Por que a droga vicia?


Estou apaixonada pelo blog. Parabéns! Tenho uma pergunta: Se as pessoas sabem que a droga vicia, por que ficam viciadas? O que a Droga faz que vence o cérebro da pessoa? Goreth – São Paulo

Goreth, ótima pergunta! No nosso cérebro as coisas funcionam mais ou menos assim: Nosso cérebro possui um sistema de recompensa que dá proteção ao excesso de estimulação, exatamente como as orelhas ficam menos sensíveis a locais muito barulhentos. As drogas (cocaína, maconha, nicotina, ecstasy e até a cafeína) agem neste sistema, causando uma “dessensibilização”.

O sistema recompensa de repente passa a achar que tudo o que antes era identificado pelo sistema como fonte de prazer (amigos, família, música, cinema, sexo) aos poucos deixa de funcionar e passam a não causar prazer. assim a perspectiva dessas diversões também deixa de ser interessante chegando a um ponto que o único estímulo forte para ativas o sistema de recompensa é somente a droga. Assim, o comportamento vai se organizando com o propósito de conseguir mais um dose.


Ironicamente, até a droga vai deixando de dar prazer, pois o sistema de recompensa do cérebro vai perdendo sensibilidade também à droga. Isso explica por que a busca pela repetição do prazer da primeira dose, que nunca acontecerá novamente. Essa busca requer suar doses cada vez maiores, pois o cérebro está com o sistema recompensa sem nenhuma sensibilidade e o fim do vício às vezes é a morte por overdose.

Na overdose, quando substâncias estimulantes como cocaína e anfetaminas deixam a frequência cardíaca e a pressão arterial muito elevadas e lavam a parada cardíaca. No caso da heroína a atividade cerebral fica tão deprimida que ocorre também uma parada respiratória.

menino-fumando-maconha
Enfim, a droga vicia porque ela ativa o sistema de recompensa do cérebro além dos limites naturais.
—————————————————-

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.