Sua saúde

Jovem de 16 anos morre após beber refrigerante, café e energético no mesmo dia. “Ele ultrapassou absurdamente os limites de cafeína” disse o médico

Quando você poderia imaginar que ingerir café, refrigerante e energético no mesmo dia poderia levar à morte? Afinal, quantos de nós já não fizemos essa combinação? Davis Allen Cripes, um adolescente norte-americano de 16 anos, morreu após ter uma overdose de cafeína causada pela ingestão destas três bebidas supercomuns.

O legista responsável pelo caso determinou a causa da morte como overdose de cafeína. “A alta quantidade de cafeína provocou uma arritmia cardíaca”, disse o médico. Neste dia em particular, nas duas horas anteriores à morte, o rapaz ingeriu um refrigerante diet grande da marca Mountain Dew, um café latte do McDonald’s e também algum tipo de bebida energética.




Overdose de cafeína

A dose considerada segura pela U.S. Food and Drug Administration é de até 400 mg de cafeína ao dia (aproximadamente 5 xícaras de café). Contudo, a combinação de bebidas com energéticos funciona como potencializador dos efeitos e, portanto, não é recomendado mesmo mistura-las com café, chás-pretos e refrigerantes.

Os efeitos podem ser menos graves como irritação no estômago, vômitos, diarreia e insônia. Contudo, há o risco de aceleração cardíaca, e até mesmo desorientação e letargia momentâneas, que é quando o indivíduo perde a capacidade de reagir.

Apesar de as três bebidas consumidas pelo adolescente serem ricas em cafeína, o energético parece ter um efeito ainda mais nocivo no organismo. A combinação com café resultou em mudanças mais profundas na atividade elétrica do coração e na pressão sanguínea. Uma pessoa com pré-disposição para problemas do coração deve evitar energético de qualquer forma.

Fonte: nbcnews

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Topo