Estudos e pesquisas

5 alarmantes efeitos colaterais da bebida alcoólica que você não sabia

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o consumo nocivo de bebidas alcoólicas está associado a uma carga de doenças em todo o mundo. Quase 40% dos brasileiros fazem uso habitual de álcool, sendo que 42% destes o fazem de forma abusiva (16% do total de entrevistados). Verifica-se ainda que homens consomem mais que as mulheres, tanto no padrão habitual como no abusivo.

Mas o fato é que a bebida alcoólica pode trazer bem mais efeitos do que podemos imaginar e não estamos falando de ressaca! Veja a lista de 5 efeitos colaterais do álcool que você provavelmente ignora:


 

1- Você (homem) pode ganhar peitinhos

ginecomastia

Sim, é sério. A maior parte das cervejas que temos no mercado possuem lúpulo na sua composição. O lúpulo contém altas doses de fitoestrógeno que são substâncias vegetais que, apesar de terem estruturas químicas diferentes do estrógeno, tem ação parecida no metabolismo. Isso é ótimo para as mulheres pois tem o poder de aliviar as cólicas menstruais, além de ter um efeito positivo na cura de episódios de insônia. Mas, a verdade é que o uso constante de substâncias que contenham fitoestrógenos, pode agir no organismo masculino favorecendo o desenvolvimento de glândulas mamárias mais do que o normal, resultando em ginecomastia (seios masculinos).

2- Você pode sofrer queimaduras de 2º grau

queimadura-de-limão

Preparar bebidas à base limão, como a famosa (e deliciosa!) caipirinha, necessita de cuidados redobrados. O contato com o suco concentrado de limão de qualquer espécie com a pele e raios ultravioletas do sol  pode causar fitofotodermatite. A fitofotodermatose ou fitofotodermatite é uma dermatose muito comum no verão pelo aumento da exposição ao sol. Ela é causada pelo uso de substâncias fotossensibilizantes, geralmente furocumarinas contendo 5 metoxipsoraleno (encontradas em algumas plantas, figo e limoeiro), em combinação com a exposição à radiação ultravioleta.

3- Você não vai sentir frio

frio-inverno-homem-dentro-pilha-neve-bebendo-cerveja

Quando você sente frio, o sangue na verdade foge das partes superficiais e membros para manter a temperatura dos órgãos vitais alta e eles, funcionando. O álcool faz os vasos sanguíneos superficiais na sua pele dilatarem, abrindo os portões de inundação para que o sangue retorne. Quando aquele sangue retorna para as suas extremidades frias, a parte central fica mais gelada, o que baixa sua temperatura média. Isso pode levar um risco maior de hipotermia, que pode ser fatal. Tenha cuidado quando estiver com frio e continuar bebendo em um ambiente gelado!

 

4- Seu sono ficará desregulado

insonia

O consumo de álcool afeta os ciclos de sono. O estudo de revisão publicado no “Alcoholism: Clinical & Experimental Research” dá conta que o álcool diminui o tempo que um indivíduo demora a adormecer, aumenta o sono profundo e reduz a fase do sono conhecida por REM (do inglês, rapid eye movement). Este estudo confirmou que o álcool diminui o tempo que um indivíduo demora a adormecer. Além disso, foi observado que quanto maior é a dose de álcool, mais alto é o seu impacto no aumento do sono profundo. Este efeito na primeira parte do sono pode em parte justificar o motivo pelo qual as pessoas com insônias consomem álcool para adormecer. Contudo, a vantagem da consolidação do sono na primeira metade da noite é perdida pela interrupção do sono na segunda parte da noite.

 

5- Diet e light = Bêbado mais rápido

cuba-libre

Algumas pessoas tem verdadeiro vício por refrigerantes diet (ou light). Mas fique em alerta quando for preparar os drinks. O refrigerante diet deixa o indivíduo bêbado mais rápido. Testes mostraram que pessoas que beberam vodca com limonada diet eram mais propensas a ultrapassar o limite de embriaguez para dirigir, apesar de não se sentirem bêbadas. Isso acontece porque estômago reage a bebidas açucaradas como se fosse comida, trabalhando para digerir calorias. Assim, o organismo mantem o álcool no estômago por mais tempo e retarda sua liberação para a corrente sanguínea. Já com o refrigerante diet acontece o contrário, o estômago não reconhece que precisa fazer qualquer coisa com a bebida porque não tem açúcar. Ele vai direito para o intestino delgado, onde a maior parte do álcool é absorvida pela corrente sanguínea.

Fontes: ultracurioso/alert-online/frangocombatatadoce/megacurioso   Imagens: nozesnafrita/ vitoriareef/ dietaja/ lagaceta/ jornalpequeno

Comentários

Novidades

Topo