Mulher

Como fazer o cabelo crescer: aqui estão as vitaminas que você deve tomar para ficar igual a Rapunzel

Como fazer o cabelo crescer: vitaminas essenciais para crescer o cabelo

Como fazer o cabelo crescer: aqui estão as vitaminas que você deve tomar para ficar igual a Rapunzel
4.5 (90%) 10 votes

Saber como fazer o cabelo crescer é o sonho da maioria das mulheres. Mas, não é só crescer cabelo. Na verdade, toda mulher – e alguns homens – querem ter cabelos longos e saudáveis. Afinal, muitas pessoas veem o cabelo saudável como um sinal de saúde ou beleza. Nosso cabelo, conforme a The American Academy of Dermatology [1], cresce, em média, 1,2 cm por mês. Em média anual, os cabelos deveriam crescer pelo menos 15,2 cm por ano. Mas, nem sempre é assim.

O crescimento capilar é diferente nas pessoas. Isso porque, depende dos seguintes fatores.




  • Idade: pessoas idosas tem crescimento mais lento
  • Tipo de cabelo: cabelos crespos tem crescimento mais lento
  • Alimentação: assim como qualquer parte do corpo, o que comemos afeta diretamente o crescimento dos cabelos.


  • Deficiência vitamínica: algumas pessoas não têm crescimento capilar por simples falta de vitaminas no organismo.

Como fazer o cabelo crescer, rápido!

A ciência descobriu um pouco sobre como o crescimento do cabelo. Contudo, sabe-se que é controlado a nível celular. Assim, de acordo com estudo publicado na revista russa Przeglad Menopauzalny [2] como qualquer outra parte do seu corpo, o cabelo precisa de uma variedade de nutrientes para ser saudável e crescer. De fato, segundo o autor, muitas deficiências nutricionais estão ligadas à queda de cabelo.



Nossos cabelos são principalmente constituídos de queratina, uma proteína que confere elasticidades, resistência e brilho. Ela, a saber, é sintetizada a partir de aminoácidos sulfurados, cistina e metionina, sobre ação do zinco e das vitaminas do complexo B.

Muitos estudos já comprovaram que a deficiência de algumas vitaminas e outros nutrientes afeta a saúde dos anexos dérmicos (cabelos e unhas). Ao mesmo tempo, interrompe o crescimento. Abaixo, relacionamos as vitaminas que suas células precisam para ter um cabelo, saudável, forte, sem queda e com crescimento satisfatório.

Vitaminas do complexo B

As vitaminas B ajudam a transportar oxigênio e nutrientes para o couro cabeludo, o que ajuda no crescimento do cabelo. Dessa forma, usar as vitaminas do grupo B, é uma forma de como fazer o cabelo crescer. Dentro do complexo B, as vitaminas B5, B6, B8 (biotina) e B9 são as que influenciam na saúde e crescimento dos cabelos e das unhas. Dessa forma, é preciso verificar se suas unhas quebradiças, falta de crescimento dos cabelos estão relacionados à falta dessas vitaminas.

Vitamina B5. pode ser facilmente encontrada em alimentos comuns do dia a dia, como carnes frescas, couve-flor, brócolis, cereais integrais, ovos e leite. Na verdade, ela está fortemente envolvida na reposição das proteínas, lipídios e carboidratos, não só dos cabelos, como de todo o organismo. Sem ela, seus cabelos ficarão fracos e quebradiços. Jamais alcançará um tamanho bom, pois quebra antes disso. Como suplemento, o recomendado é 30-40 mg por dia.

Vitamina B6. Essa vitamina é essencial para a saúde capilar e tem, influencia direta com o crescimento do cabelo. Inclusive, sua falta é uma das principais causas de alopecia parcial temporária, quando há perdas de cabelo em determinadas regiões do couro cabeludo. Ao mesmo tempo, a B6 melhora da circulação no couro cabeludo, área onde os fios nascem e se desenvolvem. Na alimentação, poderá encontrar essa vitamina na a banana, abacate, nozes, verduras e legumes, além de peixes e carnes. Como suplemento, o recomendado é 4 mg por dia.

