Sapo, perereca e rã, qual a diferença?


Karlla, sempre que vou diferenciar os sapos, pererecas e rãs  chamo de sapo, sapinho ou sapão, mas sei que existe uma diferença. Pode dar essa aulinha pra gente? Luiza Saldanha – Santo André/SP

Existe uma diferença sim, Lu. Mas antes de falarmos das diferenças, têm algumas informações sobre este grupo de animais que vocês precisam saber: Os sapos, as pererecas e as rãs são Anfíbios da ordem Anura. Esses anfíbios não possuem cauda, sofrem metamorfose e apresentam a pele úmida e com pouca queratina (proteína impermeabilizante), por isso geralmente são vistos em locais úmidos. Por causa disso, possuem a pele rica em glândulas mucosas, que a mantêm sempre úmida e permeável. Os pulmões nesses animas são tão simples que se tornam insuficientes para as necessidades respiratórias. Assim, a respiração cutânea (pela pele) também é fundamental.

As RÃS possuem hábito aquático, vivem na proximidade de lagos ou outros lugares úmidos. São capazes de mover-se adequadamente fora d’água, contudo são muito mais hábeis durante a natação. São animais de pele lisa, possuem membranas interdigitais (entre os dedos) dos membros posteriores, como se fosse um pé de pato, essas perninhas de trás são bem mais longos do que dos sapos e pererecas.  As rãs são os únicos anuros que podem ser ingeridos, portanto pode comer bolinho de rã a vontade, que não fará nenhum mal!


Ra-do-Pantanal-pode-trazer-cura-para-diabetes-diz-estudo[1]
As RÃS possuem hábito aquático, vivem na proximidade de lagos ou outros lugares úmidos.

As PERERECAS são anuros de pequeno porte que são comumente encontrados em paredes, ou sobre árvores. Isso porque apresentam expansões na ponta dos dedos em forma de ventosas, que provovem adesão (lamelas adesivas). Essas expansões permitem que possam preder  em superfícies, destacando sua capacidade de explorar o mundo vertical. Possuem também uma pele bem lisa e seus membros são bastante desenvolvidos.

perereca
As PERERECAS são anuros de pequeno porte que são comumente encontrados em paredes, ou sobre árvores.

Os SAPOS são mais independentes da água que as rãs e pererecas, podem ser encontrados em lugares mais secos, longe dos corpos d’agua. O que os diferencia dos demais anuros é a pele muito rugosa e seca e o membros posteriores mais curtos. Ainda possuem possuem glândulas denominadas paratóides, situadas atrás dos olhos, um local estratégico para sua defesa do ataque de um predador. Essas glândulas têm poros por onde saem um líquido branco leitoso que tem propriedades cáusticas (causa queimaduras e irritação). Cuidado!

sapo
Os SAPOS são mais independentes da água que as rãs e pererecas, podem ser encontrados em lugares mais secos, longe dos corpos d’agua.

Assim, fique de olho nos anuros: Se tiver pele enrugada e glândulas de veneno, é SAPO. Se tiver pele lisa e discos adesivos na ponta dos dedos, é PERERECA e se o bichinho for de pele lisa, mas tiver membranas entre os dedos, é RÃ… Nunca mais esqueça!!! 😉


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.