Medicamentos

Para que serve omeprazol? Tudo que você precisa saber

para que serve omeprazol
Para que serve omeprazol? Tudo que você precisa saber
4.8 (95%) 4 votes

Para que serve omeprazol? Omeprazol é um inibidor da produção secreção ácida gástrica.

Ou seja, ele inibe a secreção de ácidos no estômago.

Omeprazol é indicado, principalmente, no tratamento das úlceras que afetam o revestimento do estômago e para hiperacidez no estômago.

Os nomes comerciais de referência são: Peprazol® e Losec®.

O que é Omeprazol?

Como já dito, a composição do omeprazol o torna um agente inibidor específico.

Ele age inibindo uma enzima localizada especificamente nas células do estômago e responsável pela produção do ácido gástrico.

Em outras palavras, o omeprazol age dificultando a fase final da formação de ácido no estômago.

Assim, ajuda a evitar que os ácidos estomacais causem danos à parede do estômago e duodeno.

Ele age, então, mesmo se a pessoa sofrer algum estímulo, como se alimentar, por exemplo.

Para que serve omeprazol?

A administração diária do omeprazol em dose única via oral causa rápida inibição da secreção ácida gástrica.

O uso terapêutico do medicamento, conforme nota técnica distribuída pelo Ministério da Saúde [1], abrange 7 problemas estomacais:

  1. Tratamento das úlceras benignas gástricas ou duodenais na parede do estômago
  2. Refluxo gastroesofágico
  3. Estados de hiperacidez gástrica
  4. Prevenção de recidivas de úlceras gástricas ou duodenais
  5. Síndrome de Zollinger-Ellison
  6. Tratamento de erradicação do Helicobacterpylori pylori
  7. Proteção da mucosa gástrica contra danos causados por anti-inflamatórios, como o Nimesulida, por exemplo.

 Quem não deve tomar omeprazol?

De acordo com a bula, pessoas com hipersensibilidade ao omeprazol ou a qualquer componente de sua formula deve evitar prontamente o uso.

Ao mesmo tempo, o uso a longo prazo pode levar à perda das células que formam as glândulas produtoras do suco gástrico.

Idosos podem tomar omeprazol?

Embora não seja necessário ajuste de dose em pacientes idosos, a eliminação do excesso de medicação neles, é reduzido.

Ao mesmo tempo, o percentual de aproveitamento, pelo organismo, é mais elevado nos idosos.

Assim, esses pacientes devem ser monitorados adequadamente e, de forma alguma, fazer uso da medicação sem controle do geriatra.

Mulheres grávidas podem tomar omeprazol?

Mesmo sabendo para que serve omeprazol, sua administração em gestante, não é recomendada.

O uso do omeprazol durante a gestação foi considerado na categoria C.

Em outras palavras, não há estudos adequados em seres humanos.

Ao mesmo tempo, experiências animais ocorreram alguns efeitos colaterais no feto, mas o benefício do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez.

Assim, o omeprazol só deve ser administrado em mulheres grávidas diante de controle e orientação médica, depois de exame clínico, exame de sangue e de imagem.

Ao mesmo tempo, uma publicação da American Journal Of Epidemiology [4] revelou que  nenhuma relação foi encontrada entre exposição ao omeprazol e parto prematuro ou retardo de crescimento.

Mulheres amamentando podem tomar omeprazol?

Testes mostraram que concentrações de omeprazol foram detectadas no leite materno após a administração oral de 20mg. Assim, sabendo que a medicação pode ser excretada no leite materno, o risco potencial de reações adversas sérias nos bebês existe. Contudo, fica sob decisão do médico entre interromper a amamentação ou o omeprazol, levando-se em conta a importância da medicação para a mãe.

Problemas à longo prazo

De acordo com estudo publicado na revista Epidemiology  [3]  o tratamento com medicamentos que reduzem a acidez gástrica pode levar ao risco um pouco maior de infecções gastrintestinais por bactérias, como, por exemplo, Salmonella e Campylobacter.

Da mesma forma, na terapia de longo prazo, os efeitos colaterais do omeprazol, podem causar gastrite atrófica.

Este tipo de gastrite é caracterizada pela inflamação crônica da mucosa do estômago. Neste caso, ocorrem perdas das células que formam as glândulas produtoras do suco gástrico.

Quantos omeprazol por dia?

Em adultos, pode necessitar alterações na dose conforme a doença tratada ou a critério do médico. Contudo, a orientação da bula é:

  • Adultos Úlceras duodenais: 1 comprimido de 20mg uma vez ao dia, antes do café da manhã, durante duas a quatro semanas.
  • Úlceras gástricas e refluxo: 1 comprimido de 20mg uma vez ao dia, antes do café da manhã, durante quatro a oito semanas.
  • Prevenção de úlceras e refluxo: 1 comprimido de 10mg ou 20mg antes do café da manhã em uso contínuo.
  • Síndrome de Zollinger-Ellison: a dosagem deve ser individualizada de maneira a se administrar a menor dose capaz de reduzir a secreção gástrica ácida. O médico indicará a melhor dosagem.

O omeprazol pode ser indicado para crianças no tratamento de refluxo gastroesofágico. Mesmo sabendo para que serve omeprazol e como administra-lo, não aconselhamos fazer uso do medicamento sem conhecimento do pediatra. De acordo com a bula, a administração em crianças funciona assim:

  • Crianças com mais de 1 ano de idade: 10mg em dose única administrada pela manhã com o auxílio de líquido (água ou suco de frutas; mas não leite).
  • Crianças acima de 20kg: Se necessário, a dose poderá ser aumentada, a critério médico.

3 importantes considerações

  1. Não foram observadas interações na administração de omeprazol com antiácidos.
  2. Estudos de interação de omeprazol indicaram que não há influência sobre etanol.
  3. Não foram observadas interações na administração de omeprazol com alimentos.
Boletim do Ministério da Saúde [1] Bula do Omeprazol [2] Artigo médico: Epidemiology  [3]  American Journal Of Epidemiology [4]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo