Anomalias e doenças

Jovem com doença hormonal desenvolveu uma barba masculina, mas garante: “Sinto-me forte e confiante de barba!”

Aos 11 anos de idade, a inglesa Harnaam Kaur começou a perceber algo de errado com seu corpo. Os pelos dos braços e do peito engrossaram, enquanto que no rosto, uma barba grossa começou a se formar. Harnaam é portadora da Síndrome do Ovário Policístico, uma condição que desequilibra os hormônios no organismo, provocando alterações como as que ela percebia em seu corpo. No caso dela, os sintomas são ainda mais graves, pois seu corpo produz muitos hormônios masculinos, que são os responsáveis pela grande produção dos pelos.

Uma das alterações é o ‘hiperandrogenismo’ que quer dizer  “excesso de hormônios andrógenos (masculinos)”. Isso costuma acontecer nas mulheres com SOP e causa pele oleosa, acne, queda de cabelo e hirsutismo.  Hirsutismo é como chamamos o excesso de pelos grossos no corpo feminino, geralmente em locais mais comuns para homens, como abdômen, coxas, seios e rosto. Esse excesso de hormônios masculinos também está ligado ao aumento da quantidade de cistos nos ovários.


Harman-Kaur20140217223228

bullying foi inevitável, acompanhado de agressões, isolamento e, claro, uma intensa depressão. A situação chegou ao extremo de Harnaam se autoflagelar e considerar suicídio. Para tentar amenizar os efeitos da doença, ela depilava o rosto diariamente e, quando não conseguia suportar a dor, apelava para a lâmina de barbear. Porém, aos 16 anos, ela mudou radicalmente o jeito que pensava sobre si. “Eu disse a mim mesma: ‘A energia que você está colocando em acabar com sua vida, coloque toda ela para transformar o que está à sua volta e faça algo melhor’”. Harnaam também começou a fazer parte do siquismo, uma religião que não admite o corte de cabelo e de barba. Para ela, essa exigência foi positiva. “Quando eu comecei a deixar minha barba crescer, foi por uma questão religiosa, mas com o passar dos anos eu comecei a mantê-la por razões pessoais”, explicou.

Para ela, os pelos faciais a fazem sentir uma mulher forte, confiante e sem medo de quebrar as normas sociais.

o-HARNAAM-KAUR-570

 

Fontes: mirror/megacurioso/awebic   Imagens: mirror/risingbd

 


Comentários

Novidades

Topo