Alimentação

Será que a pílula milagrosa está por vir? Pesquisadores identificam peptídeo que reduz o desejo de comer!





Pesquisadores identificaram um peptídeo que quando administrado a uma área específica do cérebro pode reduzir a vontade de comer. O estudo, que foi publicado na revista Neuropsychopharmacology  pode um dia se tornar a base de um medicamento para tratar distúrbios de obesidade e compulsão alimentar.

Usando um modelo experimental, os pesquisadores descobriram se o PACAP (Polipeptídeo Ativador da Adenilato Ciclase Pituitária) – um neuropeptídeo – for administrado em uma região chamada “Amígdala cerebelosa ” localizada no cérebro ocorre considerável redução do desejo de comer e como consequência, perda de peso. O PACAP é conhecido pelos seus efeitos no hipotálamo quando se diz respeito a controle do apetite. No entanto, é a primeira vez que os efeitos da PACAP na amígdala do cérebro são estudados.


Os pesquisadores também descobriram como este peptídeo diminui a vontade de comer quando é injetado na amígdala. “Descobrimos a PACAP na amígdala inibe a vontade de comer grandes quantidades de alimentos e e faz com que a pessoa coma mais lentamente. “, explicou Valentina Sabino, PhD, professora assistente de farmacologia e psiquiatria, e co-diretora do Laboratório de Transtorno do vício na Escola da Universidade de Boston de Medicina.

fear-9

Além disso, os pesquisadores descobriram que os efeitos de PACAP na ingestão de alimentos e o peso corporal foram dependente de outro componente cerebral:  O hormônio de crescimento chamado Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro (BDNF). “Os efeitos de PACAP na ingestão de alimentos e no peso corporal não foram positivos quando os pacientes utilizaram uma droga bloqueadora da BDNF, sugerindo que PACAP atua através de BDNF“, disse Sabino.

Os pesquisadores acreditam que estes resultados são muito importantes para as pessoas que sofrem com problemas de obesidade, pois o pepitídeo não só afeta a quantidade de alimento ingerido como também a rapidez com que as refeições são feitas. “O sistema de PACAP podem hipoteticamente ser alvo de medicamentos para tratar não só a obesidade mas também distúrbios alimentares”, acrescentou o co-autor Pietro Cottone, PhD, professor de farmacologia e psiquiatria e co-diretor do Laboratório de Transtorno Addictive em BUSM.

Fontes: naturemyscienceacademy/pucrs     Imagens: Reprodução/geralforum/myscienceacademy
Comentários

Novidades

Topo