Homem

Ejacular pouco significa que terei mais dificuldade para engravidar uma mulher?

Pouco esperma: Se eu ejacular pouco é mais difícil engravidar uma mulher?

“Tenho pouco esperma. Se eu ejacular muito pouco, isso significa que é mais difícil para engravidar minha mulher?” (Everton)

Olá Everton! Sua dúvida perturba o “juízo” de muitos homens e vem sendo alvo de muitos questionamentos nos consultórios médicos. Para te deixar mais calmo, a quantidade de esperma ejaculado pode variar devidos vários fatores, como físico, biológico e psicológico. Porém, ejacular pouco, por si só, não determinará maior dificuldade para engravidar uma mulher, pois vários aspectos devem ser observados, como a quantidade de espermatozoides, motilidade, espermatozoides saudáveis e normais, entre outros.

Artigo científico revela: 65% dos homens fingem orgasmo, pelo menos uma vez cada 4 encontros sexuais




O volume normal de esperma varia entre 1,5 ml e 5 ml por ejaculação. Mas para saber exatamente se tem algo de errado é necessário ir ao médico para realizar um espermograma que analisará o número de espermatozoides por ml, a proporção de defeituosos e imaturos e sua motilidade (capacidade de locomoção), entre outros fatores.

Nós, homens, temos uma ideia de que quanto maior o volume da ejaculação, maior será o prazer feminino ou vice-versa, porém a verdade é que nada tem a ver com isso, pois o prazer está relacionado com a nossa sensação e depende muito da parceira ou parceiro.

Injaculação: veja tudo sobre a técnica de “ejacular para dentro” usada por muitos homens

Contudo, se nenhum fator psicológico está atrapalhando a produção do esperma, é bom ficar atento, pois pouca ejaculação pode afetar a saúde sexual. Há algumas causas que diminuem a sua produção, como: alimentação, obesidade, temperatura, poluição, tabagismo, anabolizantes, envelhecimento entre outras causas que afetam diretamente a sua produção; o ponto principal é a pouca produção de espermatozoide, isso sim dificultará de fato engravidar uma mulher, por isso consultar o médico é fundamental, o quanto antes para realização do diagnóstico e do tratamento, se possível.



O mais importante é manter uma vida saudável, comer alimentos naturais, realizar atividades físicas, evitar estresse, evitar refrigerantes, não usar cuecas apertadas, beber muito líquido, além da combinação de zinco mais ácido fólico que juntos podem aumentar em até 74% a produção de espermatozóides. E não se preocupe com uma grande quantidade como nos filmes, o mais importante é a qualidade, então relaxe e curta o momento.

 

ejaculandocomcontrole / medicinamitoseverdades / medicoresponde

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo