Visitante Curioso

As renas de Papai Noel existem?





As renas que puxam o trenó o Papai Noel existem mesmo? Eu sei que elas não voam, mas elas são bichos reais, existem de verdade? Tamires – Paraná

Tamires, hoje certamente é o melhor dia para responder sua dúvida! As renas existem SIM, o nome científico delas é Rangifer tarandus. E realmente elas não voam, claro! Renas são mamíferos herbívoros (alimentam somente de vegetais). Nós não temos muitas afinidades com elas porque aqui no Brasil não existem renas, pois estes animais vivem em locais frios com vegetação de Tundra (Canadá, Alasca, Rússia, etc.).


Por viverem em locais muito frios, com grande parte do tempo em meio a neve, as renas são animais muito especializados a estas condições. Elas possuem os cascos flexíveis e bastante largos que lhes permitem,  andar sobre a neve e sobre a lama sem se afundarem, e fazer escavações na neve à procura de comida. A pele é espessa e revestida por duas camadas de pêlos, uma mais exterior, de pêlos delicados e outra mais interior muito densa que protege contra o frio intenso.

São bichos muito bonitos! Tanto os machos quanto as fêmeas possuem chifres grandes, no entanto, os machos os possuem mais elaborados e vistosos. Os chifres são como armas usadas pelos machos para competirem com os rivais na época do acasalamento, que ocorre no Outono, enquanto que as fêmeas usam os chifres para proteger as crias dos predadores. Geralmente, vivem em rebanhos liderados por um macho que possui os maiores chifres do grupo.

Como aquelas que ajudam Papai Noeal na noite de natal, as renas também são  domesticadas pelo homem e utilizados como animais de carga, puxando trenós e carros, para transporte de mercadorias e de habitantes das regiões árticas. E quem garante que um desses homens que possuem suas renas inteligentes não é Papai Noel?

As Renas são mesmo usadas para puxar os trenós!

————————————-

Natal é época de encontrar antigas amizades, rever familiares. O ano passa na correria, e natal é tempo de parar e restaurar as forças para mais um ano. Natal é época de amor, de encontros. Momento de rever tudo o que durante o ano passou-se despercebido. Natal é planejar uma noite diferente, um instante iluminado. É ansiar por instantes de alegria e de conforto, na presença escolhida a dedo de pessoas que fazem parte de sua vida.

Minha família, o Mascotinho e eu desejamos a todos os visitantes do Diário de Biologia, o melhor Natal do mundo.

Karlla Patrícia

——————————————

 

Comentários

Novidades

Topo