Homem

Urologista afirma que os homens deveriam secar o pênis depois de urinar

Câncer de pênis: Homens deveriam secar o pênis depois de urinar

As mulheres já crescem sabendo quais são os cuidados essenciais ao terminar de urinar, após uma relação sexual e também ao tomar banho. É uma questão de higiene e saúde. mas agora, as coisas precisam mudar. Os especialistas acham que uma das causas do câncer de pênis é justamente a falta de higiene. Assim, eles dizem que deveriam secar o pênis depois de urinar, além de outros cuidados.

Há uma educação maior quando se trata do sexo feminino em relação à região íntima. No entanto, os cuidados masculinos com o órgão sexual não têm o mesmo nível e alguns homens, podem assumir: não há cuidado algum com o órgão genital a não ser lavar como de praxe.

Mas o fato é que os homens também devem olhar com atenção especial para os cuidados com essa parte do corpo. Segundo o urologista Sidney Glina, os homens que têm o prepúcio alongado (pele que recobre a glande), por exemplo, devem secar o órgão genital após urinar. Sim, pegar o papel higiênico e secar a ponta do órgão. Mesmo os homens circuncidados que não terminem de urinar totalmente também devem ter esse cuidado. O que ocorre na maioria das vezes é que, com a pressa em terminar de urinar, um pouco da urina fica ainda na uretra, extravasa e deixa o pênis e a roupa úmidos. O líquido em contato constante com a pele pode ser uma fonte de inflamações e até infecções.




Leia também: Sempre ter que fazer xixi sentado é o menor dos problemas. Homem de 35 anos conta como é ter um ‘microfalo’

A higiene não termina aí: na hora do banho o genital masculino deve ser lavado com especial cuidado. Além de evitar mau odor, a limpeza evita infecções por fungos e bactérias e o câncer de pênis.  Para higienizar inteiramente é preciso encolher o prepúcio, lavar em volta da glande com sabonete e retirar todo o esmegma. Esmegma é aquela secreção branca composta de células epiteliais descamadas, óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis. Essa secreção fica acumulado na região é impregnada de bactérias. Depois, deve ser seco com toalha novamente encolhendo o prepúcio.

Câncer de pênis



A falta de cuidado e limpeza pode causar diversas complicações. Entre elas, a mais comum é a balanite, uma inflamação da pele que recobre a glande.  No entanto, a mais grave é o câncer de pênis. Ambos os casos são associados à inadequada higiene peniana.

Tudo que favoreça o acúmulo de esmegma pode elevar o risco de um homem ter um tumor no genital. De acordo com o Instituto Oncoguia as secreções podem juntar-se sob o prepúcio transformando-se em esmegma. Ele é composto de secreções oleosas da pele, juntamente com as células mortas e bactérias.

No entanto, é mais comum em homens com fimose, mas pode ocorrer em qualquer pessoa com prepúcio, se este não é regularmente recolhido para limpar a glande. Isso, deveria acontecer também depois do xixi. Os oncologistas acham que o esmegma em si, provavelmente não causa câncer de pênis, mas pode irritar e inflamar o pênis, o que pode aumentar o risco da doença.



Fonte: drauziovarella1/drauziovarella2/drauziovarella3

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo