Os cachorros têm umbigo?


“Tenho 12 anos e tenho dois cachorros. Outro dia estava olhando, percebi que os cachorros não tem umbigo. É isso mesmo?” Raphael Motta

Rapha, será que você examinou direitinho a barriga dos seus cachorros? Todos os cachorros tem umbigo. Claro que não é parecido com o nosso, na verdade é uma cicatriz bem discreta, quase imperceptível. Para encontrar o umbigo dos cachorros tem que procurar bem entre os pelos logo no meio do abdome, a marquinha vai estar lá.

Os cachorros são mamíferos placentários, ou seja, são gestados em uma bolsa amniótica e todo o desenvolvimento se processa no interior do útero, onde o feto é alimentado pela placenta. O cordão umbilical é a estrutura que transporta os nutrientes para o feto durante a gestação. No local onde se conecta esse cordão fica uma cicatriz que é o umbigo. Todos os mamíferos placentários tem essa marca. De todos os mamíferos somente os monotremados e os marsupiais não tem umbigo. Os monotremados são aqueles mamíferos que botam ovos (ornitorrinco e equidna) e os marsupiais são aqueles animais cujos filhotes ainda na fase embrionária deixam o interior do corpo da mãe e completam seu desenvolvimento no marsúpio, uma bolsa que fica do lado de fora do corpo da mãe, como é o caso dos cangurus.


No caso dos cães, a vida placentária é igual a nossa. Quando o filhote nasce, o cordão umbilical regride e deixa uma cicatriz. Mas nos cães, o umbigo não é formado por uma cavidade tão visível como nos humanos. E o umbigo fica escondido sob o pelo. Umbigo de cachorro é umbigo de cachorro!

Todos os mamíferos placentários tem essa marca.
O umbigo é uma cicatriz do cordão umbilical!!!!!

 

FONTE: Superinteressante

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.