Vitamina B8/B7 (biotina).biotina, também conhecida como vitamina B7, B8 ou H. Um estudo publicado na revista Expert Review of Endocrinology [3], relaciona a deficiência de biotina à perda de cabelo em humanos. A dermatologista Aleksandra Viana [4] diz que reduzir a queda e fazer o cabelo crescer mais rápido, deve-se tomar a dose de 5 a 10 mg de biotina por dia. Isso, segundo ele, pode ser obtido através da ingestão diária de alimentos ricos em biotina. Ao mesmo tempo pode ingeri-la em forma de suplemento de biotina, sob orientação do médico ou nutricionista.

Vitamina B9 (ácido fólico). Essa vitamina é também grande conhecida de todos.  Assim, a vitamina B9 ou Ácido Fólico é um nutriente essencial e é vital para o organismo. Contudo, sabe-se que sua deficiência está diretamente ligada ao atraso de crescimento natural do cabelo. Além disso, a vitamina B9 é um estimulador e acelera a divisão celular levando ao crescimento natural mais rápido. Se você pretende fazer uso de algum suplemente, o recomendado é 400µg por dia. Mas, consulte seu médico antes.

Vitamina D3

A deficiência de vitamina D3 também está ligada à alopecia total ou parcial, de acordo com estudo publicado na revista  Annals of Dermatology [5]. A pesquisa também mostra que a vitamina D pode ajudar a criar novos folículos capilares. Ou seja, ajuda na formação dos minúsculos poros no couro cabeludo onde o cabelo novo pode crescer. Ao mesmo tempo, acredita-se que a vitamina D desempenha um papel na produção de cabelos, mas o papel real da vitamina D no crescimento do cabelo é desconhecido. Contudo, fica claro que essa vitamina influencia na boa saúde dos anexos dérmicos.

Assim, usar acertar os níveis de vitamina D3 no organismo, é uma forma de como fazer o cabelo crescer. Uma dica importante é que nosso corpo produz vitamina D através do contato direto com os raios do sol. Então, tomar um solzinho na parte da manhã pode ajudar também.

Zinco

O zinco desempenha um papel importante no crescimento e reparação do tecido capilar. Também ajuda a manter as glândulas de óleo ao redor dos folículos funcionando adequadamente. De forma geral, considera-se que a perda de cabelos está é um sintoma comum da deficiência de zinco.

Uma pesquisa publicada na revista Dermatology Therapy [6] mostram que os suplementos de zinco reduzem a perda de cabelo, quando esta é causada pela deficiência de zinco. Assim, acertar as taxas de zinco é uma forma de como fazer o cabelo crescer. No entanto, existem alguns relatos que complementam com uma dose muito alta também podem contribuir para a queda de cabelo. Por isso, não faça uso de suplementos sem conversar com o médico. A dosagem diária ideal é de 30 mg por dia.

L-Cistina

A suplementação com cistina é também usada para melhoria da saúde da pele e do cabelo, como agente anti-idade, estimulante da síntese de colágeno e cicatrização, assim como no tratamento da artrite reumatoide. Isso porque, a cistina está muito presente na alfa-queratina, a proteína básica de construção das unhas, cabelos e pele. Dessa forma, manter os níveis de desse aminoácido sulfuroso garante a matéria-prima para que o organismo sintetize alfa-queratina em quantidades adequadas para manter sua saúde e vitalidade das unhas e cabelos. Dosagem diária recomendada: 600 mg/dia.

L-Metionina

a metionina também é precursora ou essencial para a produção de outras substâncias importantes para o corpo. Podemos citar, dentre elas, o colágeno, substância usada na produção de unhas, pele e tecidos conjuntivos. Ao mesmo tempo, é um aminoácido necessário para formação das cadeias moleculares das unhas, pele e cabelo. Dessa forma, acredita-se que quanto mais deste aminoácido estiver disponível no corpo mais forte tende a ser a formação do folículo capilar e a resistência do mesmo. Assim, usar a L-Metionina é uma forma de como fazer o cabelo crescer. A dosagem diária ideal é de 100 mg por dia.

Artigos medico-científicos: Przeglad menopauzalny [2]    Expert Rev. of Endocrinology [3]     Annals of Dermatology [5]  Dermatology Therapy [6]

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo