Sua saúde

Diabetes X Mel: quem tem diabetes tipo 2 ( mellitus) pode comer mel?

Diabetes X Mel: quem tem diabetes tipo 2 ( mellitus) pode comer mel

Diabetes e mel, essa combinação funciona?

Quem tem diabetes mellitus sabe: não deve comer doces ou alimentos que contenha açúcar.

Isso,  antes de tudo, pode causar um aumento nos níveis de açúcar no sangue.




Por isso, existe essa dúvida: o mel poderia ser uma alternativa saudável aos doces  cheios de açúcar?

Ou seja, quem tem diabetes tipo 2 pode comer mel?

Todo mundo sabe, que os níveis de glicose, são as quantidades de açúcar encontradas no sangue.

Esse açúcar é o que dá energia ao nosso corpo para mantê-lo funcionado.

Assim, a insulina é a responsável por levar o açúcar para dentro das nossas células.

Pessoas com diabetes não produzem insulina suficiente ou a usam corretamente.

Além do açúcar, propriamente dito, temos os carboidratos, que ao passar pela digestão, se transformam em açucares.

Por isso, quando comemos carboidratos, mesmo salgados, tudo vira açúcar.

Se você tem diabetes ou algum caso na família e está sempre perdido sobre a alimentação correta, clique no link e conheça >> A Dieta Completa Para Diabéticos <<.

Mas, e o mel?

O mel é considerado um superalimento. Além de todas as propriedades nutricionais, é usado também na indústria cosmética para tratamentos de pele (dermatites, coceiras e pruridos) e em diversas receitas de remédios caseiros.

Assim como outros açúcares, é uma fonte condensada de carboidratos.

Uma colher de sopa de mel contém pelo menos 17 g de carboidratos.

A princípio, isso parece pouco, mas diante de todas as refeições diárias ricas em carboidratos, acaba sendo prejudicial.

Dessa forma, podemos já concluir que, apesar de o mel ser um alimento riquíssimo em nutrientes e antioxidantes, quem tem diabetes deve SIM, evitar comer mel.

Cozinhar para quem tem diabetes pode ser uma tarefa bastante difícil, por isso, muita gente está correndo atrás da >> A Dieta Completa Para Diabéticos <<. Uma salvação!

Aumento dos níveis glicêmicos

Vários estudos descobriram que comer mel pode aumentar os níveis de insulina e diminuir o açúcar no sangue.

Um estudo publicado na revista Journal of Medicinal Food (1) , analisou como o mel e o açúcar afetam a glicose no sangue.

Como resultado, os autores viram que 75g de mel pode aumentar os níveis de açúcar no sangue e insulina em pessoas não-diabéticas, em 30 apenas minutos.



Contudo, esse estudo concluiu que o mel pode aumentar nos níveis de insulina e isso, pode baixar a glicose mais rapidamente.

Outro, publicado na Revista Saudi Journal os Biological Sciences (2) também explorou a conexão entre mel e glicose no sangue.

Por fim, concluíram que o mel promove diminuição da glicose sérica em jejum.

Ao mesmo tempo, provoca um aumento do peptídeo C em jejum – o peptídeo ajuda a estabilizar e igualar a insulina.

A longo prazo

Outro importante estudo sobre o tema, publicado na International Journal of Sciences and Nutrition (3) , descobriu que indivíduos que consumiram mel a longo prazo aumentaram a glicose no sangue.

No entanto, o estudo também mostrou que pessoas com diabetes tipo 2 que consumiram o mel perderam peso e reduziram o colesterol.

Assim, os pesquisadores recomendaram “consumo cauteloso” de mel para pessoas com diabetes.

Se você tem diabetes ou algum caso na família e está sempre perdido sobre a alimentação correta, clique no link e conheça >> A Dieta Completa Para Diabéticos <<.

Diabético pode comer mel?

O mel, é de fato, um adoçante saudável, especialmente quando comparado aos açúcares refinados, como açúcar branco, turbinado, cana-de-açúcar.

Mesmo o mel contendo mais carboidratos e calorias do que o açúcar branco, é um alimento natural, menos processado.




Ao mesmo tempo, de acordo com estudos, afeta modestamente o açúcar no sangue e, ainda, fornece alguns nutrientes, antioxidantes.

Além disso, pode funcionar como anti-inflamatório.

Mas, a dúvida é se quem tem diabetes tipo 2 ou mellitus pode comer mel.

Para as pessoas com diabetes tipo 2 ou mellitus, comer mel em quantidades muito pequenas não deve causar o aumento drástico da glicose no sangue.

Assim,  a pessoa com diabete tipo 2 ou mellitus pode comer mel ao invés de açúcar.

Contudo, esse consumo deve ser moderado, como parte de uma dieta saudável.

De qualquer forma, converse com seu médico sobre essa possibilidade.

Não tome decisões sobre sua saúde sem uma opinião profissional.

Está cansada de comer sempre a mesma comidinha por causa do Diabetes? Centenas de visitantes do nosso site estão usando a >> A Dieta Completa Para Diabéticos <<.

Ultima atualização 15 de abril de 2019   –  Artigos médicos-científicos: (1) (2) (3)

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo