Afinal, água com açúcar acalma?


“Seu blog é muito bom, desde que conheci visito todos os dias e sempre encontro coisas que não sabia. Parabéns. Bem, sempre que estamos nervosos, vem alguém com um copo de água com açúcar para acalmar. Mas água com açúcar realmente é tranquilizante?” Vivian Maria

Obrigada de coração pelos elogios ao meu trabalho no Diário de Biologia, Vivian. Bem, aí está mais uma crendice popular. A água com açúcar não tem poder tranquilizante algum e por isso não pode “acalmar os nervos”.

Quando ingerimos açúcar, na água ou nos alimentos, ele é metabolizado pelo nosso organismo se transformando em glicose e frutose, duas importantes fontes de de energia, que não possuem nenhum poder tranquilizante ou sedativo. Segundo especialistas, o açúcar pode provocar uma sensação de bem-estar por causa da produção de certos neurotransmissores, como a serotonina. É por isso que as pessoas confundem essa sensação de bem-estar com o tal efeito relaxante que muita gente acredita que a mistura de água com açúcar tem.

Ao mesmo tempo, existe o efeito placebo (ou remédio falso). A ingestão da solução água + açúcar pode ter um bom efeito psicológico e acabar acalmando por auto-sugestão. Pois o placebo apresenta efeitos terapêuticos devido aos efeitos fisiológicos da crença da pessoa que se sente “nervosa”. Uma ótima maneira de recuperar a tranquilidade é respirar fundo por alguns minutos para oxigenar o cérebro e como consequência a recuperar estabilidade emocional.


2-copos-de-agua-por-dia

A menos que você use ervas como camomila e erva-cidreira junto com a água e o açúcar, você não terá um efeito calmante!


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.