Alimentação

O que comer quando está com diarreia? Especialistas dão dicas de alimentos

O que comer quando está com diarreia? Veja as melhores dicas

Embora muita gente não se importe com isso, saber o que comer quando está com diarreia é um importante caminho para a recuperação.

Consideramos diarreia idas constantes ao banheiro, incômodo na região abdominal e fezes de consistência líquida.

As causas podem ser inúmeras, mas, segundo os médicos, a diarreia ataca, principalmente, pessoas com intolerância alimentar ou ingestão de comida estragada.

Essa disfunção no trato intestinal pode levar a desidratação do organismo.

Desta forma, a perda de água nas fezes é o principal problema da diarreia.

A primeira atitude é beber o máximo de líquido, sobretudo água.

Mas há maneiras de reverter a condição, simplesmente com alimentação correta.

Os médicos do hospital Sírio Libanês de São Paulo, divulgaram um livreto sobre cuidados com Diarreia.

Nele, há uma lista de o que comer quando está com diarreia.

O livreto apresenta alimentos bons e ruins para essas condições. Veja a seguir.

O que comer quando está com diarreia?

Beber líquidos

Frisamos mais uma vez que repor o líquido perdido nas fezes líquidas é prioridade.

Além da água fresca, é importante abusar de caldos, sucos com poderes antiespasmódicos.

Outra dica interessante é beber água de coco e bebidas isotônicas, como Garotade.

É provável que o soro caseiro seja umas das melhores opções para repor a hidratação.

Evite: refrigerantes, leite e todos os seus derivados, vinho, cerveja, café,

Chás sem poder laxante

De acordo com um levantamento de Plantas Medicinais Brasileiras [1], chás de todo tipo ajudam na hidratação.

No entanto, recomenda-se algumas ervas com poder de alívio nos sintomas da diarreia.

Os melhores chás, de acordo com o estudo são:

  • Erva-cidreira: alivia as cólicas pelo poder antiespasmódico;
  • Hortelã com casca de goiabeira: esse chá inibe a transferência de água dos tecidos para o intestino;
  • Cominho torrado: corrige desordens e espasmos gastrointestinais.

Frutas

As frutas mais recomendadas em caso de diarreia são:

  • maçãs sem casca,
  • caju,
  • goiaba,
  • banana-prata,
  • pera sem casca,
  • maracujá,
  • limão,
  • pêssego.

A casca da maçã e da pera são ricas em fibras e isso solta o intestino, então, não coma!

Evite: abacate, laranja, melancia, mamão, ameixa, abacaxi, uva.

Todas essas frutas podem soltar o intestino e desacelerar a melhora.

Sucos

Os sucos mais indicados para regular as funções e segurar o conteúdo intestinal, são:

  • limão,
  • maçã cozida (descasque a maçã, cozinhe por 10 minutos e bata no liquidificador com água),
  • caju,
  • goiaba coado (não ingira as sementes).

Evite: refrigerantes, sucos industrializados e suco de manga, pêssego, laranja com mamão e abacaxi.

Carnes

Muita gente diz que não se pode comer carne quando o intestino está mal.

No entanto, não há problema em comer um peito de frango (cozido em água e sal ou grelhado) ou peixe sem pele, preparado da mesma forma.

Atenção, pessoas que sofrem de Síndrome do Intestino Irritável, devem evitar proteínas.

Evite, de qualquer forma, presunto, peito de peru, linguiça, salsicha, carne vermelha e carne de porco.

Outros alimentos

A dica dos médicos é preparar gelatinas, sagu e purê de frutas (maçã, pera, banana-maçã, goiaba).

Mas evite: Doces com goiabada, marmelada, doce de leite, frutas em calda, bolos e chocolates.

O que NÃO comer quando está com diarreia?

Da mesma forma que existem alimentos que melhoram os episódios de diarreia, também existem os que devem ser evitados.

Podemos citar, por exemplo, os alimentos:

  • processados,
  • gordurosos,
  • apimentados,
  • frituras,
  • doces.

O motivo parece óbvio: são alimentos que irritam o colo do intestino, e o corpo entende que é necessário liberar mais espaço, estimulando a diarreia.

Até mesmo alimentos “saudáveis” podem piorar a diarreia, por isso é preciso estar atento.

Como exemplo, podemos citar  o pão integral, cascas de frutas grossas e vegetais crus.

Esses alimentos, apesar de saudáveis, são fibras insolúveis, por isso, estimulam a movimentação intestinal e aceleram a formação do bolo fecal, o que pode intensificar o quadro de diarreia.

Leite e todos os seus derivados são alimentos preocupantes quando uma pessoa está com diarreia.

Quando a mucosa intestinal fica sensível, há uma diminuição da enzima responsável pela degradação da lactase, causando falhas na digestão do alimento e provocando as diarreias.

Da mesma forma, chá preto, chá mate e café também aceleram a formação do bolo fecal e irritam o trato digestivo, piorando a idas ao banheiro.

Perguntas frequentes

Pode comer ovo com diarreia?

O ovo é um alimento que torna o processo de digestão mais lento.

Aliás, pessoas que sofrem de prisão de ventre devem evitar comer ovos, exatamente por causa disso.

Por outro lado, o ovo é considerado um alimento alergênico, e é um gatilho para pessoas que sofrem de Síndrome do Intestino Irritável , intolerância ao ovo, terem suas crises de diarreia.

Portanto, para essas pessoas, comer ovo não faz bem.

Mas, se você está com diarreia e quer um conselho: evite comer ovos nessa fase.

Pessoa com diarreia pode comer pipoca?

A pipoca é um alimento riquíssimo em fibras, apresentando 3,6g de fibras para 3 xícaras de pipocas estouradas.

A fibra, como sabermos, é um ingrediente que contribui — e muito! — para a motilidade intestinal.

Isso quer dizer, que as fibras da pipoca aceleram o funcionamento dos intestinos e, se você quer saber o que comer quando está com diarreia, a pipoca é um dos alimentos que devem ficar de fora dessa lista.

Aveia é bom para diarreia?

Na verdade, as farinhas de derivados de aveia, cevada e centeio, devem ser evitados, pois, contêm alto teor de gordura.

Além disso, a aveia aumenta a motilidade intestinal e vai contribuir para que você vá ainda mais vezes ao banheiro.

Apesar de todas as propriedades incríveis da aveia, em caso e diarreia é bom evitar.

Artigo: Plantas Medicinais Brasileiras [1]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo