Sua saúde

4 coisas que você pode sentir alguns dias antes de ter um ataque cardíaco

sinais de infarto

Taí uma coisa que poucas pessoas sabem: há pelo menos quatro sinais de infarto antes que aconteça. Os sintomas de infarto que ocorrem dias antes, podem salvar a vida de uma pessoa. O que a pessoa pensa que é um mal estar corriqueiro, já pode ser um aviso!

Segundo relatou Dr. Dráuzio Varella em seu site, o infarto é a necrose de uma parte do músculo cardíaco causada pela ausência da irrigação sanguínea que leva nutrientes e oxigênio ao coração. Assim sendo, é o resultado de uma série complexa de eventos acumulados ao longo dos anos. Mas pode ser caracterizado, também,  pela oclusão das artérias coronárias. No último caso, pode ser em razão de um processo inflamatório associado à aderência de placas de colesterol em suas paredes.

Alguns profissionais da cardiologia garantem que os ataques cardíacos não surgem como uma surpresa. Para eles, um infarto raramente acontece “do nada”. Ao mesmo tempo, o corpo pode estar tentando avisar ao doente por dias, semanas, talvez até meses antes que o pior aconteça. Infelizmente, quando a pessoa reconhece que está tendo um ataque cardíaco, pode ser tarde demais para evitar a morte ou danos irreversíveis no coração.

Mas o especialista cardiovascular Dr. Chauncey Crandall recentemente descreveu sinais que embora sejam leves ou pareçam não estar relacionados ao coração, podem de fato salvar a vida de um infartado. Segundo ele, estatísticas mostram que há uma ligação clara entre alguns sinais de infarto que prevalecem dias antes do ataque propriamente dito.

Segundo Dr. Crandall o ataque cardíaco não necessariamente será fulminante como vimos nos filmes (dor intensa seguida de morte). Ele pode vir lentamente e os sinais observados em conjunto podem salvar nossas vidas!

Sinais de infarto: Dor no peito

É o sintoma mais esperado. Mas ao contrário do que as pessoas pensam ele pode vir lentamente e vários dias antes do ataque fatal. Dois tipos de dor podem ser um sinal de alerta. A primeira percorre todo o corpo, como a dor depois de uma febre forte que parece enrijecer as articulações. A segunda. a saber, é uma dor somente nas regiões esquerda e central do peito e pode percorrer o braço e axilas esquerdos. Essa dor no peito pode ser bem discreta, indo e voltando várias vezes como pequenas “pontadinhas” leves. O intervalo pode ser maior, a dor pode vir em um dia, e só voltar no outro. Contudo, pode estar certo de que este desconforto virá!

Sinais de infarto: Falta de ar e cansaço

A falta de ar e cansaço repentino, pode ser um forte sintoma de ataque cardíaco. Fique alerta, pois mesmo sem as dores no peito, a falta de ar repentina é um dos sinais de infarto que acometem três em cada cinco enfartados. Certamente, algumas dessas pessoas, se quer apresentaram dores do peito. Esse desconforto, a saber, pode surgir alguns dias antes ou durante um infarto. Nestes casos, procure um médico.

Sinais de infarto: Indigestão ou azia

Apesar de este sintoma não ser comum de alguém que está prestes a enfartar, muitas pessoas relatam ter sentido desconforto estomacal nos dias que precederam o ataque. O que muitas pessoas não sabem, é que as células nervosas do nosso estômago estão muito perto do coração. Assim, acabam por afetar a região estomacal. Por isso, as pessoas confundem azia e ataque cardíaco.

Sinais de infarto: Náuseas e vômito

Segundo Dr. Crandall, apesar deste sintoma parecer atípico em alguém que está a ponto de ter um ataque cardíaco, muitos pacientes relataram a presença destes sinais de infarto, Isso, dias antes ou no dia em que enfartou. É importante saber que esse sinal nunca vem sozinho. Decerto, está sempre acompanhado de desconforto no peito e cansaço.

 

Neste vídeo, Dr. Dráuzio Varella explica como proceder com uma pessoa que está tendo um ataque cardíaco.

 

Fonte: Dr. Crandall



 


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo