , como loção de calamina ou creme de hidrocortisona.
  • Um medicamento anti – histamínico , como a difenidramina, pode reduzir a coceira e diminuir sua resposta alérgica.

Quando ir ao médico?

Na maioria das vezes, a dermatite de contato não é motivo de preocupação. No entanto, é preciso ir ao médico se lesão estiver perto dos seus olhos ou boca, cobrir uma grande área do seu corpo ou não melhorar com o tratamento em casa. Seguem, abaixo, motivos para buscar ajuda médica:

  • Se a erupção é tão irritante que você tem dificuldade em dormir ou de fazer atividades diárias
  • Se a erupção surgir de repente, é dolorosa, intensa ou generalizada
  • Se você tem vergonha da aparência da sua pele
  • Se a erupção não melhora em três semanas
  • Se a dermatite de contato afeta seu rosto ou genitais

Quando ir ao pronto socorro com urgência

  • Se você acha que tem infecção com febre e pus que sai das bolhas.
  • Se você sente os pulmões, olhos ou narinas doloridos, por inalar um alérgeno.
  • E, por fim, se você acha que a dermatite de contato danificou a membrana mucosa da boca e do trato digestivo.
Artigos médico-científicos: Clinical and Developmental Immunology [1] Int Arch Ocup Environ Health  [2]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo