Sua saúde

Quem tem diabetes pode doar sangue? Tire essa dúvida agora

Quem tem diabetes pode doar sangue? Tire essa dúvida agora

Quem tem diabetes pode doar sangue? Tire essa dúvida agora
Esse texto foi útil para você?

Antes de saber se quem tem diabetes pode doar sangue,  vamos revisar, rapidamente, algumas informações sobre a diabetes.

De acordo com a Dra. Lenita Zajdenverg, professora Adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro, coordenadora do Serviço de Diabetes e Gravidez da Maternidade Escola da UFRJ, existem 2 principais tipos de diabetes. Tipo 1 e tipo 2. A tipo 1 ocorre quando o sistema imunológico ataca as células betas do corpo. Então, por consequência a quantidade de insulina liberada para o corpo diminui ou cessa. Logo, a glicose fica acumulada no sangue, não sendo absorvida e usada. Cerca de 5 a 10% das pessoas com diabetes têm a do tipo 1, que aparece, na maioria dos casos, na infância e adolescência, mas podendo aparecer em adultos também.

Ao mesmo tempo, a diabetes do tipo 2 é diferente. O corpo até produz a insulina, mas o organismo não consegue fazer o devido uso dela. Cerca de 90% das pessoas com diabetes têm o Tipo 2. Ao contrário do tipo 1, a tipo 2 é mais comum em adultos.




Leia também: Cerveja e Diαbetes: Quem tεm Diabεtes pode tomar cerveja? Médico responde

Quem tem diabetes pode doar sangue?

Agora, respondendo à pergunta, a resposta é: depende! A OMS (Organização Mundial de Saúde) tem diretrizes sobre doadores de sangue diabéticos.

Primeiramente o doador deve estar apresentando um bom estado de saúde, ou seja, avaliar como está o controle glicêmico e se está com algum tipo de infecção. A infecção afeta a saúde do sangue, colocando em risco a saúde do receptor. Pessoas com esse tipo de complicação, não podem ser doadoras.



De acordo com o Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues, pessoas que fazem o uso da insulina (geralmente tipo 1) também não podem doar sangue, por questão de segurança. Esses pacientes têm alterações cardiovasculares, portanto podem manifestar alguma reação durante ou logo após a doação de sangue que piore o seu estado. Desse modo, a proibição é para proteger o doador e não o receptor.

Em síntese, as pessoas com diabetes controlada com alimentação adequada e medicamentos via oral, não possuindo infecção, feridas nos pés ou histórico de pressão baixa, podem doar tranquilamente o sangue.

Já as pessoas insulino-dependentes ou com complicações advindas da diabetes, não podem doar.

Leita também: Atenção pais: Criança que faz xixi na cama com frequência pode ter diαbetes infantil. Aprenda reconhecer o problema



diabetes / MR

 

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo