Homem

O que é ejaculação precoce? Como saber se tenho ? Qual o tempo normal para ejacular?

O que é ejaculação precoce? Como saber se tenho ejaculação precoce?

O que é ejaculação precoce? Como saber se tenho ? Qual o tempo normal para ejacular?
4.6 (92%) 5 votes

Saber o que é ejaculação precoce, de certa forma, é importante para o homem se diagnosticar. Isso porque, pode ser frustrante e até embaraçoso, além de prejudicar seu relacionamento também. A ejaculação precoce é algo que preocupa e atormenta milhões de homens no mundo. Ter uma relação sexual e ejacular poucos minutos depois é algo frustrante para o homem e isso pode ocasionar problemas psicológicos e na própria relação do casal, porém é necessária muita cautela para saber se o caso é patológico ou não, por isso, observar os sintomas e sua frequência é fundamental para realizar um tratamento, se necessário.

O que é ejaculação precoce?




A ejaculação é precoce quando o homem ejacula muito cedo, ou antes, do esperado durante a relação sexual. Em termos médicos, para se caracterizar como precoce, o tempo estimado, entre o início da relação até a ejaculação, dura em torno de dois minutos, ou seja, se o tempo variar entre esse período, isso já pode ser um sinal de que algo não está certo. É claro, que o tempo pode variar bastante, mas é bom ficar ligado na frequência e em quais situações isso ocorre, pois fatores externos, ambientais, inexperiência, insegurança e problemas psicológicos podem afetar a capacidade de ereção.

Um estudo publicado na European Urology  [1] revelou que saber o que é ejaculação precoce por parte do paciente é muito importante. Embora muita gente não saiba, essa condição é altamente prevalente, e 5-20% dos homens sofrem do problema de forma moderada a grave. O estudo também revela que a condição compartilha fatores de risco comuns com doença cardiovascular. Isso quer dizer, que homens com ejaculação precoce, geralmente, tem uma tendência a problemas do coração.

Qual o tempo normal para ejacular?



De acordo com o site Andrologia, em média, homem demora de dois a quatro minutos para ejacular. Contudo, a média global, classificada como normal, é de cinco minutos. Sendo assim, se a penetração vaginal durar no máximo um minuto até a ejaculação, ela já pode ser considerada precoce. Esse é o tempo estabelecido de forma convencional pelos médicos que estudam o assunto.

Um estudo publicado no The journal of Sexual Medicine  [2] revelou que homens que sofrem de ejaculação precoce tem o tempo de latência ejaculatória intravaginal  relataram IELT significativamente menor. A sobreposição nas distribuições de IELT foi observada entre os grupos PE e não ‐ PE, indicando a necessidade de medidas PRO adicionais para caracterizar PE. IELT mais curto foi significativamente associado com redução do controle ejaculatório e satisfação sexual e aumento do sofrimento e dificuldade interpessoal.

Tipos de Ejaculação Precoce



  • Primária: apresenta desde o início da atividade sexual;
  • Secundária: quando surge no homem que controlava bem;
  • Situacional: quando ocorre apenas em determinada situação;
  • Variável: ocorre ocasionalmente e o tempo pode variar;
  • Precoce subjetiva: quando o homem tem insatisfação do tempo, mas apresenta mais que dois minutos.

Lembrando que todos esses tipos apresentam os mesmos sintomas que podem variar no tempo de duração da ejaculação.

Sintomas e Causas

A causa da ejaculação precoce ainda é desconhecida pela medicina. Entretanto, fatores médicos, psicológicos e biológicos estão envolvidos e podem ser motivos para que isso ocorra. Disfunção erétil, ansiedade, problemas no relacionamento, uso de medicamentos são sintomas psicológicos. Já os fatores biológicos, como: níveis de hormônios altos, atividade anormal do sistema ejaculatório, distúrbios da tireoide, inflamação ou infecção da próstata, fatores genéticos e até danos no sistema nervoso são sintomas que podem prejudicar o tempo da ejaculação.

Tratamento para ejaculação precoce

Sabendo o que é ejaculação precoce, uma visita ao urologista se faz necessária. Existem vários tipos de tratamentos que podem ser associados para que seja mais eficaz. Podemos citar a terapia sexual, onde podem ser realizadas técnicas para melhorar e retardar a ejaculação. Contudo, alguns medicamentos, como antidepressivos apresentam efeitos colaterais como prolongar a ejaculação. Mas,  esses só poderão ser tomados de acordo com os especialistas como urologistas e psiquiatras.

Existem outros medicamentos, como Anafranil (cloridrato de Clomipramina) [3] que ajudam no tratamento. Contudo, somente um médico pode receitar o melhor medicamento para cada caso. Além disso, é necessário observar se no dia da relação aconteceu algo grave na sua vida. Situações como estar cansado, angustiado, triste, com problemas  pode influenciar no tempo da relação sexual.

Leia também: Cientistas estão testando injeção de botox nos genitais para controlar a ejαculação precoce

  Artigos médico-científicos:  European Urology  [1]  The journal of Sexual Medicine  [2]  Bula: Anafranil (cloridrato de Clomipramina) [3]

 

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo