Para alimentar a esposa paralisada, chinês mastiga o alimento e transfere direito para a boca dela há 11 anos.


O idoso Zhang Chang Shan um Chinês 79 anos que vive em Hubei, na China talvez seja um grande exemplo de perseverança e amor. Nos últimos onze anos esse homem tem alimentado sua esposa de forma inusitada, ele mastiga os alimentos triturando os pedaços maiores e transfere diretamente para a boca da esposa, que é incapacitada de mastigar devido a acidente vascular cerebral que a deixou paralisada.


Os médicos acreditavam que a esposa não sobreviveria mais que um mês depois que a doença a deixou naquele estado. Mas o marido foi insistente nos cuidados a levou para casa onde estudou técnicas de massagem da medicina chinesa para cuidar da esposa. Além da massagem o homem proporcionava a alimentação diferenciada mastigando a comida e transferindo direto para a boca da esposa.

Embora a esposa seja incapaz de falar, dizem que ela emite sons melódicos (cantarola) para chamar a atenção do marido apaixonado!

002
Nos últimos onze anos esse homem tem alimentado sua esposa de forma inusitada, ele mastiga os alimentos triturando os pedaços maiores e transfere diretamente para a boca da esposa, que é incapacitada de mastigar devido a acidente vascular cerebral que a deixou paralisada. Foto: jornalciencia
002-1
O marido foi insistente nos cuidados a levou para casa onde estudou técnicas de massagem da medicina chinesa para cuidar da esposa. Foto: Jornalciencia

Fonte: tnp e jornalciencia


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.