Sua saúde

Cefaleia em salvas, conhecida como “dor de cabeça suicida” é a pior cefaleia que existe. Vídeo mostra pacientes em crise

Cefaleia em salvas, é a pior dor de cabeça que existe

Cefaleia em salvas, conhecida como “dor de cabeça suicida” é a pior cefaleia que existe. Vídeo mostra pacientes em crise
4.6 (91.11%) 9 votes

A cefaleia em salvas tem sido popularmente chamada Dor de Cabeça Suicida e a razão é bem óbvia. Quem sofre deste problema tem vontade morrer durante as crises. Muitos chegam a tentar provocar a própria morte para acabar com o sofrimento. Consiste de recorrentes ataques de dor de cabeça excruciantes, unilaterais de extrema intensidade. A duração de um ataque típico varia entre cerca de 15 a 180 minutos. A maioria dos ataques não tratados dura menos de 60 minutos.

Existem dois tipos de cefaleia em salvas: episódica e crônica. Nas dores de cabeça episódicas, as crises ocorrem regularmente entre uma semana e um ano, seguidos de um período sem dor de cabeça de um mês ou mais. Por outro lado, a cefaleia em salvas do tipo crônica, ocorre regularmente por mais de um ano, seguidas de um período sem dor de cabeça que dura menos de um mês.

A dor da CES é tremendamente maior que qualquer outro tipo de cefaleia, incluindo enxaqueca severa. O termo “dor de cabeça” não transmite de forma adequada a gravidade do estado, a doença pode ser o mais doloroso estado já conhecido pela ciência médica. A dor é descrita como uma punhalada, ou queimando ou apertando e pode ser localizado perto ou atrás do olho e atrás da cabeça ou do pescoço.




Causas da cefaleia em salvas

As causas do problema são ainda pouco esclarecidos. Mas de acordo com alguns estudos, os padrões das crises, influências pelo horário do dia e estações, sugerem que o relógio biológico do corpo está envolvido. Durante um ataque, o hipotálamo* libera substâncias químicas que podem estimular as células nervosas no cérebro causando dor e outros sintomas.

Alguns cientistas acham que a dor da cefaleia em salvas é causada pela dilatação ou alargamento dos vasos sanguíneos que fornecem sangue ao cérebro e ao rosto. Essa dilatação, decerto, aplica pressão ao nervo trigêmeo, que transmite sensações da face para o cérebro. No entanto, não se sabe porque esta dilatação ocorre. É possível, então, que anormalidades no hipotálamo, podem ser responsáveis ​​por dores de cabeça causadas por tumores. Assim, como já dito, a cefaleia em salvas pode ser causada por uma repentina liberação de substâncias químicas.



Como identificar se você sofre de cefaleia em salvas

Dores de cabeça comuns, geralmente,  começam de repente. Ao mesmo tempo, algumas pessoas experimentam distúrbios visuais parecidos com a aura, como flashes de luz, antes do início das dores de cabeça. Dor de cabeça comum também é gradual, só piora depois de 5 a 10 minutos do início. Contudo, cada dor de cabeça geralmente dura várias horas, com a dor mais intensa durando entre 30 minutos e 2 horas.

Mas, no caso da cefaleia em salvas,  a dor ocorre em um lado da cabeça. No entanto, ao mesmo tempo pode mudar de lado em algumas pessoas, e geralmente está localizada atrás ou ao redor do olho. A dor, decerto, é absurda e pode se espalhar para a testa, têmporas, dentes, nariz, pescoço ou ombros do mesmo lado.



Cefaleia em salvas é a pior dor de cabeça que existe

O lado afetado pela dor, também sofre mudanças durantes as crises. De acordo com Dra. Deborah Weatherspoon [1], enfermeira chefe no Hospital Universitário do Tenesse, o lado doloroso emite os seguintes sinais:

  • pálpebra caída do lado da dor
  • olhos vermelhos
  • sensibilidade à luz
  • inchaço sob ou ao redor de um ou dos dois olhos
  • nariz escorrendo ou nariz entupido, também do lado da dor
  • rosto vermelho do lado afetado
  • náusea e vômito
  • agitação ou inquietação

Com o objetivo de alertar pessoas quanto ao problema, as pessoas têm feito vídeo de suas crises. Segue uma compilação publicada no site da BBC.

Tratamentos para cefaleia em salvas

O tratamento envolve aliviar e prevenir os sintomas da dor de cabeça suicida usando medicação. Em casos raros, quando o alívio da dor e o tratamento preventivo não funcionam, o médico pode recomendar cirurgia. A medicação para a dor alivia a dor de cabeça quando ela começa. Os tratamentos incluem:

  • Oxigênio: Respirar 100% de oxigênio puro quando a dor de cabeça começar pode ajudar a aliviar os sintomas.
  • Medicamentos de triptano [2] ajudam restringindo os vasos sanguíneos, ao mesmo tempo, pode ajudar a aliviar sua dor de cabeça.
  • Uma medicação injetada chamada dihidroergotamina (DHE), muitas vezes pode aliviar a cefaleia em salvas dentro de cinco minutos de uso. Porém, esse não pode ser usado junto com o triptano, de acordo com a Dra. Weatherspoon
  • Creme de capsaicina*: O creme tópico de capsaicina pode ser aplicado na área dolorida. Essa “pomada de pimenta”, a saber, está sendo amplamente utilizada para tratamentos de neuropatias, conforme um resumo publicado na Cochrane [3].
  • Cirurgia: Como último recurso, um procedimento cirúrgico pode ser usado para desabilitar o nervo trigêmeo* . A cirurgia pode causar alívio permanente da dor para alguns pacientes, mas podem ocorrer efeitos colaterais graves, como dormência facial permanente.

 Vocabulário

*Hipotálamo:  uma pequena área do cérebro que regula a temperatura corporal, a pressão sanguínea, o sono e a liberação de hormônios.

* Capsaicina: substância presente em grandes quantidades nas sementes e frutos carnosos das plantas do gênero Capsicum, ou seja, das pimentas.

*Nervo trigêmeo: É assim chamado por possuir três ramos: o nervo oftálmico, o maxilar e o mandibular. É um nervo com função mista (motora e sensitiva), porém há o predomínio de função sensitiva. Controla, principalmente, a musculatura da mastigação e a sensibilidade facial.

 Opinião médica: Dra. Deborah Weatherspoon [1] Bula: triptano [2] Artigo científico: Cochrane [3]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo