Insetos: Quais são três maiores vetores de doenças?


Aedes aegypti , o campeão:

Velho conhecido dos brasileiros, esse mosquito transmite a dengue e a febre amarela, doenças que podem se tornar epidêmicas e que tiram o sono das nossas autoridades sanitárias durante o verão. Apenas os infectados pela dengue somam 100 milhões por ano, segundo a OMS.

Aedes_aegypti_feeding

————————————————————————————-

Anopheles Darlingi, honrado segundo lugar:

Este mosquito é o principal transmissor da malária, que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é a doença que mais causa problemas sociais e econômicos no mundo. Os parasitas do gênero Plasmodium são transmitidos ao homem pela picada do Anopheles.

Anopheles-darlingi

————————————————————————————-

Panstrongylus megistus e Triatoma infestans, terceiro, mas não menos perigosos:

A maioria dos portadores da doença de Chagas é picada por um desses insetos, chamados de barbeiros. O protozoário Tripanosoma cruzi, presente nas fezes dessas espécies, entra no sangue pelas feridas abertas pelos barbeiros. Há cerca de 5 milhões de vítimas da doença só no Brasil.


x31183940450176006_7

————————————————————————————-


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.