Alimentação

Estamos dando 3 fortes motivos para você parar de comer pão francês para sempre!

Pão francês: estudos revelam que ele é o culpado da obesidade, diabetes e depressão

O pão francês é um caso de amor e ódio. Enquanto algumas pessoas já o substituíram há tempos por pães integrais, muitas não conseguem eliminá-lo da dieta diária e isso pode ser catastrófico para a saúde. Relacionamos três bons motivos para você abolir o pão francês da dieta e que, poderá mudar o destino da sua saúde de agora em diante. Sim, amigos, o pão francês estás sendo relacionado a diabetes, obesidade e depressão.

1- Você pode desenvolver Diabetes Tipo 2




Um estudo australiano, publicado na revista Diabetes Care, acompanhou 36 mil voluntários durante 4 anos concluiu que a alimentação com pão branco, em especial do pão francês, estava associada com um risco aumentado de surgimento de diabetes de tipo 2. Como não há fibras nem proteínas para desacelerar a digestão, o pão branco é rapidamente digerido e absorvido.

Isso faz com que os níveis de açúcar no sangue aumentem rapidamente. Quando o açúcar no sangue aumenta rapidamente, uma quantidade excessiva de insulina é liberada na corrente sanguínea para empurrar o açúcar para dentro das células. Quando isso ocorre com regularidade, as células se tornam mais resistentes à insulina, fazendo com que seja mais difícil regular os níveis de açúcar no longo prazo.

♥ Cientistas criam trigo geneticamente modificado que poderá permitir os celíacos de comerem pão, bolos e massas sem passar mal

2- Você pode realmente engordar

Paula Crook, nutricionista da PB consultoria em nutrição, explica que o pão branco em geral (francês e o pão de forma, por exemplo) é composto basicamente de farinha processada (carboidrato simples), ele ainda é pobre em nutrientes e não contém fibras em sua composição. Ou seja, seu consumo não promove saciedade e fará com que você sinta fome pouco tempo depois de ingerir o alimento. O resultado é que você irá em busca de mais comida o que pode resultar em uma ingestão calórica maior no final do dia.

3- Uma resposta hormonal pode te causar depressão

Um estudo publicado recentemente no periódico cientifico American Journal of Clinical Nutrition, concluiu que o consumo de carboidratos refinados pode aumentar o risco de depressão entre as mulheres. Os dados incluíam informações sobre diagnóstico prévio de depressão, tipos de carboidratos consumidos e índice glicêmico.

Eles descobriram que quanto mais as mulheres consumiam açúcares e grãos refinados, maior era o risco de desenvolver depressão. Já aquelas que mantinham uma dieta com maior ingestão de fibras, grãos integrais, vegetais e frutas, corriam menos risco. Ou seja, a mesma resposta hormonal que causa a queda nos níveis de açúcar no sangue também pode causar alterações de humor, fadiga e outros sintomas de depressão.

Fonte: veja  / dicasdemulher / saltitand

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo