Estudos e pesquisas

Especialistas dizem que Tsunami gigantesco medindo 245 metros de altura poderá destruir parte do planeta a qualquer momento

Especialistas dizem que Tsunami gigantesco medindo 245 metros de altura poderá destruir parte do planeta a qualquer momento
Esse texto foi útil para você?

Há 73 mil anos um tsunami gigantesco atingiu os continentes e engoliu completamente diversas ilhas. Na época, o causador de tal desastre foi um dos maiores e mais antigos vulcões do mundo, localizado em Cabo Verde, na África. Durante uma erupção, o vulcão expeliu pedras gigantescas que foram atiradas no oceano de uma vez só, criando as ondas devastadoras. Neste evento, uma ilha a 48 quilômetros distância foi completamente engolida pela onda gigante e 40 m3 de rochas foi lançado no oceano de uma só vez resultando em uma onda de pelo menos 240 metros.

Agora, cientistas da Columbia University e da University College London afirmam que há a possibilidade de uma onda de cerca de 245 metros de altura atingir a Terra novamente. O especialista Ricardo Ramalho, da Columbia University diz que esse tipo de tsunami, com ondas gigantescas e devastadoras, não acontece com tanta frequência, mas é necessário sempre levá-los em consideração ao pensar no tipo de perigo que um evento desse porte traria para a vida atual no planeta.


Para questão de comparação, os tsunamis que devastaram a costa do Oceano Índico com epicentro na costa oeste de Sumatra, na Indonésia em 2004 e leste do Japão em 2011, alcançaram alturas máximas de cerca de 30 metros e foram provocados por deslocamentos das placas tectônicas. Ou seja, praticamente oito vezes menores do que as que atingiriam a Terra em um eventual megatsunami.

19273ba0-6c3b-11e5-aa62-6b9af506ba1a_tsunami

Embora  estejam preocupados, os especialistas, dizem ser impossível prever quando um evento dessa magnitude aconteceriam novamente e que a grande preocupação é tentar encaixar um processo de prevenção eficaz, com possibilidade de deslocamento humano em massa caso esse fenômeno volte a acontecer.

Fonte: cbsnews/mirror/yahoo  Imagens: yahoo /liberation

Comentários

Novidades

Topo