Você tem certeza que usa o sapato certo?

 

 Sapatos apertados. Tem coisa pior? Usar com frequência um sapato muito justo ou aqueles fabricados com material muito rígido  pode causar um ponto dolorido no pé. Este ponto de dor é devido a uma deformidade óssea permanente, como uma saliência, que causa uma pressão no calcanhar causando um grande desconforto . Bolhas, inchaço, bursite e tendão de Aquiles dolorido são apenas alguns problemas causados pelo uso de sapatos apertados.

webmd_rf_photo_of_pump_bump_composite

Os saltos estão cada vez maiores. Saltos super altos forçam os pés em uma posição que coloca o peso do corpo em apenas uma região do pé. Os metatarsos que são ossos longos, junto com os ossos sesamóides (aquele redondinhos, em forma de ervilha), e os ossos do dedo do pé (falanges) formam o conjunto que mais sofre com os saltos altos. Muita pressão pode inflamar esses ossos e os nervos que os cercam. O estresse crônico para os ossos do pé pode até levar a uma fratura. Todos os saltos altos também aumentam o risco de uma entorse de tornozelo. O problema mais comum é a entorse lateral, o que acontece quando “rolamos” o corpo para o exterior do pé. A torção alonga os ligamentos do tornozelo fazendo com que passem a ter um comprimento além do normal. Uma entorse grave pode, inclusive, romper os ligamentos. O recomendado é a escolha de saltos que alcancem no máximo 2 centímetros de altura que mesmo assim devem ser usados com moderação.

webmd_rf_photo_of_foot_pain_from_heels

Pior do que saltos altos é o salto alto super estreito, aquele do tipo “agulha”. Esses são os mais arriscados, pois  faz com que o peso do corpo fique todo concentrado na parte da frente do pé, causando desconforto, dor e problemas na coluna.  Além disso faz com que o corpo balance como se a pessoa estivesse andando em pernas de pau, o que aumenta o risco de torções e dores nos dedos e na planta do pé. O ideal aí seria um salto mais robusto que tem mais área de superfície e distribui o peso uniformemente.

webmd_rf_photo_of_ankle_sprain_risk

—————————————

Encontrei essa lista no Vila fashion e achei que as meninas precisavam saber, copiei igualzinho: Tipos de saltos e seus efeitos

Agulha : Vilão! Nas alturas e com bico fino não é recomendado nem para a mais especial das ocasiões. Reduz muito a participação do calcanhar na sustentação do corpo, além de deixar os dedos muito desconfortáveis.

Fino: Pode causar torções de tornozelo e dores nos dedos e na planta do pé.

Plataforma: Oferece melhor distribuição da pressão exercida pelo corpo sobre os pés. A ponta angular facilita a impulsão do corpo ao caminhar.

Centro: O salto que sai do meio do calcanhar facilita o equilíbrio do corpo. Deixa os dedos confortáveis e pode ser uma opção para as mulheres que não abrem mão da elegância a toda hora.

Quadrado: O modelo grosso e quadrado é um dos eleitos pela maioria das mulheres que querem manter a elegância por longos períodos do dia. Esse tipo de sapato deixa o calcanhar bem apoiado, o que ajuda no equilíbrio do corpo.

3 cm: O sapato baixo, com salto de até três centímetros, é o único recomendado por especialistas para o uso diário constante.

Anabela: Pode causar desconforto, mas, como o plataforma, diminui as dores porque distribui bem a pressão do corpo sobre a planta dos pés.

FONTE




Categorias Curiosidades