Estudos e pesquisas

O tom do perigo: unhas roxas podem significar um grave risco a sua saúde

“Primeiramente parabéns pelo blog e página. Gostaria de tirar uma dúvida: minhas unhas ficam roxas com frequência, tanto das mãos quanto dos pés. Não é quando está frio, nem quando faço algo diferente… Apenas fica roxa.” (Barbara Zipoli)

Que mulher (e porque não homem) não quer ter unhas bonitas e bem cuidadas? Pois é, as unhas são a preocupação estética de muitos, mas sabia que ela também deve ser uma preocupação em relação a sua saúde? As unhas, além de proteger as pontas de nossos dedos, também são indicadores de como anda nosso organismo. Por isso, cuidado!


Conforme já publicamos no texto:Você não vai acreditar em quantas doenças você pode descobrir simplesmente observando o aspecto das suas unhas!, as alterações na cor (manchas), formato, textura (ondulações) e resistência (nos casos de esfarelamento) das unhas podem ser um sinal grave. Exceto em casos de hematomas ocasionados por algum tipo de pancada, a unha ficar roxa não é algo normal. E ao contrário do que muitos pensam, as unhas não são estruturas do nosso corpo sem função: elas são anexos cutâneos, e tal como a pele podem ser acometidas por várias doenças, ou mesmo demonstrar sinais de que algo está errado em nosso corpo.

Dessa forma, conforme sugere a Dra. Linda Mayer do Tibbs Institute em uma nota sobre a relação entre unhas e doenças, diferentes tipos de manchas e problemas com as unhas podem indicar algo errado. Por exemplo, manchas amarelas ou esverdeadas podem indicar micoses. Já as unhas fracas, quebradiças ou com um aspecto diferente do normal podem indicar a falta de algum tipo de vitamina no corpo, pois essa carência pode interferir na produção de hormônios e na fabricação de queratina (proteína que compõe as unhas).

Mas nada se compara ao perigo que pode representar as unhas com coloração roxa! Essa cor pode indicar doenças renais, cardíacas ou doenças infecciosas graves, tais como: a) insuficiência adrenal crônica (um distúrbio hormonal devido ao mal funcionamento de glândulas próximas aos rins); b) Enfisema, bronquite e asma (doenças pulmonares estão relacionadas as unhas roxas, pois o sangue chega com muito pouco oxigênio as extremidades do corpo); c) Meningite, septicemia e outras doenças infecciosas graves; d) problemas no fígado; e) Endocardite bacteriana (infecção das válvulas do coração causadas por bactérias); f) Policitemia (alteração na concentração de glóbulos vermelhos, que deixa o sangue mais grosso).

Além disso, não são apenas as cores das unhas que indicam algo. Da mesma forma, o formato da unha pode indicar muitas coisas. Por exemplo, unhas arredondadas podem também ser sinônimo de problemas cardiovasculares ou pulmonares que afetam a circulação, tais como a asma e a bronquite. Doenças vasculares também podem atrofiar as unhas. No caso da Diabetes, por exemplo, as unhas crescem avermelhadas e com muitas ondulações. Outras alterações nas unhas podem indicar possíveis problemas de saúde, tais como distúrbios da glândula tireoide, problemas de ansiedade (visíveis principalmente pelo hábito de roer unhas), artrite reumatoide e infecções ocasionadas por fungos nas próprias unhas.

Se você identificou alguma dessas mudanças procure um médico. Problemas mais comuns tais como micoses, roer as unhas ou pequenos traumas podem também alterar a coloração das unhas. No entanto, fique muita atenta a unha quando ela aparentar uma coloração roxa sem nenhum motivo aparente… Este pode ser um sinal de que algo não está nada bem com o seu corpo. Então, procure um médico!

Sites: corpoacorpo/ megacurioso/ clicrbs/ corpoeestetica/ saude.terra Artigo (nota): Nails as Indicators of Health Status

Comentários

Novidades

Topo