Alimentação

Gordura no fígado (esteatose hepática): Veja como ficar curado ingerindo aveia diariamente, baseado em estudos

Dieta para gordura no fígado. Dica natural para acabar com a esteatose

Gordura no fígado (esteatose hepática): Veja como ficar curado ingerindo aveia diariamente, baseado em estudos
5 (100%) 1 vote

A gordura no fígado, chamado no vocabulário médico de esteatose hepática, é um mal moderno. Além disso, é conhecida como uma doença silenciosa, pois normalmente não provoca sintomas de gordura no fígado nos graus mais leves da doença. Isso quer dizer que muita gente tem o fígado gorduroso e nem sabe, porque não sente nada diferente. Assim, o que ensinamos aqui, baseado em estudos científicos, é tanto uma forma de prevenção, como de cura. A única coisa que você precisa é seguir uma dieta para gordura no fígado à base de aveia.

Por que aveia?




A aveia já vem sendo estudada quanto às suas propriedades curativas do fígado há muitos anos. Por causada força das indústrias farmacêuticas, o poder curativo de alguns produtos naturais é pouco divulgado. A aveia é fibra pura. De acordo com o site Hepato, especializado em doenças do fígado, todo alimento rico em fibra ajudará o fígado funcionar melhor. Isso acontece porque a fibra diminui a absorção de gordura.

Mas não é só isso, um estudo publicado na revista Plant Foods for Human Nutrition [1] comprovou o poder da aveia na prevenção da obesidade e acúmulo de gordura abdominal. Além disso, o mesmo estudo usando ratos com problemas hepáticos, mostrou que esse grão melhora a função hepática. “ O consumo de aveia reduziu a obesidade, a gordura abdominal e melhorou os perfis lipídicos e as funções hepáticas. Tomada como um suplemento diário, a aveia pode atuar como uma terapia adjuvante para distúrbios metabólicos”, concluiu o estudo.

Os estudos são muitos, mas outro destaque importante é o artigo publicado no Journal of Functional Foods [2] que estudou o efeito redutor lipídico do β-glucano da aveia em camundongos com dieta gordurosa.  Esse polissacarídeo inibiu a hiperplasia de adipócitos hepáticos. Ou seja, impediu o crescimento das células de gordura do fígado. Além disso o β-glucano inibiu expressões de proteínas relacionadas ao metabolismo lipídico do fígado. Em suma, esse polissacarídeo presente na aveia podem mesmo reduzir a gordura do fígado e isso está comprovado cientificamente.



Dieta para gordura no fígado. Dica natural para acabar com a esteatose

Um fígado com esteatose severa fica todo encrustado de células de gordura. Mas isso pode ser revertido, com uma dieta para gordura no fígado à base de aveia.

Dieta para gordura no fígado

De acordo com a Dr. Noreen Kassem, médica colunista do site LiveStrong, uma porção de 1,5 xícara de aveia cozida contém aproximadamente 6 gramas de fibra. Então, apenas 5 a 10 gramas de fibra solúvel por dia podem diminuir os níveis de colesterol total e LDL. Assim, basta introduzirmos este alimento na nossa dieta. Contudo, há receitinhas que são bastante eficientes para uma desintoxicação.



• Suco detox de aveia e canela para tomar a noite. Coloque 2 colheres de sopa de flocos de aveia em 1 xícara de água em temperatura ambiente. Deixe descansar por duas horas. Depois, misture 1/2 colher de chá de canela em pó, mexendo bem. Beba de 20 a 30 minutos antes de ir para a cama por pelo menos duas semanas seguidas. Essa combinação resulta em uma bebida antioxidante e com grande potencial de estimular as funções hepáticas.

• Cereal matinal de aveia. Coloque uma colher bem cheia de mel em meia xícara de aveia. Coloque meio copo de leite e deixe descansar alguns minutos. Pique uma banana em rodelas. Com isso, seu suprimento diário de aveia estará em dia.

• Mingau e vitamina de aveia. Aqui você poderá usar a imaginação, mas lembre-se que pessoas com esteatose devem evitar açúcar e gordura. A dica é um mingau de leite, simples, adoçado com uma colher de mel ou uma vitamina de frutas, com bastante aveia e também adoçada com uma colher de mel.

livestrong Artigos: [1]  [2]

 

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


O Diário de Biologia é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de assuntos relacionados a Biologia, Saúde e Pesquisa. O material fornecido na categoria saúde, nutrição e bem-estar, não deve ser usado como conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos.
Topo