Sua saúde

5 doenças que você pode descobrir apenas observando suas orelhas

Para muitas culturas, examinar algumas partes do corpo para realizar diagnósticos são fundamentais. Para os ocidentais, esta cultura praticamente não existe e ficamos, na maioria das vezes, mercê dos exames clínicos e laboratoriais.

Para os chineses, a orelha sempre teve um papel fundamental para o diagnóstico de diversas doenças, pois de acordo com a MTC, 6 dos 12 meridianos passam diretamente pela orelha e os outros 6 indiretamente. Isso quer dizer que através da orelha é possível identificar e influenciar qualquer parte do corpo humano. Selecionamos aqui 5 doenças que podem ser descobertas apenas observando as orelhas.

1- Espinhas

Espinhas dentro do canal auricular e na orelha externa, pode ser um sinal de que seus rins não estão bem. Beba bastante água e evite comer muito sal, ainda mais se for através de alimentos industrializados. Rins não saudáveis podem ser sinal de falta de descanso, deficiência em magnésio e outros minerais, além do excesso de açúcar. As espinhas atrás da orelha podem significar que sua higiene local não vai bem e é preciso intensificar a limpeza no local.

2- Dobra diagonal no lóbulo

Dr. William Elliott, da Universidade de Chicago divulgou um estudo em 1991, onde correlacionava o aumento das doenças cardíacas em pessoas com uma dobra diagonal cruzando o lóbulo da orelha, também conhecido como “Sinal de Frank”. No estudo, o médico analisou o lóbulo de mais de 6 mil pacientes cardíacos e 60% deles apresentavam tais dobras no lóbulo da orelha. No entanto, não há ainda qualquer comprovação desta relação. De qualquer forma, se você observar essa dobra característica, vá ao cardiologista e faça uma bateria de exames. Não custa nada ter certeza!

3- Marcas na pele incomuns

Mesmo que apreça apenas uma sobra de pele, esse sinal pode estar relacionado há deficiência renal congênita. Isso porque, segundo especialistas, a orelha e os rins se formam ao mesmo tempo durante o desenvolvimento embrionário. Por isso, o pediatra está sempre atento ao examinar os bebês e sempre pedem para fazer testes renais caso o bebê apresente esse “excesso de pele” na orelha ou próximo dela.

4- Zumbido

O zumbido no ouvido é um barulho incômodo que uma pessoa escuta sem a existência de uma fonte sonora. Você pode estar com a pressão alta ou com rigidez nas artérias. Segundo Dr. Rubens Vuono de Brito Neto, otorrinolaringologista do Hospital Sírio-Libanês, as doenças cardiovasculares, sobretudo, a hipertensão e arteriosclerose, prejudicam a irrigação dos vasos sanguíneos do ouvido. Consequentemente, não chegam nutrientes suficientes às células da região, que compensam a falta de estímulo auditivo com o zumbido.

5- Descamação

Ter casquinhas soltando dentro e fora da orelha pode indicar desidratação, ou seja, baixo volume dos líquidos orgânicos no organismo. Mas, infecção por fungos também podem resultar neste tipo de sintoma. Outro motivo possível é a psoríase, o que acontece quando seu sistema imunológico ataca sua pele por engano.  Não há cura para a psoríase, mas o dermatologista pode ajudá-lo a gerenciar os sintomas.

sulla / webmd /movimentolivresdador

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo