Estudo científico aponta quais as comidas criam os “puns” mais mortíferos

    -

    Muitas lendas da origem dos puns fedidos caiu por terra agora que pesquisadores da Universidade de Monash, na Austrália, publicaram um estudo sobre flatulências. Com os resultados você poderá controlar o cheiro do seu “futum” e evitar passar vergonha nos elevadores, por exemplo. Para chegar às conclusões as fezes de sete pessoas saudáveis foram estudadas. Parte deles tinha uma dieta rica em proteínas (ovos, carne, leite) e o resto comia carboidratos (pães, cereais) ou fibras (vegetais, frutas, legumes).

    Oque transforma o pum em uma bomba mortífera é o sulfeto de hidrogênio e o foco do estudo foi analisar quando das dietas estimulavam a produção dessa substância. Nos cocôs de quem comia mais proteínas, a concentração do composto era sete vezes maior do que aqueles que tinham dietas ricas em carboidratos. E quem ingeria muitas frutas, legumes e vegetais (ou seja, fibras) tinha uma produção de sulfeto de hidrogênio 75% menor do que as  proteínas.

    Sobre os carboidratos e fibras que até hoje eram culpados pelos puns mais podres, na realidade só aumentam o número de flatulências durante um período, porque contribuem para a fermentação das bactérias intestinais, cujo produto são gases. No entanto, os puns formados por ingestão de carboidratos e fibras não costumam ter cheiro forte, pois as fibras absorvem a água do intestino, o que dificulta bastante a produção de sulfeto de hidrogênio pelas bactérias. Assim, uma dieta rica em vegetais, frutas e legumes realmente fazem bem para o seu intestino.

    -
    Frango com batata doce fabrica um dos puns mais mortíferos do mundo!

    Receita para o pum mega mortífero

    De acordo com os estudos, a dieta do frango com batata doce pode gerar um pum mais podre da face da Terra. Para quem frequenta a academia essa dieta pode ajudar definitivamente na construção muscular, mas também gera gases concentrados de sulfeto de hidrogênio.

    Fonte: Super / newscientist
    Artigo: T.D. Bolin & R. A. Stanton
    Imagens: megacurioso / receitasdept
    -