Gravidez

Como engravidar rápido: 6 truques para você ficar grávida rapidinho!

Como engravidar rápido mulher fazendo teste de gravidez

Como engravidar rápido: 6 truques para você ficar grávida rapidinho!
5 (100%) 4 votes

Como engravidar rápido? Muitas mulheres ficam verdadeiramente ansiosas quando decidem engravidar. Então, deixar a pílula de lado, não usar preservativo e esquecer-se da preocupação de engravidar. Isso é um sentimento de liberdade inexplicável. A preocupação em conseguir engravidar, no entanto, não sai da cabeça de muitas mulheres. Assim, cada mês que passa, aumenta a ansiedade. Para aumentar a taxa de fertilidade e conseguir ficar grávida mais rápido, excelentes dicas é ter relações sexuais durante o período fértil. Além disso, consumir mais gérmen de trigo, pois este cereal fornece nutrientes essenciais que aumentam a fertilidade. Isso, ajuda a engravidar mais rapidamente, inclusive também é uma forma de como engravidar de gêmeos. Além disso, permanecer deitada depois da ejaculação apesar de ainda não ter comprovação científica, também pode ser uma boa dica para engravidar mais rápido. Confira as dicas:

Entenda como anda seu ciclo menstrual




Se você quer ficar grávida, uma maneira de como engravidar rápido é estar por dentro de  como anda o seu  ciclo menstrual. O ciclo menstrual normalmente varia entre 21 e 35 dias, Contudo, a quantidade de tempo entre a menstruação e a ovulação também varia para cada mulher. Depois da ovulação, a menstruação geralmente chega dentro de 14 a 16 dias. Assim sendo, é eficaz saber seu período de ovulação, pois é nele que ocorre a gravidez. O período de maior fertilidade é durante a ovulação e entre 12 a 24 horas depois. Dessa forma, ter relações, ainda, cerca de 3 dias antes e 3 dias depois do 14º dia do ciclo, pois também existe a possibilidade de gravidez nesses dias.

Como engravidar rápido: temperatura corporal basal

Uma maneira eficaz de como engravidar rápido é medindo a temperatura corporal basal. Isso porque, essa prática permite determinar a que altura está a ovulação. É a temperatura que o corpo tem em repouso. Quer dizer, mede-se a temperatura do corpo mesmo antes da pessoa se levantar da cama. Depois de ter ocorrido a ovulação (cerca de 24 a 72 horas depois), a temperatura do corpo da mulher eleva-se cerca de 0,3 a 0,8 graus centígrados em relação à temperatura registrada anteriormente, mantendo-se elevada até à menstruação. Então, se registarem a temperatura basal assim que acordar, ao longo de vários ciclos, vão poder determinar a altura do ciclo em que a ovulação costuma ocorrer.  Assim, uns dias antes da data prevista, começam a ter relações sexuais, em dias alternados, para engravidar. Outra dica é manter os “treinos” até dois dias depois da data prevista para a ovulação.



Como engravidar rápido: usar a tabelinha

A tabelinha é um método bastante interessante para as mulheres descobrirem seu período fértil. O primeiro dia da menstruação deve ser marcado como o dia 1. Considerando um ciclo menstrual com duração de 28 dias, o 14º dia marcado será o mais fértil – a margem deve ser de pelo menos três dias. Para um resultado mais preciso, a mulher deve fazer uma tabela com o calendário do ciclo menstrual por cerca de 8 a 12 meses. Depois de marcar todos os dias no calendário (sendo o primeiro dia da menstruação sempre o número 1), subtraia 18 dias do ciclo mais curto, e 11 dias do ciclo mais longo. Supondo que o ciclo mais curto de uma mulher seja de 26 dias, e o mais longo dure 33, os resultados serão 8 (26 – 18 = 8) e 22 (33 – 11 = 22). Nesse caso, o período mais fértil da mulher seria a partir do 8º dia até o 22º dia do ciclo. Para entender melhor leia Você sabe como calcular o seu período fértil?



Como engravidar rápido: permaneça deitada depois do sexo

Durante muito tempo, cientistas não tinham prova de que se a mulher ficasse deitada por um tempo após o sexo ajudaria os espermatozoides a alcançarem o óvulo.  Mas, em 2009, pesquisadores holandeses descobriram que, em uma clínica de fertilização de Amsterdã, as mulheres que permaneciam deitadas de barriga para cima durante 15 minutos após uma inseminação artificial tinham 50% mais chances de engravidar do que aquelas que ficavam de pé logo após o procedimento. Não se pode provar que a mesma probabilidade se aplique à relação sexual. Contudo, o estudo mostra que ficar deitada pode ajudar os espermatozoides a fazerem seu papel. E, de qualquer forma, não custa tentar. Não é necessário ficar com as pernas para cima, apenas deitada de lado já é suficiente.

Como engravidar rápido: alimentação adequada

Não é necessário fazer uma dieta para engravidar, mas alguns alimentos podem aumentar as chances de concepção. Alguns nutrientes podem ajudar o corpo a se preparar para a gravidez, enquanto outros diminuem a possibilidade. O gérmen de trigo, azeite, óleo de girassol e grão de bico são os alimentos que devem ser consumidos. Esses alimentos são ricos em vitamina E, zinco e em vitaminas do complexo B. Assim, favorecem a concepção por atuar no sistema hormonal. Além disso, deve-se ter o cuidado de ingerir mais alimentos que sejam fonte de vitamina do complexo B. Ao mesmo tempo é bom optar por aqueles enriquecidos com ácido fólico. Esses, além de beneficiarem a mulher, vão colaborar para a perfeita formação do bebê. Como sabemos, o ácido fólico evita problemas como o mau fechamento do tubo neural.

Como engravidar rápido: método de Billings

Com este método, a mulher pode descobrir seu período fértil a partir do muco cervical. Os hormônios que controlam o ciclo menstrual afetam o tipo e a quantidade de muco durante o mês. Pouco antes da ovulação, a quantidade de muco é maior. Durante a ovulação, o muco é mais claro e escorregadio. Então, depois de quatro dias, torna-se mais escuro e aparece em menor quantidade. Portanto, a mulher é mais fértil quando há mais muco. Leia o texto, ele também irá ajudá-la: Aprenda evitar gravidez pelo método do muco cervical.

Como engravidar rápido

Como engravidar rápido: É assim que deve estar o muco cervical durante a ovulação.

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo