Comportamento

Estudo aponta que alteração repentina de humor pode ser vestígio de demência

Estudo aponta que alteração repentina de humor pode ser vestígio de demência
Esse texto foi útil para você?

Você começa o dia feliz e depois de 5 minutos está irritado. Depois fica feliz e aí fica triste e depressivo? Cuidado, isso pode ser um indício de que você terá demência. Não se preocupe acontece com muita gente atualmente. Demência é uma condição em que ocorre perda da função cerebral. É um conjunto de sintomas que afetam diretamente a qualidade de vida da pessoa, levando a problemas cognitivos, de memória, raciocínio e afetando, também, a linguagem, o comportamento e alterando a própria personalidade.

Uma pesquisa foi realizada pela London College University da Inglaterra com 48 pacientes que possuem demência frontotemporal. Familiares e amigos dos pacientes responderam uma série de perguntas e afirmaram que muitos dos pacientes tiveram instabilidade de humor antes de terem resultado positivo para a demência. Um dos sintomas era rir do nada em um funeral por exemplo. Que desagradável!


Estes pesquisadores ainda não afirmam que isso é com 100% um sintoma, mas disseram que pode ser um indício, tendo inclusive vários tipos. A frontotemporal é uma das mais raras. A área afetada nesta demência é o lobo frontal o qual é responsável pela personalidade e comportamento. A pessoa perde a vergonha, se tornando mais impulsivas o que as priva de uma vida normal em sociedade.

transtornobipolar1widejpg_620x385

Como foi a pesquisa

Colocaram 48 pacientes para assistirem Mr. Bean e Monty Python, além de avaliar o comportamento deles em situações adversas. Todos pacientes afirmaram que tiveram mudanças significativas de humor anos antes da demência ser diagnosticada. Muitos deles perderam a noção de humor, vindo a rir em eventos trágicos, e viram que grande parte deles prefere comédias como Mr. Bean ao invés de Mony Python, quando comparados a pessoas de idade semelhante.

Um dos casos foi verificado, quando um homem se tramou no riso frenético ao ver a esposa com graves queimaduras pelo corpo. De acordo com Simon Ridley, do Alzheimer’s Research UK, ONG de prevenção e combate ao Mal de Alzheimer, recomenda que as pessoas procurem ajuda médica o mais rápido possível ao notarem mudanças extremas de humor. Ele também argumenta: “devemos de olhar  de uma diferente forma para os sintomas que se alteram dia a dia e o relacionamento com os pacientes“. Somente dessa forma poderá se ter um diagnóstico adequado e preciso para esses casos de demência.

Fontes: alz/bbc/ minhavida  Imagens: revistadominios/ minhavida

Comentários

Novidades

Topo