Sua saúde

Quem come muito rápido tem 5 vezes mais chances de ter infarto e diabetes

Comer rápido aumenta 5 vezes as chances de infarto e diabetes

Comer lentamente e saborear a refeição é um luxo para muitas pessoas.

O que já se sabe, entretanto, é que comer devagar é essencial para a saúde, de acordo com um estudo apresentado no congresso anual da Associação de Cardiologia dos Estados Unidos.

Comer rapidamente, devorando os alimentos, não dá tempo para o cérebro registrar a satisfação com o alimento.

Isso pode aumentar cinco vezes o risco para desenvolver doenças cardiovasculares e diabetes.

A pesquisa contou com o acompanhamento, por cinco anos, de 642 homens e 441 mulheres saudáveis.

Os participantes recrutados foram divididos em três grupos, de acordo com a velocidade em que comiam.

Os resultados mostraram que 11,6% dos que comiam mais rápido desenvolveram síndrome metabólica.

Nos outros grupos, dos que comiam em uma velocidade média, 6,5% desenvolveram a síndrome, e nos mais lentos, apenas 2,3%.

Assim, o fato de comer rápido e não mastigar, elevam o risco de desenvolver doenças cardíacas, faz com que um hormônio chamado insulina,.

A insulina é responsável por regular a entrada do açúcar do sangue nas células, eleve os seus níveis variando a quantidade de açúcar no sangue.

Dessa forma, em conjunto com o aumento de peso e da gordura abdominal pode desenvolver ao longo do tempo um diabetes.

Está cansada de comer sempre a mesma comidinha por causa do Diabetes? Centenas de visitantes do nosso site estão usando a >> A Dieta Completa Para Diabéticos <<.

Outras consequências de comer rápido

Quando se come rápido existe um aumento do risco de indigestão, porque a comida não é mastigada corretamente.

Com isso, ela demora mais tempo para ser digerida pelo estômago, causando sensação de queimação, azia, refluxo e sensação de estômago pesado, por exemplo.

O cérebro e o estômago trabalham em conjunto para controlar o apetite, mas este processo não é instantâneo.

Ao comer rapidamente, não se permite que os sinais de saciedade sejam transmitidos para o cérebro, indicando que já não é preciso mais comida porque já se está cheio.

Por isso, da próxima vez que for fazer uma refeição, se afaste da televisão, ou a desligue, deixe o celular de lado e permaneça à mesa, tentando desfrutar de cada mordida. O corpo agradece!

Se você tem diabetes ou algum caso na família e está sempre perdido sobre a alimentação correta, clique no link e conheça >> A Dieta Completa Para Diabéticos <<.


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo