Animais

Homem cria sanguessuga de estimação que faz lanchinho direto do braço de seu dono. O bicho já virou um monstrão [vídeo]

Homem cria sanguessuga de estimação que faz lanchinho direto do braço de seu dono. O bicho já virou um monstrão [vídeo]
Esse texto foi útil para você?

Cada um tem o bichinho de estimação que merece! Algumas pessoas cultivam um amor tão grande pelo seu bichinho que ao morrer deixam verdadeiras fortunas para o herdeiro. Mas outras vão além: elas podem dar o sangue para o seu bichinho de estimação.

Não há problema alguma em ter um animal exótico de estimação. Mas criar uma sanguessuga que já está com quase 40 cm de comprimento já é a beira da loucura. Este homem, não identificado, postou no Youtube uma vídeo em que está alimentando sua “sanguessuguinha” gigante deixando que ela sugue o sangue diretamente no seu braço.


O homem usa a luz de uma lanterna para poder iluminar a sanguessuga e as diversas marcas que tem no antebraço, provavelmente de refeições anteriores. A origem do vídeo é desconhecida, mas o registro mais antigo encontrado no YouTube está com o título e descrição escrito em caracteres japoneses, além da frase “My pet giant leech” (Minha sanguessuga gigante de estimação, em inglês).

Sanguessugas na medicina

Apesar do seu aspecto repulsivo, estes animais são importantes para médicos e cientistas atualmente. Já mostramos anteriormente que as sanguessugas são usadas como auxiliares no tratamento de diversas doenças. Na Europa e Estados Unidos, as sanguessugas estão sendo utilizadas nas cirurgias plásticas e reconstrutivas, pois podem provocar uma pequena hemorragia (que imita a circulação venosa), ajudando a restabelecer a circulação sanguínea na delicada área onde o enxerto foi aplicado. Desta forma, as sanguessugas são usadas para auxiliar no transplante de dedos, orelhas ou quaisquer partes que tenham sido gravemente danificadas em acidentes. Estes anelídeos combatem eficazmente a gangrena, descongestionam os vasos sanguíneos (retiram o excesso de sangue) e restabelecem a pressão e a circulação sanguíneas normais.

Fonte: infoescola/megacurioso   Imagens: megacurioso

Comentários

Novidades

Topo