Curiosidades

Quais são os efeitos do uso da maconha no nosso corpo?

“Queria saber a respeito dos efeitos da maconha no nosso corpo. Sempre se fala mal, mas parece que existe um uso terapêutico, como é isso?” Diego D. Galvão




Olá Diego! Pois é, os efeitos da maconha pode variar de pessoa para pessoa, de acordo com características da droga, do ambiente em que é consumida e principalmente da condição neurológica do usuário. Tudo o que envolve os efeitos da cannabis sativa pode parecer ambíguo. Assim, os efeitos da droga são bidirecionais, dependendo da dose, do indivíduo e do ambiente. Hoje, vários pesquisadores estão interessados nos efeitos terapêuticos desta droga.

Quanto a atividade locomotora, o uso de maconha promove uma queda acentuada na atividade motora, ou seja, a pessoa pode passar a se movimentar menos e até chegar a um estado de sonolência. No entanto, se o princípio ativo (tetra-hidro-canabinol) estiver em uma dose muito elevada a reação pode ser oposta, levando a uma sensação de euforia e aumento de atividade motora. A pessoa pode gesticular, querer correr e falar muito!

Especialmente as pessoas que usam a droga pela primeira vez, podem apresentar um aumento da frequência cardíaca. O efeito não é o bastante para causar um infarto, mas é um aumento evidente. É este efeito que causa incomodo e ansiedade e até pânico. O aumento do apetite é um efeito bastante relatado, pois a droga estimula o sistema digestivo e ativa produção do suco gástrico. Além disso, a temperatura corporal diminui e a boca fica seca.

O cigarro de maconha contém também aqueles compostos presente no cigarro comum. Alguns estudos apontam que o uso de maconha por longos períodos (10 anos pelo menos) leva a um declínio na capacidade pulmonar. A memória de curto prazo é bastante prejudicada com o uso da maconha. No entanto, se o uso for suspenso as funções de memória e cognição voltam a ficar estabilizadas.



Quanto a dependência, os pesquisadores admitem que apesar de casos de dependência de maconha, ainda não foram feitos estudos clínicos que demonstrem, de forma clara, quais são os mecanismos desse tipo de dependência. O que se sabe é que de 5% a 8% dos usuários da droga ficam dependentes. A porcentagem é baixa se comparada a outras substâncias, como nicotina, cocaína ou heroína.

Estudos garantem a eficácia do uso terapêutico da maconha para reduzir os efeitos colaterais da quimioterapia contra o câncer, amenizando náuseas e vômitos. Para pacientes com Aids em estágio terminal, que apresentem falta de apetite, a droga também pode estimular a fome e proporcionar uma melhor qualidade de vida à pessoa. Além disso, pode substituir medicamentos como a morfina.

Recentemente foi desenvolvida, uma variedade de maconha com baixo teor do princípio ativo THC (tetra-hidro-canabinol), responsável por modificar a atividade cerebral, tem dado esperança a famílias de crianças que têm convulsões. O extrato é misturado ao azeite e oferecido em pequenas doses. Os resultados parecem ser ótimos.  Alguns relatos afirmam que crianças diminuíram os quadros de convulsões, outras com pouca coordenação motora voltaram a andar e falar. No entanto, esta aplicação ainda é vista com reserva por médicos, uma vez que, muitos estudos ainda não foram conclusivos.



maconhaalemanha

Foto: Reprodução/cbsnews

E por fim, o que é menstruação para você?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Fonte: Bem Estar

 

23 comentários

23 Comments

  1. Romulo_Ctba

    em

    Poderia ser mais completo, esses dados estão em qualquer panfleto anti-drogas… E não condizem com a experiência do usuário final 😉

  2. jorge teleco

    em

    concordo com o romulo
    experiências próprias e comparativas são mais legais

  3. Giovanna

    em

    Gostei bastante e queri a q vc publicasse mais sobre o crack. :p 🙂 😀 ^_^ :kiss:

  4. duran

    em

    LSD pode durar até 12 horas.

    • Tim Lopes Martins

      em

      de 6 a 12 horas, amigo

  5. Tim Lopes Martins

    em

    na minha opinião, o álcool é uma das piores aí, e é dada como legalizada, como uma coisa Legal…é legal chapar de álcool, ficar embriagado, dirigir e colocar a vida dos outros em risco, dentre outras mil coisas q o alcool proporciona…sociedade hipócrita maldita

    • Leo\\\\\\\\\\\\ras

      em

      Concordo com o o tim ¹

      HiPOCRITAS DISTOERCEM MINHAS PALAVRAS! SOCIEDADE ESCROTA!

