Animais

10  coisas que você faz com seu cão que ele simplesmente ODEIA!

A comunicação entre os cães e seres humanos ainda precisam de alguns ajustes. Existem coisas que todos nós fazemos com nossos cães que eles realmente odeiam! E é importante saber que nós, humanos, temos hábitos que os cães não gostam, e que acabam os deixando estressados ou tristes. Ser cachorro nem sempre é fácil. Aliás, é bem difícil em alguns momentos. Mas como eles são nossos melhores amigos e nos amam incondicionalmente, eles acabam tolerando uma série de situações pra lá de desconfortáveis que nós os obrigamos a enfrentar.

1. Usar mais palavras do que gestos

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os cães não entendem a maioria das coisas que falamos com eles. Os cães evoluíram para compreender a linguagem corporal do ser humano e por isso, eles nos leem através de nossos gestos e não do que estamos verbalizando. Quando falamos com os cães sem usar gestos, eles geralmente ficam bastante confusos e estressados. Os cães podem até entender algumas coisas que dizemos, mas sempre estão observando os gestos que fazemos ao mesmo tempo. Isso é verdadeiramente muito importante, especialmente quando eles fazem alguma coisa de errada e queremos dar uma bronca. Se não demonstrarmos isso com o corpo eles nunca vão entender que fizeram algo errado e com certeza repetirão o erro mais tarde.


2. Abraçar o cão

Muita gente vai discordar desse item e vão teimar em dizer que seu cão adoram ser abraçados. Mas a verdade é que o abraço para ele é sinal de que você está querendo exercer domínio sobre ele. Alguns cães aceitam bem o abraço e ficam quietinhos (aceitando a dominação do dono), mas alguns cães podem se sentir ameaçados, com medo e isso vai gerar uma carga importante de stress. O animal, por fim pode acabar ficando agressivo e mordendo.

3. Acariciar o rosto

Todo mundo acha que cães adoram tapinhas na cabeça e carinho no rosto, mas grande parte deles não ficam muito feliz com esses gestos, principalmente quando é feito por pessoas estranhas. Para eles o que está acontecendo é uma invasão de espaço e normalmente costumam inclinar a cabeça para trás e se afastar quando tentamos acarinhar o rosto deles. Outra coisa que eles não gostam é de tapinhas leves na cabeça, isso para eles, é altamente irritante. Se você quer dar um carinho e se mostrar especial para seu cão acaricie dorsalmente perto do cauda, eles vão agradecer por isso!

4. Forçar o cão a interagir com pessoas que ele visivelmente não gosta

Os cachorros, assim como nós, tem aqueles que não o agradam logo de cara. Pode ser um outro cão, um outro animal ou até mesmo pessoas. Ou seja, os cães também suas inimizades. Você vai deixá-lo extremamente irritado se força-lo a um convívio que ele não gosta seja ele com uma pessoa ou com outro cão. Apesar de você achar que o convívio com outros animais ou pessoas que ele não gosta, pode ser bom, na realidade ele se sentirá, ameaçado, amedrontado e estressado. Por isso, muito cuidado!

23mai2013---voluntaria-acaricia-cachorro-encontrado-pelas-ruas-de-moore-nos-estados-unidos-apos-a-passagem-de-um-tornado-que-devastou-a-cid

5. Ter pressa na hora do passeio

Sair com um cachorro significa parar a cada meio metro para que ele possa cheirar as coisas, explorar o mundo, descobrir os novos vizinhos e se inteirar das novidades do bairro. Os seres humanos têm uma agenda agitada e fazem tudo com pressa. Cães vivem no agora e tudo o que eles querem da vida é parar para cheirar desde uma flor até as cacas deixadas no chão por outros cães. Cachorros ficam chateados quando seu humano não lhes permite um tempo suficiente para farejar e explorar o ambiente durante uma caminhada. Dê tempo suficiente para seu amigo dar um passeio diário no qual ele possa sentir o cheiro, explorar e ser feliz.

6. Deixa a guia curta demais!

Ao deixar a guia da coleira curta demais, os cães têm a ideia de que estamos tensos, nervosos. Muitas pessoas têm esse hábito, pois, às vezes, os cães puxam demais a guia na hora do passeio. Mas não é nada bom mantê-la extremamente curta, pois isso acaba deixando os cães com medo, agoniados e desconfortáveis.

7. Tomar banho e ficar cheiroso

Ficar limpinho, cheirosinho e com um bonito penteado custa caro para o seu cão. Enquanto você adora tomar seu banho diariamente, a experiência de um banho é desconfortável para o seu cão, que não tem a menor ideia da importância daquilo para ele e para você. Os sons e cheiros do pet shop, além da sensação de jateamento de água no rosto, estão longe de ser divertidos para ele. A maioria dos cães tolera esse ritual desagradável, mas se o seu pet é extremamente temeroso no banho, ele pode ter sido traumatizado pela experiência quando era mais novo. Seja paciente e não economize nos elogios nesse momento. Alguns petiscos depois que o banho acabar também são boa forma de recompensá-los.

8. Colocar roupinhas

Se os cães pudessem falar, com certeza a esmagadora maioria deles concordaria que vestir roupinhas é bem desagradável. Os cães, essas “pessoas” que não se cansam de tentar nos agradar, toleram ficar espremidos em uma fantasia ou em roupinhas. Vestir uma roupa é uma coisa estranha para um cachorro e “alívio” seria a palavra que ele falaria depois de tirar a fantasia de abelha. Alguns cães odeiam tanto que tentam rasgar a fantasia em seus corpos. Não faz mal nenhum vestir seu cãozinho para tirar uma foto bonita ou engraçada. Mas fique atento ao comportamento e tire a roupinha se perceber que ele está muito desconfortável.

9. Gritar com ele

Gritar com seu cão não faz bem a ninguém. Algumas pessoas têm o desejo de gritar com o animal de estimação para fazê-lo parar de latir ou interromper um determinado comportamento. Mas isso pode gerar medo em seu pet. O líder da matilha deve ser sempre a calmo e assertivo, não reagindo com raiva ou emoção nas ações com um cão. Os cães se comunicam principalmente por meio de contato visual, tátil, energia e verbalizações sutis. Gritos soam agressivos e assustadores para um cachorro.

10. Tratar como bebê

Tratar seu cão como se fosse um bebê humano é extremamente irritante para o seu pet. Você pode gostar de fazer isso, mas o seu cachorro não entende por que ele está sendo embalado quase de cabeça para baixo, com as patas para cima. Além disso, os cães não necessariamente gostam de ficar presos dentro de um carrinho. A menos que seu cão seja muito idoso, frágil ou deficiente, não o force a ficar em um carrinho de bebê. Um cão fica perfeitamente feliz por andar ao seu lado e cheirar tudo o que puder ao longo do caminho. Não tire o direito do seu cão de usar seu nariz para explorar o ambiente. E não se esqueça que ele precisa fazer exercício.

 

Fontes: mnn/tudointeressante/almanaquepet/super    Imagens: louvaiadeus/portalpets

Acesse nosso novo site! data-recalc-dims=

Comentários

Novidades

Topo