Alimentação

Estudo alerta: Tirar o glúten da dieta, sem necessidade, pode causar diabetes mellitus

tirar-o-gluten-da-dieta-pode-causar-diabetes

Estudo alerta: Tirar o glúten da dieta, sem necessidade, pode causar diabetes mellitus
Esse texto foi útil para você?

Diversas pessoas estão optando por conta própria pela retirada do glúten de sua alimentação, mesmo sem ser doente celíaco. Em outro texto publicado aqui no Diário de Biologia, dissemos que levando em conta a explosão de “dietas sem glúten” na mídia, e a taxa absurdamente crescente de pessoas que, dia após dia, se propõem a evita-lo, não fica muito difícil julgar a ideia que o público em geral faz dessa proteína. Mas acredite: se você não faz parte do 1% que tem doença celíaca, ou não possui de fato qualquer intolerância ao glúten, esse aviso não deveria te dizer absolutamente nada. Ele simplesmente não é para você.

E agora, uma pesquisa orientada pelo pesquisador Geng Zong, pesquisador do Departamento de Nutrição da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, analisou o consumo de glúten e a saúde de 200.000 pessoas, acompanhadas durante 30 anos. Os resultados sugerem que os adeptos de uma rotina alimentar isenta de glúten têm mais chances de desenvolver o diabetes tipo 2. De acordo com o estudo, o risco aumenta em 13% quando o consumo diário da substância é menor que 4 gramas.


O estudo foi realizado com 200 mil participantes. A maioria apresentava uma ingestão de glúten abaixo de 12 gramas por dia. Dentro desta faixa, aqueles que comeram uma maior quantidade da proteína, tiveram menor risco de desenvolver diabetes do tipo 2, durante os 30 anos de acompanhamento. Ao longo do estudo, que durou de 1984 a 1990 e, depois, de 2010 a 2013, foram confirmados quase 16 mil casos de diabéticos.

tirar-o-gluten-da-dieta-pode-causar-diabetes

Estudo de Harvard mostrou que o consumo de mais de 12 gramas da proteína por dia reduz o risco de diabetes tipo 2.

O estudo concluiu também que quem tirou a proteína da dieta, acabou consumindo menos fibras, e consequentemente predisposto a aumentar as chances do diabetes. “Alimentos sem glúten geralmente têm menos fibra e outros micronutrientes, o que os torna menos nutritivos, além de custarem mais. Pessoas sem doença celíaca deve reconsiderar a decisão de limitar seu consumo de glúten principalmente no que diz respeito à prevenção de  doenças crônicas como o diabetes.”, disse  Zong.

Há controvérsias

A pesquisa ainda foi publicada oficialmente e, segundo a plataforma de pesquisa médica, PubMed, “sem uma publicação oficial, é impossível conhecer os detalhes metodológicos do estudo, seus possíveis vieses e a real conclusão dos autores, isso só acontece após um processo de revisão feito por seus pares”.

Fontes: estadao / veja / sciencealert/ newsroom
Imagens: Reprodução/ precis / fsp.u


Comentários

Novidades

Topo