  6. Olhos_vermelhos

    em

    A maconha deixa você mais feliz, na guia a sima não fala sobre isso, quero saber mais sobre LSD

  7. Leo\\\\\\\\\\\\ras

    em

    Existe uma planta que te liberta do mal e te ensina a ser forte e resistente para a guerra que virá ! E ella pode ser ,: Cannabis , GAnja , Haxixe , . EU sou rasta e a uso medicinalmente e espiritualmente . Entenda que eu sinto amor por você . I & I Jah RASTAFARí-I !

    SEM PRECONCEITOS ! .

    • vet

      em

      Legalizaaa galeraaaaa…….. eu nao fumo nada nao uso drogas só bebo!
      o problema do brasil e mais em baixo………… Os conflitos nao sao gerados por causa da maconha deixa a galera ser feliz………. vamos largar de HIPOCRISIAAA
      EU NUNCA OUVI FALAR DE NINGUEM Q MATOU ALGUEM PQ TAVA USANDO MACONHAA….ALCOOOL SIIM ………..LLARGAR A HIPOCRISIA ABRE PORTAS

    • RidiculoMen

      em

      es umA Bicha seu grande fdp es alte filha da puta em fumar so te estragas a tua vida cumprimentos teu pai bb

  8. Vandel Antunes

    em

    Eu tenho 13 anos, ja fumei maconha,algumas vezes, e não me prejudicou em nada,minha memoria está perfeita, meus movimentos, normais,não entendo, porque o álcool é legalizado sendo que causa várias e vária mortes por ano, e a maconha, até hoje, nenhuma morte,não pelo efeito dela.N to dizendo que ela deva ser legalizada,estou dizendo para que as pessoas parem com esse preconceito besta sobre a Cannabis, se é uma droga, porque Deus à criou?Ela é uma erva, muito boa por sinal, com ela vem muiitos benefícios, mas também vem consequências, que por enquanto,não teve nenhuma comigo.

    • GANJAMAN

      em

      Vandel, você é apenas um garoto de 13 anos. Se continuar fumando maconha, quero ver quando tiver 28 anos. Vai rir de tudo a sua volta, não vai lembrar o nome das pessoas e vai ser visto como o “palhaço” da turma. Começou muito cedo, então sugiro que pare. Quando você for maior de 18 anos, terá condições de analisar melhor essa situação.

      • Ingrid

        em

        Não o julgue pela idade pois eu tenho 30 e fumo desde os 17 e não é por causa disso que rio de tudo e muito menos esqueci o nome das pessoas

  9. gabrielly keyroz'

    em

    falta muitas otras drogas mais e um bom comteudo

  10. M

    em

    a maconha é ate tratamento contra doenças em outros países , como ela é prejudicial ?

  11. Eduarda

    em

    Eu concordo que poderia ser mais completo sim!

  12. seu nome aqui

    em

    Acho que a unica que eu gostaria de usar é LSD porque eu adoraria ter alguma alucinação alguma vez na minha vida.

    • Dorgas mano

      em

      Cara, digo-lhe que vale a pena…

      uma experiencia bem diferente

  13. Yasmin

    em

    Esse artigo contem informações não precisas sobre o assunto, uma vez que diz sobre LSD que causa alucinações e efeito de ATÉ 6 horas. Algo muito curioso de se ler, visando que, qualquer um que já tenha entrado em contato com a droga no Brasil sabe que ela não nos permite ter alucinações visuais e sua onda dura de 8 a 12 horas, no mínimo.

    Fora isso, o site tá maneiro, só continuem trabalhando para obter informações verdadeiras e que não levem seus leitores a uma falsa idealização sobre o assunto.

  14. Bruno Henrique

    em

    Gostei do site, da para um bom começo do trabalho que estou fazendo, mas gostei mesmo foi dos comentários kkkkk’

  15. Fernanda

    em

    Estou vendo aqui comentários como “Tenho 30 anos uso maconha desde os 17 e estou bem” “fumo maconha desde os 13 anos e minha memória está perfeita”. Acredito que maconha é sim a droga mais leve, já usei muitas vezes, gosto, mas não recomendo à ninguém, pois é um tipo de escolha que deve ser feita pela própria pessoa e quando ela achar que tem condições de arcar com essa responsabilidade. Pois é sim uma responsabilidade, porque o grande problema da maconha ou de outras drogas é o uso indiscriminado por pessoas irresponsáveis. No meu meio, vi pessoas que pararam de frequentar a faculdade, não saiam com a turma pra nenhum bar ou boate, porque neles não podia fumar maconha, ou seja, o cara ficou dependente da droga e não teve força de vontade pra lidar com isso, deixava de comer pra poder comprar maconha. Ele foi sim prejudicado e NÃO É MINORIA! Cada um tem a sua forma de lidar, é claro que vc fumar as vezes, pra se divertir é uma coisa, agora viver em função disso é outra!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo