Gravidez

Como tomar pílula do dia seguinte? Tudo que você precisa mesmo saber antes de usá-la

como tomar pilula do dia seguinte

Muitas meninas querem saber como tomar uma pílula do dia seguinte.

Isso porque, esse tipo de pílula é um contraceptivo emergencial, para ser usado quando se tem relação sexual sem proteção ou uso de contraceptivo prévio.

É, aliás, muito comum que as mulheres façam seu uso quando há o rompimento da camisinha.




Contudo, muitas não sabem realmente como usá-la e acabam sendo surpreendidas por uma gravidez inesperada.

Até porque, esse recurso não deve ser usada como um método rotineiro de controle de natalidade.

O que é pílula do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte (Morning After, em inglês) é uma contracepção de emergência que tem o objetivo de impedir o início da gravidez.

Essas pílulas são à base de Levonorgestrel, um fármaco usado em contraceptivos hormonais de 2ª geração, ou seja, é um tipo de progesterona sintética.

Assim, dependendo de qual fase do ciclo a mulher está, o levonorgestrel pode funcionar de duas formas:

  • Pode prevenir ou retardar a ovulação
  • Pode interferir na fertilização do óvulo
  • Ou, impedir a implantação de um óvulo fertilizado no útero

Veja o vídeo do nosso canal sobre pílula do dia seguinte. Aproveite e inscreva-se!

A pílula do dia seguinte é abortiva?

O levonorgestrel não é uma pílula abortiva.

Em outras palavras, não impede o desenvolvimento de um feto depois que o óvulo fertilizado se implanta no útero.

Então, não vai funcionar se você já está grávida quando você toma.

A Organização Mundial da Saúde e a legislação brasileira consideram gravidez apenas após a adesão do embrião a parede uterina.

Então, para a maioria das pessoas e pela lei, a pílula do dia seguinte não é considerada um método abortivo.

Mesmo assim, muita gente não concorda com esse ponto de vista e consideram que esse tipo de contraceptivo é sim abortivo em alguns casos.

Como tomar uma pílula do dia seguinte?



Essa é a grande dúvida de muitas mulheres e, por causa da falta de informação, várias são surpreendidas por gravidez inesperada.

O Levonorgestrel pode reduzir em mais de 90% a sua chance de engravidar se você a tomar em até 72 horas (3 dias) após a relação sexual desprotegida.

Contudo, de acordo com a bula da maioria desses medicamentos, esse contraceptivo pode ser eficaz até 120 horas (5 dias) após a relação sexual.

Mesmo assim, o último caso não é tão seguro.

Pode tomar a pílula do dia seguinte até quantos dias?

É importante frisar que quanto antes o comprimido for ingerido, melhor.

Portanto, a pílula do dia seguinte deve ser administrada por via oral o mais breve possível após a relação sexual desprotegida.

⚠️ Atenção: A ingestão não deve ultrapassar 72 horas, pois, ocorre diminuição da eficácia significativa quando há demora para tomar o comprimido.

Quanto mais tempo esperar para a administração do medicamento, menor será sua eficácia.

⚠️ Atenção: Se você tiver vômito dentro de 3-4 horas após a ingestão do comprimido, deve-se repetir a dose.

Como tomar? A pílula do dia seguinte de 150 mg  deve ser administrada no limite máximo de um comprimido de 1,5 mg ao dia e em dose única.

Nomes de pílula do dia seguinte




Quem deve tomar pílula do dia seguinte?

Considere o uso deste método contraceptivo emergencial se:

  • Você não usou nenhum método contraceptivo
  • A camisinha soltou ou rompeu durante o sexo
  • O diafragma saiu do lugar
  • Você esqueceu pelo menos duas ou três pílulas anticoncepcionais seguidas
  • Você esqueceu de inserir seu anel hormonal
  • O coito interrompido não foi eficaz
  • Você tem outro motivo para pensar que seu controle de natalidade pode não ter funcionado

Perguntas frequentes

Qual a probabilidade da pílula do dia seguinte falhar?




Como já dito, quanto antes você ingerir a pílula, mais força ela terá para cumprir seu papel.

O ideal é tomar até 72 horas após a relação sexual, assim, ela terá uma eficácia de 78% a 98%.

Ou seja, se você tomar logo que fizer sexo, ela pode ter 98% de eficácia e se demorar 3 dias, a eficácia do remédio cai para 78%.

Esses números são, obviamente, aproximados.

Devo menstruar após tomar a pílula do dia seguinte?

Como já dito acima, a PDS pode alterar todo ciclo menstrual  e pode atrasar a menstruação, sim.

Por isso, no mês na qual foi feito seu uso, todo tipo de alteração menstrual pode ser esperada.

Assim, a menstruação pode ser mais curta ou mais longa por causa da atuação hormonal no organismo.

Se você fez uso da pílula, a menstruação poderá atrasar, assim como todo processo do ciclo.

Em alguns casos, alguns dias após o uso da pílula do dia seguinte, pode acontecer um pequeno sangramento.

Portanto, é normal a menstruação atrasar depois de tomar a pílula do dia seguinte e o atraso menstrual pode durar até 3 semanas.

Posso tomar pílula do dia seguinte e ter relação novamente?

A resposta é NÃO.

⚠️ Atenção: A pílula só funcionará como deve, se administrada após a relação sexual e tomar um comprimido agora e ter relações após sua ingestão não garante a prevenção da gravidez.

A pílula do dia seguinte pode proteger das relações sexuais ocorridas até 2 ou 3 dias antes. Mas, não protege a mulher de engravidar em relações depois de ela ser tomada. 

⚠️ Atenção: A recomendação é que se faça uso de outra pílula, por segurança, pois, a gravidez pode ocorrer sim.

Considerações finais

Você pode tomar essas pílulas do dia seguinte até 5 dias após o sexo desprotegido, mas elas funcionam muito melhor se você as tomar durante os primeiros 3 dias.

Como a pílula do dia seguinte funciona melhor, quanto mais cedo você tomar, é uma boa ideia comprá-la ANTES de precisar.


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo