Mãe O+ e pai A+: qual o sangue do bebê? Há algum problema?

Mãe O positivo Pai A positivo : Qual o sangue do bebê? Há algum problema?

Antes de explicar a resposta, deixamos claro que não existe incompatibilidade entre grupos sanguíneos nos seres humanos. Isso quer dizer, que qualquer tipo (A, B, AB, O) podem ter filhos com qualquer tipo (novamente A, B, AB, O). O que pode ser preocupante é o fator Rh. Neste caso, se a mulher com Rh negativo (sangue A-, B-, AB- ou O-) que está grávida de um homem que tenha o sangue com RH positivo (A+, B+, AB+ ou O+), tem a possibilidade de gerar um filho com RH positivo. Então, depois da primeira gestação pode ocorrer a Eritroblastose fetal. Mas, Mãe O positivo Pai A positivo, há algum problema?

Para entender isso, sugerimos essa leitura: Por que é tão importante saber o tipo sanguíneo durante a gravidez? E também: O que significa Rh negativo? Por que as mães com esse Rh precisam de vacinas?

Outra variação, nestes casos é a possibilidade de um dos pais serem um caso de fenótipo de Bombaim, uma exceção para o grupo sanguíneo ABO, podendo ocorrer em 1 a cada 250.000 pessoas, por isso ser bastante rara. Para entender sobre esse fenômeno raro sugerimos essa leitura: Fenótipo de Bombaim: pessoas que nunca vão saber seus tipos sanguíneos.

Mãe O positivo Pai A positivo

Como já dito anteriormente, não há incompatibilidade de tipos sanguíneos em seres humanos. Assim, nenhuma combinação poderá afetar o bebê.

Quando o pai expressa o fenótipo sanguíneo A e a mãe o fenótipo O, o bebê poderá expressar o tipo O (≅25% de chance) e A (≅75% de chance). Ou seja, o bebê, sendo menina ou menino, não poderá ter o tipo sanguíneo B ou AB, essa última combinação não é possível para pais com tipo sanguíneo O e A.

Quanto ao fator Rh, quando os pais apresentam ambos o fator Rh positivo (+), o bebê poderá ser tanto negativo (-) quanto positivo (+). Para entender como funciona este fenômeno, sugerimos esta leitura: É possível pais com sangue Rh positivo gerarem filhos com Rh negativo?

Então ficou assim:

Mãe O positivo Pai A positivo : Qual o sangue do bebê? Há algum problema?
Quando o pai expressa o fenótipo sanguíneo A e a mãe o fenótipo O, o bebê poderá expressar o tipo O e A apenas.

 

Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.